A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Acidentes ofídicos

Pré-visualização | Página 1 de 1

Acidentes ofídicos
 Nomeação
 Botrópico: jararaca
 Crotálico: cascavel
 Laquético: surucucu
 Elapídico (micrurus): coral verdadeira
 Acidente botrópico
 90% dos casos no BR
 Veneno
 Atividade proteolítica, inflamatória, coagulante (à 
 distância) e hemorrágica (no local)
 Ferida com processo inflamatório intenso, dor e 
 hemorragia variável
 Manifestações clínicas
 Precoces (até 6 h após acidente)
 Dor, edema, calor e rubor no local da picada
 ↑ tempo de coagulação
 Hemorragias e choques, nos casos graves
 Tardios (6-12 h após o acidente) Bolhas, equimoses, necrose, oligúria e anúria (IRA)
 Complicações 
 Sd. compartimental
 hemorragias
 Tempo de coagulação: deve ser realizado ao 
 diagnóstico e 24 h após a administração da 
 soroterapia. Se após 24 h não estiver normalizado, 
 deve-se repetir a administração do soro 
 antibotrópico
 Acidente crotálico
 Veneno
 Neurotóxico: ptose, fácies miastênica, diplopia, 
 miose ou midríase, sensação de formigamento no 
 local
 Miotóxico: rabdomiólise 
 IRA frequente
 ↑ enzimas musculares (CPK, aldolase, TGO e LDH) + 
 aumento de escórias nitrogenadas
 Dores musculares
 Coagulante
 Acidente laquético
 Parecido com o acidente botrópico
 Grande porte= grande quantidade de veneno; 
 acidente sempre moderados ou graves
 Veneno
 Neurotóxica Estimulação vagal
 hipotensão arterial
 tonturas
 escurecimento da visão
 bradicardia
 cólicas abdominais
 vômitos
 diarreia
 Proteolítico
 Coagulante
 Hemorrágico
 Acidentes elapídico
 Parecido com o acidente crotálico
 Veneno Neurotóxico
 vômitos, ptose, fácies miastênica, FRAQUEZA 
 MUSCULAR PROGRESSIVA, dificuldade para deglutir, 
 insuficiência respiratória
 Liga-se aos receptores pós-sinápticos da junção 
 neuromuscular, impedindo a ação da acetilcolina
 Todos os acidentes são considerados graves
 Teste da neostigmina
 Prolonga a meia-vida da acetilcolina, revertendo o 
 quadro respiratório
 se houver resposta --> terapia de manutenção
 administrar atropina antes --> bloquear efeitos 
 muscarínicos da acetilcolina (bradicardia e 
 hipersecreção)
 Tratamento
 Botrópico é o mais comum; Crotálico é o 
 mais grave
 OBS! Acidentes crotálico e elapídico não são 
 acompanhados por manifestações 
 exuberantes no local da picada

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.