Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Trabalho Interdiciplinar

Pré-visualização | Página 1 de 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO INTA – UNINTA
POLO DIRCEU – PI
CURSO DE LICENCIATURA EM BACHARELADO EM SERVIÇO SOCIAL
Acadêmicos:
Bárbara Thaís Costa Martins RA: 690002241.
Elaine Cynthia Sá Dutra Vanderlei RA: 690002210.
Francisca Thallyanny Alves da Silva RA 690002245.
Kassia Laís Carneiro de Santana Ferreira RA 690002244.
Claudiany Carneiro dos Santos RA:690002184
As contribuições das tecnologias no ensino remoto
TERESINA – PI
2020
INTRODUÇÃO 
Sabemos que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou, em 30 de janeiro de 2020, que o surto da doença causada pelo novo coronavírus determinou uma emergência de saúde pública, quando em 11 de março de 2020, a Covid-19 foi caracterizada pela OMS como uma pandemia (distribuição geográfica de uma doença e não à sua gravidade) que vem trazendo imensos desafios para todos os setores da sociedade, tanto no Brasil quanto no mundo. No dia 20 de março de 2020 foi decretado o estado de calamidade pública no Brasil (decreto nº 06 de 2020), cujas restrições de contato interpessoal e convívio social trouxeram inúmeros desafios a serem superados, e dentro desses desafios veio as suspensão das aulas presenciais nas redes públicas e particulares de educação, imposta pela quarentena nesta pandemia de Covid-19, aumentou o uso de ferramentas voltadas ao ensino remoto. Para alguns, ainda é preciso adaptar-se às tecnologias ou mesmo conseguir acesso. Para outros, o desafio está em aprender como explorá-las com mais eficácia. Diferenças a parte, o fato é que o universo digital apresenta uma infinidade de possibilidades, que vão muito além das páginas especializadas em educação, quando o assunto são recursos que ajudam a ampliar o conhecimento e a potencializar o processo de ensino-aprendizagem, mesmo que a distância. A adoção do ensino remoto durante a pandemia do (covid-19) trouxe à tona dificuldades dos atores do sistema de educação público com a prática. Aula remota e educação a distância são tendências do momento para dá continuidade ao ano letivo com as suspensões das aulas, o Ministério Educacional em caráter excepcional autorizou a retomadas das disciplina por meio de aulas on-line a medida e valida para Secretarias de educação, universidades estaduais e Federais, faculdades privadas e outras unidades de ensino tiveram de se adaptar para oferecer aulas pela internet, pela TV, por aplicativos, por mensagens e por redes sociais. Escolas e professores tentam manter contato com os alunos com vídeos aulas e com os acessos remotos através dos aplicativos referenciados para melhores acessos. Estudantes e familiares reclamam da falta de acesso à internet, da falta de local adequado para estudos em casa e da falta de contato com os educadores, mesmo com esses desafios no momento e a opção para alcançar o que desejamos 
DESENVOLVIMENTO 
A utilização dos recursos tecnológicos tais como computadores, internet, plataformas e etc. Possibilita a aproximação dos estudantes com os demais alunos e com os próprios professores ou tutores. Que nesse espaço eles tiram dúvidas, conversam, mandam material e estudam como qualquer outro aluno. A formação profissional nos dias atuais promove a aquisição de valores na correria de cada trabalhador e pessoa a ser uma exigência do mercado e trabalho. Como uma nova opção no momento da escolha para um curso que promova sua a sua qualidade profissional. A educação a distância (EAD) vem de encontro com a falta de oportunidades, para diminuir a distância do saber que por alguns motivos deixa de ser transmitida, seja por causa das longas distâncias, ou por causa do tempo que é bastante corrido é também coincidem com o trabalho ou escola e residência, fazendo com que muitas pessoas optem por esse tipo de ensino. Diante deste cenário, a adoção do ensino remoto durante a pandemia do corona vírus trouxe a tona dificuldades do sistema de educação, tiveram que se adaptar para oferecer aulas pela Internet, tv, por aplicativos, por mensagens e por redes sociais. Escola professores tentam manterem contato com os alunos, porém estudantes e familiares reclamam da falta de local adequado para estudos em casa e da falta de contato com os educadores.
Como a pandemia avança de maneira diferente dependendo da região do país e até mesmo dentro de um mesmo estado, é razoável pensar, diante de todos os cuidados que precisam ser tomados para que as escolas não virem foco de contaminação, que os alunos ainda vão ter que conviver por mais tempo com as aulas remotas. Com isso, o que era emergencial precisa ser encarado de forma mais consciente de olho nos impactos de longo prazo no ensino.
No ensino a distância as aulas são gravadas, tutor/monitor como suporte de maneira atemporal, conteúdo e material didático mais padronizados, normalmente disponibilizados com antecedência, cronograma padronizado, avaliações padronizadas, atividades síncronas e assíncronas, carga horária distribuída entre diversos recursos midiáticos e mais autoinstrucional.
As ferramentas e plataformas para isso são abundantes. Apresentamos a seguir algumas sugestões de comunicação remota com os alunos:
· WhatsApp: Utilização para conversas individuais, em grupos ou através de listas de transmissão;
· Google Hangout Meets: Plataforma de webconferência para até 100 pessoas ao mesmo tempo;
· Skype: Plataforma de comunicação para uma quantidade reduzida de pessoas;
· Google Forms: Criação de avaliação, simulados e provas para resolução no formato digital;
· Microsoft Teams: Trabalhe em equipe usando chat, compartilhando arquivos e fazendo chamadas com vídeo.
Tecnologia é um produto da ciência e da engenharia que envolve um conjunto de instrumentos, métodos e técnicas que visam a resolução de problemas. É uma aplicação prática do conhecimento científico em diversas áreas de pesquisa. O termo tecnologia educacional remete ao emprego de recursos tecnológicos como ferramenta para aprimorar o ensino. É usar a tecnologia a favor da educação, promovendo mais desenvolvimento socioeducativo e melhor acesso à informação. O grande aparato que traz inúmeros benefícios sociais e educacionais é o computador.
O uso da tecnologia favorece a interação entre alunos. Ao fazerem atividades em pares ou grupos, a internet permite que todos expressem seus conhecimentos e deem opiniões, o que traz à tona a experiência prévia dos alunos, o que os motiva ainda mais, pois se sentem parte ativa e importante do processo de aprendizagem.
RESULTADOS ESPERADOS
As atividades de ensino, pesquisa e extensão, buscam a interação entre professores e alunos, promovendo através dessa nova modalidade de ensino a troca de conhecimentos oriundos no âmbito escolar. O ensino remoto se faz necessário nesse momento, de forma consentânea, acreditamos que a junção dos conhecimentos de alunos e professores seja capaz de ter um processo de ensino e aprendizagem melhor. 
Proporcionar aos participantes por meios de experimentar e desenvolver metodologias adequadas ao processo de ensino e aprendizagem por meio remoto, fomentar e desenvolver ações de ensino, pesquisa e extensão. As melhorias entre os processos desses acessos na educação será um ganho muito importantes para os alunos na área do aprendizado.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
https://portogente.com.br/noticias/transporte-logistica/112562-recursos-tecnologicos-e-digitais-contribuem-para-o-ensino-remoto. 
HUGO, Assmann. Curiosidade e Prazer de Aprender – O papel da curiosidade na aprendizagem criativa. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2004.