A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
histologia do sistema linfático

Pré-visualização | Página 1 de 1

Sistema Linfático 
DEFINIÇÃO: 
▪ Drenagem: tem objetivo de drenar, filtrar e reconduzir o 
líquido intersticial de volta a circulação sanguínea – é 
unidirecional, sem circulação (só drena) 
▪ Órgãos: associados à resposta imune; células imaturas da 
medula óssea migram para os órgãos linfáticos e dão 
origem aos linfócitos 
FUNÇÃO: drenagem do fluido intersticial com proteínas, 
transporte de lipídios e vitaminas lipossolúveis, proteção 
contra invasores 
CONSTITUIÇÃO CELULAR: 
▪ Linfócitos T: imunidade celular 
▪ Linfócitos B: imunidade humoral (plasmócitos) 
▪ NK 
▪ Células apresentadoras de antígenos: ativam os LT – 
células dendríticas e macrófagos 
ORGANIZAÇÃO: 
▪ Nódulo linfático: aglomerado de células de defesa em 
órgãos (pulmão e intestino – MALT) 
▪ Órgãos linfóides: 
o Primários: timo, medula óssea (produz e matura) 
o Secundários: baço, linfonodos, tonsilas (armazena) 
TIMO: órgão linfóide primário , localizado atrás do esterno, é 
bilobado, envolto por capsula de tecido conjuntivo denso e 
não apresenta nódulos. Conforme o animal cresce, o timo 
diminui de tamanho e é substituído por tecido adiposo 
▪ Função: proliferação e diferenciação de LT, povoar 
órgãos secundários 
▪ Constituição: cápsula de tecido conjuntivo denso com 
septo, presença de vasos sanguíneos e vasos linfáticos 
eferentes, lobulado 
o Zona nodular: LT, macrófagos 
o Zona cortical: células reticulares epiteliais, 
corpúsculo de Hassal 
 
BAÇO: 
▪ Função: acúmulo de LB, filtração de sangue, 
hemocaterese, armazenamento de sangue 
▪ Constituição: cápsula de tecido conjuntivo denso, fibras 
reticulares e músculo liso 
o Polpa branca: nódulos linfáticos (LB + arteríola 
central) , bainhas linfáticas periarteriais (LB) 
o Polpa vermelha: seios esplênicos, cordões 
esplênicos - células + fibras reticulares, macrófagos, 
linfócitos, plasmócitos, fibra muscular lisa 
 
 
VASOS: formam tubos (fundo cego de um lado), possuem 
válvulas bicúspides, auxiliam na remoção de líquido intersticial 
e devolve para o sistema circulatório 
▪ Linfa: líquido titular que entra nos vasos, é claro, possui 
baixa quantidade de proteínas, tem leucócitos, não 
coagula 
▪ Presença em: SNC, globo ocular, orelha interna, 
epiderme, cartilagem e osso 
▪ Capilares linfáticos: camada de endotélio e valvas 
LINFONODOS: são cápsulas de tecido linfóide arredondadas 
presentes no trajeto dos vasos linfáticos 
▪ Região cortical: seios subcapsulares e peritrabeculares, 
nódulos linfáticos 
▪ Região paracortical: tecido linfóide denso 
▪ Região medular: cordões da medula, seios da medular 
 
 
TONSILAS: formadas por aglomerados de tecido linfóide (LT), 
produz IgA; localizados para defesa de invasores por ar e 
alimento. São revestidos por tecido epitelial que invagina e 
forma criptas