A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Estudo direito gerenciamento do trabalho de enfermagem

Pré-visualização | Página 1 de 2

UNINOVAFAPI/AFYA 
CURSO: ENFERMAGEM 
DISCIPLINA: GERENCIAMENTO DO PROCESSO DE TRABALHO NA 
ENFERMAGEM 
PROFESSORA: Liliam Araújo 
 
Atividade tem como objetivo disponibilizar questões para revisão do conteúdo. As 
questões deverão ser respondidas pelos alunos e posteriormente serão discutidas 
juntamente com a professora. 
TEORIAS ADMINISTRATIVAS E A ENFERMAGEM 
 
1)No ano de 1925, Henri Fayol identificou, inicialmente, as funções administrativas: 
planejamento, organização, comando, coordenação e controle. Estas funções administrativas 
são consideradas um marco importante relacionado à: 
 
(A) Teoria Científica 
(B) Teoria dos Sistemas 
(C) Teoria das Relações Humanas 
(D) Teoria Burocrática 
(E) Teoria Clássica 
 
2) As teorias administrativas surgem como forma de permear as relações de trabalho, de modo 
a analisar o comportamento do homem, os fatores que interferem nesse comportamento e os 
resultados desse trabalho. Em relação às teorias administrativas, é CORRETO afirmar: 
 
(A)A Teoria Científica, dá ênfase na tarefa, na especialização do operário como fator de 
produção. Na enfermagem caracteriza a divisão do trabalho, a padronização de tarefas e a 
fragmentação da assistência. 
(B)A Teoria Burocrática tem preocupação, unicamente, com a estrutura formal da organização, 
não administrando a existência da estrutura informal, que é constituída pelas pessoas e suas 
relações. 
(C)A Teoria Clássica dá ênfase nas pessoas com o objetivo humanizar e democratizar a 
administração de pessoal. 
(D)A Teoria Clássica é caracterizada pelo exagerado apego às regras, normas e regulamentos. 
(E)A Teoria das Relações Humanas dá ênfase nas pessoas, Indivíduos, dimensão motivacional 
e faz um resgate da pirâmide de necessidades (Maslow). 
 
3) No que se refere às Teorias Administrativas e os Serviços de Enfermagem, marque V para 
as alternativas VERDADEIRAS e F para alternativas FALSAS. 
( ) Exerce uma influência relevante, em função da natureza do trabalho na enfermagem e da 
filosofia do serviço de enfermagem. 
( ) A divisão do trabalho e a padronização de tarefas na enfermagem, foram influenciadas pela 
Teoria Científica de Frederick Taylor. 
( ) A Fragmentação da assistência: quando executar limita-se apenas a realizar uma tarefa, não 
participando do planejamento e avaliação da assistência, que idealmente deveria ser integral, 
caracterizando o mecanicismo, foi uma influência da Teoria Clássica (Henry Fayol). 
( ) Aspectos como liderança, comunicação e motivação são discutidos e tratados na 
enfermagem como estratégia de condução do grupo, aspectos estes influenciados pela Teoria 
das Relações Humanas de Mayo. ( ) O serviço de enfermagem, reproduz o modelo institucional, 
com propostas burocráticas e valorização de normas e regras. Este enfoque da Teoria 
Burocrática (Max Weber) é que mais tem influenciado à prática de Enfermagem. 
Está CORRETO: 
(A) VVVVV 
(B) VFFVV 
(C) VVFVV 
(D) VFFFV 
(E) VFVVV 
 
PLANEJAMENTO 
 
1) O planejamento é essencialmente importante e antecede todas as demais funções 
administrativas. Sem planejamento adequado, o processo administrativo fracassa, não podendo 
ser satisfeitas as necessidades e alcançados os objetivos. Sobre o planejamento, é CORRETO 
afirmar que: (EBSERH - Enfermeiro - Gerenciamento/ Gestão - Gestão da Saúde – 2016). 
(A) Planejamento pode ser definido como um processo de decidir antecipadamente o que 
fazer, quem o fará, além de como, quando e onde será feito. 
(B) Planejamento é um processo passivo e demorado, é responsável por aumentar os riscos 
e incertezas em relação às metas estipuladas. 
(C) Desestimula a unidade de metas e a continuidade do gasto de energia (de recursos 
humanos e financeiros) e direciona a atenção para os objetivos da equipe de enfermagem. 
(D) Um planejamento adequado propicia ao administrador alguns meios de controle, mas 
desencoraja o uso adequado de recursos. 
(E) No planejamento eficaz, o administrador deve identificar somente a metas de curto 
prazo, mas as mudanças necessárias para assegurar que a unidade continue a alcançá-las devem 
ser de longo prazo. 
 
2) O planejamento é iniciado, à medida que se determinam os objetivos a serem alcançados 
na organização. De acordo com Paulina Kurcgant, o planejamento tático e o planejamento 
estratégico buscam responder (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - 
IFC - 2012 – Enfermeiro) 
 
(A) O que deve ser feito, quando e onde. 
(B) Para quem vai ser feito, com o que vai ser feito. 
(C) Quando e onde deve ser feito, quem vai fazer o quê. 
(D) Com o que vai ser feito, como deve ser feito. 
(E) Como deve ser feito, o que deve ser feito. 
 
3)O planejamento é um instrumento de gestão que promove o desenvolvimento institucional, 
orienta e facilita decisões e deve ser uma atitude permanente da organização e do administrador. 
Considerando as discussões realizadas em sala de aula, marque V para as afirmações 
VERDADEIRAS e F para as FALSAS. 
 
( ) O planejamento proativo minimiza os riscos e incertezas, oferece ao lider/administrador 
meios de controle e estimula melhor uso possível dos recursos, os planejadores levam em conta 
o passado e o presente. 
( ) Na função gerencial, o enfermeiro deve realizar o planejamento com o objetivo de fazer 
análise e tomar decisões futuras. 
( ) No planejamento proativo os problemas são tratados separadamente sem interação com a 
organização como um todo. 
( ) São quatro os momentos do planejamento situacional : explicativo, normativo, estratégico, 
e táticooperacional, sendo o tático- operacional aquele em que ocorre a execução das ações e 
avaliação da nova situação com a participação de todos os atores envolvidos. 
( ) O planejamento estratégico situacional, tem como uma das suas características a valorização 
e reconhecimento da pluralidade dos atores sociais envolvidos na realidade, e reconhecer os 
conflitos existentes nos espaços institucionais. 
 
4)O Planejamento Estratégico Situacional (KURCGANT, 2010) é composto por quatro 
momentos que se inter-relacionam, a saber: (Adaptada: Assembleia Legislativa de Minas Gerais 
- 2014 – Enfermeiro) 
(A)Momento demissional, momento decisório, momento estratégico e momento tático-
operacional; 
(B)Momento explicativo, momento normativo, momento estratégico e momento tático-
operacional; 
(C)Momento explicativo, momento narrativo, momento dialético e momento tático-
operacional; 
(D)Momento decisório, momento narrativo, momento dialético e momento demissional; 
(E)Momento decisório, momento estratégico, momento dialético e momento tático-
operacional; 
 
5)“O planejamento estratégico em saúde é caracterizado por uma mudança no entendimento do 
papel do gestor governamental no processo de elaboração e de implementação das políticas. O 
enfoque estratégico pressupõe que o planejador é um ator social, ou seja, é parte de um “jogo” 
no qual existem outros atores, com interesse e força distintos”. Frente à operacionalização e 
aplicação do método do planejamento estratégico em saúde, analise as assertivas abaixo e 
assinale é CORRETO afirmar: (Técnico de Nível Superior – Enfermeiro – Pref. Teresina/PI – 
FMS – 2017) 
 
(A) O planejamento pode ser definido como o processo pelo qual se determina os caminhos 
para se chegar a uma situação indefinida. 
(B) O processo de planejamento em saúde consiste, basicamente, em identificar problemas, 
identificar fatores que contribuem para a situação observada, identificar prioridades de 
intervenção, definir estratégias e quem vai executá-las, avaliar e monitorar as ações executadas. 
(C) O planejamento em saúde não pode ser um instrumento flexível, pois embora expresse 
os resultados de todo o processo de diagnóstico, de análise e de elaboração técnica e política, 
acordos e pactos, sua utilidade é a de servir como bússola