A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
MAPA MENTAL - GOVERNO EMÍLIO GARRASTAZU MÉDICI (1969-1974)

Pré-visualização | Página 1 de 1

A LUTA ARMADA E A 
REPRESSÃO DO REGIME
PROPAGANDA E 
CENSURA
GOVERNO EMÍLIO G. 
MÉDICI (1969-1974)
OS ANOS DE CHUMBO
O MILAGRE 
ECONÔMICO
• Período de altas taxas de 
crescimento econômico do Brasil;
• Liderança de Antônio Delfim Neto
(Ministro da Fazenda);
• Fácil acesso a crédito no exterior e 
investimentos estrangeiros no país 
justificam o “milagre”;
• Aumento da concentração de renda e
da dívida externa brasileira;
• Choques do Petróleo marcam o fim 
do Milagre Econômico;
• Período das chamadas Obras 
Faraônicas. Ex. Itaipu Binacional.
• Com o estabelecimento do AI 05, 
muitos grupos armados vão se 
organizar, acreditando que a luta 
armada era o único meio. São dois 
focos: Guerrilha Urbana e Rural;
• A Guerrilha Urbana ficou famosa por
conta de atos como assalto a bancos
e sequestro de embaixadores;
• A Guerrilha Rural mais famosa foi o 
foco no Pará, conhecido como
Guerrilha do Araguaia;
• Ambas serão reprimidos pela eficiente 
máquina do Governo;
• Importantes líderes de oposição
armada como Marighella e Lamarca 
são assassinados nesse momento;
• Tortura e assassinato institucional.
• Governo faz uso da censura prévia, 
escolhendo o que poderia ou não ir a 
público;
• Como poucos sabiam o que de fato
ocorria, muitos acreditavam ser um 
excelente momento do Brasil;
• Expansão do acesso a televisão;
• Uso da propaganda ufanista;
• Essa propaganda exaltava o Brasil e
os Brasileiros e o momento atual sob
comando dos militares, únicos 
capazes de coordenar esse período;
• Seleção Brasileira de Futebol vence a 
Copa do Mundo de 1970;
• Governo usa a vitória como
propaganda política, aumento ainda 
mais o otimismo vigente no país.
• A Junta Militar Provisória convocou 
eleições ainda em 1969, na qual 
venceu o General Emílio Garrastazu 
Médici, representante da Linha Dura;
• A Junta também determinou que o
novo presidente governaria de 1969 
até 1974 (05 anos);
• Poucos acreditavam que os militares 
devolveriam o poder aos civis;
• Governo marcado pelo auge da
legitimidade do regime e pelo auge
da repressão, tortura e mortos: os
chamados Anos de Chumbo;
• A legitimidade foi baseada na
censura e nos bons resultados na 
área econômica;
IM
A
G
EM
 0
1
IM
A
G
EM
 0
2
IM
A
G
EM
 0
3
IMAGEM 04
Foto oficial do General Emílio 
Garrastazu Médici, maior 
representante da Linha Dura. 
Fonte: Governo Federal. 
Disponível em: 
https://www.gov.br/planalto/pt-
br/conheca-a-
presidencia/acervo/galeria-de-
presidentes/emilio-garrastazu-
medici/view Acesso em 21 de 
fevereiro de 2021.
Pelé levanta a Taça Jules Rimet ao lado de Médici. Fonte: ESPN. Disponível em: 
http://www.espn.com.br/noticia/435393_com-imensa-satisfacao-pele-serviu-
medici-no-ano-do-tri Acesso em 21 de fevereiro de 2021.
IMAGEM 01
IMAGEM 03
Violência policial nos 
Anos de Chumbo. 
Fonte: Educa Mais 
Brasil. Disponível em: 
https://www.educamaisb
rasil.com.br/enem/histor
ia/anos-de-chumbo
Acesso em 21 de 
fevereiro de 2021.
IMAGEM 02
Exemplo da propaganda ufanista utilizada pelo Governo. Fonte: 
Infoescola. Disponível em: 
https://www.infoescola.com/historia/propagandas-do-regime-militar-de-
1964/ Acesso em 21 de fevereiro de 2021.
IMAGEM 04
https://www.gov.br/planalto/pt-br/conheca-a-presidencia/acervo/galeria-de-presidentes/emilio-garrastazu-medici/view
http://www.espn.com.br/noticia/435393_com-imensa-satisfacao-pele-serviu-medici-no-ano-do-tri
https://www.educamaisbrasil.com.br/enem/historia/anos-de-chumbo
https://www.infoescola.com/historia/propagandas-do-regime-militar-de-1964/