A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
histologia da cartilagem, osso e musculo

Pré-visualização | Página 1 de 1

TECIDO CARTILAGINOSO
· Tipos:
. hialina - fibras colágenas (colágeno tipo ll),condronectina, água de solvatação; presente na traquéia
· elástica - fibras elásticas e colágenas; presente na epiglote
· fibrosa - fibras de colágeno tipo l, associado ao tecido conjuntivo denso, não possui pericôndrio; presente em tendão e disco intervertebral
· Características: tecido conjuntivo especializado ( presença de matriz extracelular), possui consistência rígida; permite o crescimento de ossos longos, é avascular, recobre as articulações e fica localizado entre os ossos
. cartilagem articular: recebe nutrientes do líquido sinovial
. demais cartilagens: possui pericôndrio
· Funções:forma o primeiro esqueleto do embrião, serve de suporte para crescimento ósseo, suporte mecânico de órgãos e cavidades, possui resistência a forças de compressão (efeito amortecedor), evita choques mecânicos
· Histologia:
. possui células condrogênicas, condroblastos e condrócitos (sintetizam a matriz cartilaginosa)
. matriz: composta por colágeno e elastina, substância fundamental (ácido hialurônico, proteoglicana e glicoproteína de adesão) - responsável pela estrutura
. matriz territorial: forma cápsulas ao redor dos condrócitos (proteoglicanas, é mais basofílico)
. matriz interterritorial: fica ao redor das cápsulas de condrócitos (colágeno e proteoglicanas)
· Pericôndrio: bainha de tecido conjuntivo que reveste a cartilagem hialina e elástica; tem como função fazer a oxigenação, nutrição e eliminar metabólitos tóxicos; auxiliar no crescimento da cartilagem.
. porção fibrosa (PF): parte mais externa, constituída de tecido conjuntivo denso, fibroblastos e vasos sanguíneos
. porção condrogênica (PC): parte mais interna, constituída de células condrogênicas e condroblastos; é responsável pela manutenção da cartilagem e faz crescimento aposicional
 
· Células condrogênicas:
. condroblastos: células mais velhas, ficam localizadas na periferia, sozinhas e possuem forma mais alongada
· condrócitos: células jovens, ficam no interior, são arredondadas e formam grupos de até 8 células (ninhos isogênicos)
· Crescimentos:
. aposicional: as células condrogênicas do pericôndrio se diferenciam, multiplicam e produzem nova matriz cartilaginosa - ocorre no indivíduo adulto, é a manutenção do pericôndrio
. intersticial: ocorre mitose dos condroblastos, dando origem aos grupos isogênicos e expansão da cartilagem  - ocorre no embrião durante a primeira divisão celular
TECIDO ÓSSEO
· Características: tipo especializado de tecido conjuntivo, apresenta rigidez  pela presença de minerais (fosfato de cálcio)
· Função: suporte, proteção de órgãos vitais, hematopoiese, armazenamento de minerais
· Métodos de estudo microscópio:
. desgaste: são analisados os minerais 
· descalcificação: são analisadas as células 
· Composição:
. CÉLULAS:
. osteócitos: ficam dentro das lacunas é longe dos vasos, fazem comunicação célula-célula (por canalículos e matriz). São achatadas, tem pequena atividade sintética, são essenciais para a manutenção da matriz óssea 
· osteoblastos: são células progenitoras, presentes na superfície; tem capacidade de síntese proteica e de matriz óssea 
· osteoclastos: macrofagos óssos (fazem fagocitose) -  degradam e reabsorvem o tecido ósseo; tem sua origem na linhagem progenitora de monócitos. São grandes e multinucleados, presentes na superfície. Liberam colagenase e hidrolase para fazer a reabsorção 
· MATRIZ ÓSSEA:
. orgânica (35%): fibras colágenas tipo l, proteoglicanas, proteína não colagenosa (osteocalcina, esteopontina, osteoconectina, sialoproteína, osteoprotegrina)
. inorgânica (65%): cristais de hidroxiapatita cálcica (fosfato de cálcio)
· Revestimento: 
. PERIÓSTEO: parte mais externa do osso, responsável por nutrição e osteogênese
. região externa: tem contato com os demais tecidos, formado por tecido conjuntivo denso
. região interna: mais próxima ao osso, possui células osteoprogenitoras e pré-osteoblastos
· ENDÓSTEO: camada de células progenitoras, reveste o osso internamente (entre matriz óssea e medula óssea), também auxilia na nutrição
· Tipos de osso:
. osso primário/imaturo: fibras colágenas dispostas irregularmente, possui pouco minerais e muito osteócito. O crescimento é intersticial no início e depois aposicional
. osso secundário/lamelar: cristais organizados (fibras de colágeno tipo l), altamente mineralizado (cálcio e fósforo em forma amorfa)
. sistema de Havers: lamelas (fibras de colágeno) organizadas, com vasos sanguíneos em seu interior
. canais de Volkmann: comunicação dos sistemas de Havers até a superfície externa
· Desenvolvimento ósseo:
. intramembranoso: as células mesenquimais (do embrião) se transformam diretamente em osso - presente nos ossos do crânio 
. endocondral: antes de formar o osso, é formado um molde cartilaginoso (com cartilagem hialina) - ocorre nos demais ossos
. zonas ósseas: zona de repouso (cartilagem hialina), zona de proliferação (cartilagem recebe estímulo para crescer - hiperplasia), zona de hipertrofia (ocorre aumento do tamanho celular), zona de calcificação (formação da matriz óssea), zona de ossificação
· Remodelação óssea: processo que ocorre o tempo todo, pois o tecido é plástico - ocorre pelo próprio desgaste. Reabsorção óssea → reserva → formação óssea → repouso
· Fratura e reparo ósseo: ocorre hemorragia (medula, matriz e morte celular) → formação do coágulo sanguíneo → proliferação do endósteo e periósteo → ação dos osteoblastos → formação do calo ósseo (primeira junção dos componentes) → matriz óssea
TECIDO MUSCULAR
·  Função: locomoção, postura, respiração, digestão, controlar batimento cardíaco, propulsão → contração (transformar ATP em energia mecânica)
· Constituição: células alongadas (miócitos) com proteínas contráteis 
. componentes celulares: sarcolema (membrana celular), sarcoplasma (citoplasma), retículo sarcoplasmático (retículo endoplasmático)
· Classificação:
. morfológica:
· funcional:
. músculo esquelético: tem contração forte, rápida, descontínua é voluntária 
. músculo cardíaco: tem contração forte, rápida, descontínua e voluntária 
. músculo liso: contração fraca, lenta e involuntária 
· Organização do tecido muscular: por tecido conjuntivo. Epimísio (mais externo) - recobre todo o músculo  → perimísio - recobre feixe de fibras musculares → endomísio - recobre cada fibra. Tem função de proteção, transporte, nutrição e compactação 
· Contração: 
. presença de placas motoras em cima das fibras musculares - recebe estímulo da ramificação do sistema nervoso → estímulo age nos túbulos T (estrutura do sarcolema) → induz liberação de cálcio → induz contração 
. ocorre de forma involuntária 
· Estrutura do miócito 
· Músculo estriado esquelético: são células nucleadas, de núcleo periférico; as fibras são dispostas paralelamente, de formato longo e cilíndrico; possui estrias transversais. Faz reserva de energia (glicogênio) e tem presença de mioglobina
· Músculo estriado cardíaco: são células com 1-2 núcleos centralizados e arredondados; o estímulo elétrico tem origem nas células de Purkinjee; possui discos intercalares (deixa as células mais agregadas)
· Músculo liso: presente nos órgãos internos, não possui estrias; tem a presença de corpos densos (serve de apoio para actina e miosina)
· Regeneração muscular: 
. Músculo estriado esquelético: forma limitada
. Músculo estriado cardíaco: ausente
. Músculo liso: presente