A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Módulo 6 - aula 07 - Introdução à Zoologia

Pré-visualização | Página 1 de 2

Link para as aulas: https://bit.ly/3b1ju2X 
 
 
1. (UEL) Além da simetria, os tecidos embrionários e a origem das cavidades corporais podem auxiliar na compreensão 
das principais relações evolutivas existentes entre os diferentes grupos animais. 
 
Com base nos conhecimentos sobre as tendências evolutivas nos grupos animais, assinale a alternativa correta. 
a) Uma das principais vantagens da organização segmentada da musculatura, chamada de metameria, é a de conferir 
aos animais que a possuem uma versatilidade muito grande na movimentação corporal. 
b) Na maioria dos animais que compõem o grupo dos poríferos, o celoma, tecido de origem endodérmica, reveste a 
superfície corporal, conferindo uma adaptação evolutiva em ambientes com pouca disponibilidade de água. 
c) Com base na presença e no tipo de cavidade corporal, os animais diblásticos podem ser classificados em 
protostômios, por possuírem sistema digestório completo, e deuterostômios, nos quais o mesmo sistema é 
incompleto. 
d) As esponjas são animais filtradores que captam partículas alimentares da água por meio das células flageladas que 
as conduzem para a boca, indicando, em termos evolutivos, que esses animais possuem tecidos corporais e um sistema 
digestório incompleto. 
e) As anêmonas, por serem triblásticos, apresentam na escala evolutiva zoológica um sistema digestório completo, ou 
seja, uma abertura por onde o alimento entra e outra por onde saem os resíduos da digestão. 
 
2. (Mackenzie) A figura abaixo apresenta cortes transversais de embriões animais, indicando seus três folhetos 
germinativos. 
 
 
 
Foram feitas afirmativas a respeito dos três tipos de embrião. 
I. A figura A refere-se aos cnidários, animais triblásticos sem cavidade celomática. 
II. Na figura B observa-se uma cavidade pseudocelomática, revestida parcialmente por mesoderme. 
III. A figura C representa, exclusivamente, animais esquizocelomados e protostômios. 
IV. As letras A, B e C podem representar o desenvolvimento embrionário de uma planária, uma lombriga e uma 
minhoca, respectivamente. 
 
São verdadeiras as afirmativas 
a) I, II, III e IV. 
b) I, II e III, apenas. 
c) II e III, apenas. 
d) I e III, apenas. 
e) II e IV, apenas. 
 
 
 
https://bit.ly/3b1ju2X
 
 
 
 
 
 
 
 
3. (Mackenzie) O quadro abaixo mostra as características embrionárias presentes nos filos animais mais importantes. 
 
 
 
São exemplos de animais pertencentes aos filos A, B, C, D e E, respectivamente, 
a) esponja, água-viva, planária, lombriga, ouriço-do-mar e minhoca. 
b) coral, ancilostoma, filária, poliqueto e pepino-do-mar. 
c) planária, lombriga, minhoca, coral e estrela-do-mar. 
d) água-viva, lombriga, planária, minhoca e ouriço-do-mar. 
e) água-viva, tênia, lombriga, sanguessuga e estrela-do-mar. 
 
4. (Imed) Uma professora colocou alguns animais na bancada do laboratório e pediu aos alunos que correlacionassem 
a espécie apresentada com suas características embriológicas. 
 
Animal Características Embrionárias 
1. Anêmona do mar ( ) Triblástico, acelomado, simetria bilateral e protostômio. 
2. Planária ( ) Triblástico, celomado, simetria bilateral e protostômio. 
3. Ascaris lumbricoides ( ) Diblástico, acelomado, simetria radial e protostômio 
4. Minhoca ( ) Triblástico, celomado, simetria pentarradial e deuterostômio. 
5. Estrela do mar ( )Triblástico, pseudocelomado, simetria bilateral e protostômio. 
 
A ordem que correlaciona de maneira CORRETA o animal as suas características embrionárias é: 
a) 1, 2, 3, 4, e 5 
b) 5, 4, 3, 2 e 1 
c) 2, 4, 1, 5 e 3 
d) 3, 1, 2, 4 e 5 
e) 4, 3, 5, 1 e 2 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: 
Observe a figura abaixo para responder à(s) quest(ões). 
 
 
 
 
5. (Udesc) Na cadeia alimentar, mostrada na figura, são citados diferentes grupos animais. Com relação às 
características embriológicas destes grupos, assinale a alternativa que apresenta uma que é comum a todos. 
a) acelomados 
b) simetria radial 
c) notocorda 
d) triblásticos 
e) ovo oligolécito 
 
6. (Unicamp) O estudo do desenvolvimento embrionário é importante para se entender a evolução dos animais. 
Observe as imagens abaixo. 
 
 
 
Assinale a alternativa correta. 
a) O animal A apresenta simetria bilateral e é celomado. 
b) O animal B apresenta simetria radial e é celomado. 
c) O animal A apresenta simetria radial e é acelomado. 
d) O animal B apresenta simetria bilateral e é acelomado. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
7. (Udesc) Assinale a alternativa que apresenta uma característica comum entre os organismos conhecidos como 
planárias, lombrigas, minhocas, borboletas e caramujos. 
a) deuterostômios 
b) corpo segmentado 
c) folhetos embrionários diblásticos 
d) celomados 
e) simetria bilateral 
 
8. (UFLA) O esquema a seguir representa a diferenciação do tecido mesodérmico em animais triploblásticos. 
 
 
 
Os animais representados pelos esquemas 1, 2 e 4 são classificados, respectivamente, como: 
a) pseudocelomados, acelomados e enterocelomados 
b) acelomados, pseudocelomados, enterocelomados 
c) pseudocelomados, enterocelomados e esquizocelomados 
d) enterocelomados, acelomados e esquizocelomados 
 
9. (UEM) No que se refere ao desenvolvimento embrionário dos animais, assinale o que for correto. 
01) Os poríferos são os únicos animais que não formam gástrula, nem folhetos germinativos. 
02) Nos nematódeos (vermes cilíndricos), o mesoderma cresce aderido ao ectoderma, deixando um espaço entre si e 
o endoderma. Esse espaço é chamado de pseudoceloma. 
04) Moluscos, anelídeos e os artrópodes apresentam celoma enterocélico e por isso são chamados enterocelomados. 
08) Aqueles animais em que o blastóporo dá origem à boca são chamados protostômios. 
16) Equinodermos e cordados são deuterostômios. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Gabarito: 
 
Resposta da questão 1: [A] 
[B] Incorreta. Os poríferos não formam os folhetos 
embrionários, possuindo organização corporal simples, 
sem tecidos e órgãos. 
[C] Incorreta. Os cnidários são os únicos animais 
diblásticos e não são classificados em protostômios ou 
deuterostômios; animais protostômios são aqueles em 
que o blastóporo dá origem à boca (maioria dos animais), 
e animais deuterostômios são aqueles em que o 
blastóporo dá origem ao ânus (equinodermos e cordados). 
[D] Incorreta. As esponjas não apresentam tecidos 
corporais, são animais filtradores que possuem células 
flageladas, os coanócitos, que capturam partículas 
alimentares por fagocitose ou pinocitose, digeridas 
intracelularmente e transferidas às demais células. 
[E] Incorreta. As anêmonas pertencem ao filo Cnidaria 
(Celenterados), portanto, são animais diblásticos 
(ectoderma e endoderma) e possuem sistema digestório 
incompleto (digestão extra e intracelular). 
 
Resposta da questão 2: [E] 
A figura A refere-se a um animal triblástico acelomado. Os 
cnidários são diblásticos. A figura C indica animais 
celomados protostômicos (nemátodos, anelídeos, 
moluscos e artrópodes) ou deuterostômios 
(equinodermos e cordados). 
 
Resposta da questão 3: [E] 
A apresenta animais diploblásticos, pertencentes ao Filo 
Cnidaria, como a água-viva; B apresenta animais 
acelomados, pertencentes ao Filo Platelminto, como a 
tênia; C apresenta animais pseudocelomados, 
pertencentes ao Filo Nematodeo, como a lombriga; D 
apresenta animais celomados, protostômios (blastóporo 
origina inicialmente a boca), segmentados, pertencentes 
ao Filo Annelida, como a sanguessuga; E apresenta 
animais celomados, deuterostômios (blastóporo origina 
inicialmente o ânus), não segmentados, pertencentes ao 
Filo Equinoderma, como a estrela-do-mar. 
 
Resposta da questão 4: [C] 
[1] As anêmonas do mar, Filo Cnidaria, são animais 
diblásticos, pois possuem dois folhetos germinativos 
(endoderme e ectoderme), acelomados (sem cavidade 
corporal), com simetria radial (corpo dividido em partes 
iguais por planos longitudinais, em torno de um eixo 
central) e protostômios (blastóporo dá origem à boca). 
[2] As planárias, Filo