A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Resumo Trabalho 1

Pré-visualização | Página 1 de 1

PODER DIRETIVO DO EMPREGADOR 
- a subordinação do empregado não é absoluta, pois ele tem seus direitos 
- jus resistentiae: empregado pode resistir aos abusos do empregador, ensejando na dispensa 
indireta, onde o empregado tem seus direitos garantidos como se fosse demitido 
 
Poder de direção: 
a) Poder de comando 
b) Poder de controle 
c) Poder disciplinar: poder de sanção, deve ser definida em lei. Tem que ter nexo de 
causalidade, adequação e proporcionalidade, imediatidade da punição sob pena de 
perdão tácito, e singularidade da pena 
Tem 3 tipos de pena aplicáveis: 
1. Advertência: mais leve, não prevista por lei. Escrita ou verbal 
2. Suspensão: afastamento com perda de salario. Se passar de 30 dias, pode ser 
considerada dispensa sem justa causa. Escrita ou verbal 
3. Demissão 
4. Multa: atletas 
 
CONTRATO INDIVIDUAL DE TRABALHO 
- formado entre uma pessoa física e uma pessoa física, jurídica ou despersonalizada 
- acordo de vontades tácito ou expresso, onde um oferece seus serviços 
- serviços pessoais, onerosos, não eventuais e subordinados 
- o contrato faz surgir a relação de emprego 
- possui natureza contratual 
- as partes podem acordar o que quiserem, contanto que não firam os direitos trabalhistas 
- essa vedação vem do dirigismo contratual, que garante os direitos do trabalhador 
- é contrato de direito privado: os interesses são particulares. Mesmo quando o Estado 
contrata, equipara-se ao particular, ficando obrigado a obedecer normas trabalhistas sem 
prerrogativas especiais 
 
CARACTERISTICAS DO CONTRATO DE TRABALHO 
- bilateral 
- consensual: exige o mero consentimento. Existem contratos necessariamente escritos 
- contrato pessoal: o empregado não pode, em regra, ser substituído por outro 
- contrato de trato sucessivo: o contrato não acaba em uma única prestação, sendo continuo 
- contrato oneroso: há uma troca 
- contrato dotado de alteridade: o empregado trabalha por conta alheia, do empregador 
- contrato subordinativo 
- contrato de atividade: mesmo que o empregado não produza nada, recebe salario 
 
ELEMENTOS ESSENCIAIS 
- a validade do negocio jurídico requer: 
1. agente capaz: capacidade plena (18), relativa (16-18) e aprendiz (14) 
2. objeto licito 
3. forma prescrita ou não defesa em lei 
- na falta desses, há a nulidade do contrato 
- uma relação empregatícia só é completa com o preenchimento das características e dos 
elementos essenciais 
- a falta de algum elemento pode fazer com que o contrato não tenha qualquer repercussão na 
esfera jurídico-trabalhista, não produzindo efeitos 
 
TRABALHO ILICITO X TRABALHO PROIBIDO 
- trabalho ilícito, em regra, retira do obreiro qualquer proteção trabalhista 
- o trabalho proibido costuma merecer a integral proteção trabalhista 
- no caso do trabalho proibido, ordena-se a cessação do contrato, mas garante os direitos 
trabalhistas adquiridos ate então, ex nunc 
 
NULIDADE NO DIREITO DO TRABALHO 
- as nulidades são vícios que afrontam normas de ordem publica: 
1. podem ser pronunciadas de oficio do juiz 
2. não se convalidam com o tempo 
3. não podem ser supridas 
4. ex tunc, invalida-se o negocio desde o inicio, como se nunca tivesse existido 
 
- as anulabilidades são vícios que afrontam normas de ordem privada 
1. não podem ser pronunciadas de oficio do juiz 
2. podem ser supridas 
3. ex nunc, preservam se os efeitos até a declaração de nulidade 
 
Para o direito do trabalho: 
- não há como devolver a energia gasta 
- uma vez que a energia é gasta, o empregado merece o salario 
- se uma criança de 13 anos trabalha, lhe serão garantidos os direitos, e o contrato é invalidado 
- se a administração publica contrata sem o concurso publico, o trabalhador recebe apenas a 
remuneração justa mais FGTS 
- se for trabalho ilícito, não há garantias 
 
CONTRATO 
1 - quanto à forma: 
a) expresso: escrito ou verbal 
b) tácito: sem porra nenhuma, resulta de um comportamento 
2- quanto aos sujeitos: 
a) Individual 
b) Plurimo: 
3- quanto à duração: 
a) Prazo indeterminado 
b) Prazo determinado 
4- quanto à regulamentação 
a) Comum: regrados por normas genéricas 
b) Especial: regime próprio de legislação 
5- quanto ao local de prestação de serviços 
a) No estabelecimento do empregador 
b) Externamente 
c) No domicilio do empregado 
6- quanto à qualidade do trabalho 
a) Manual 
b) Técnico 
c) Intelectual 
7- quanto ao modo de remuneração 
a) Unidade de tempo 
b) Unidade de obra 
c) Misto 
8- quanto ao fim ou índole de atividade 
a) Domestico 
b) Rural 
c) Urbano 
d) Marítimo 
e) Industrial 
f) Comercial