A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
A2 DE BIOESTATÍSTICA E EPIDEMIOLOGIA EAD 2021 IBMR

Pré-visualização | Página 1 de 2

Curso	ED0002 BIOESTATÍSTICA E EPIDEMIOLOGIA EAD21.1 - 202110.136315.08
Teste	ATIVIDADE 2 (A2)
Iniciado	09/03/21 14:55
Enviado	12/03/21 15:54
Status	Completada
Resultado da tentativa	6 em 10 pontos 
Tempo decorrido	72 horas, 58 minutos
Resultados exibidos	Respostas enviadas, Respostas corretas, Comentários
Pergunta 1
0 em 1 pontos
Um estudo envolvendo a análise de sobrevida de pacientes com doença pulmonar crônica observou que a taxa de óbitos dos pacientes que faziam uso de um medicamento experimental foi sete vezes maior que o grupo controle. O relatório final dos ensaios informou um _________ igual a sete e recomentou o cancelamento do estudo envolvendo tal medicamento.
Considerando os conceitos estudados de análises de sobrevida, qual termo preenche corretamente a lacuna?
Resposta Selecionada:	
Incorreta Risco infeccioso.
Resposta Correta:	
Correta Hazard-Ratio.
Comentário da resposta:	Resposta incorreta: os testes de sobrevida indicam, de modo geral, a probabilidade de um evento ocorrer dentro de um grupo amostral em um período determinado. Há diversos testes, dependendo do objetivo do estudo e tipos de dados, mas há um em específico, que informa sobre os riscos de determinado evento.
Pergunta 2
1 em 1 pontos
“O coeficiente de correlação de Pearson (r) ou coeficiente de correlação produto-momento ou o r de Pearson mede o grau da correlação linear entre duas variáveis quantitativas. É um índice adimensional com valores situados entre -1,0 e 1.0 inclusive, que reflete a intensidade de uma relação linear entre dois conjuntos de dados” (CARMO, 2020).
CARMO, V. Correlação. Florianópolis: Departamento de Informática e Estatística, UFSC, 2020. Disponível em: https://www.inf.ufsc.br/~vera.carmo/Correlacao/Correlacao_Pearson_Spearman_Kendall.pdf. Acesso em: 25 nov. 2020.
 
Considerando o conceito de correlação, analise os gráficos, a seguir, com dados hipotéticos, em que as variáveis analisadas são, no primeiro gráfico: exposição solar e concentração de vitamina D; e no segundo gráfico, o uso de protetor solar e incidência de câncer de pele.
 
Fonte: Elaborada pela autora, 2020.
 
Com base nos conceitos aprendidos e nos gráficos apresentados, analise se as afirmativas são verdadeiras (V) ou falsas (F).
 
I. ( ) As variáveis exposição solar e vitamina D trazem uma correlação positiva e significativa entre si.
II. ( ) As variáveis exposição solar e câncer de pele trazem uma correlação negativa entre si.
III. ( ) A correlação no gráfico da esquerda é mais significativa que a no gráfico da direita, portanto r deve ser mais próximo do valor 1 no primeiro estudo.
IV. ( ) A correlação entre uso de protetor solar e incidência de câncer de pele é negativa.
V. ( ) O valor calculado de r é positivo em ambos os gráficos.
 
Agora, assinale a alternativa com a sequência correta.
Resposta Selecionada:	
Correta V – F – V– V– F.
Resposta Correta:	
Correta V – F – V– V– F.
Comentário da resposta:	Resposta correta: nos gráficos, observamos dois comportamentos de distribuição de dados. No gráfico exposição solar versus concentração de vitamina D, a distribuição é mais homogênea, indicando um r mais próximo de +1, com forte correlação. No gráfico o uso de protetor solar versus incidência de câncer de pele, observamos uma inclinação do tipo negativa, com dados mais espalhados, o que indica um r com valor mais distante de -1.
Pergunta 3
1 em 1 pontos
“Os testes estatísticos podem ser divididos em dois grandes grupos, conforme fundamentem ou não os seus cálculos na premissa de que a distribuição de frequências dos erros amostrais é normal, as variâncias são homogêneas, os efeitos dos fatores de variação são aditivos e os erros independentes. Se tudo isso ocorrer, é muito provável que a amostra seja aceitavelmente simétrica, terá com certeza apenas um ponto máximo, centrado no intervalo de classe onde está a média da distribuição, e o seu histograma de frequências terá um contorno que seguirá aproximadamente o desenho em forma de sino da curva normal. O cumprimento desses requisitos condiciona, pois a primeira escolha do pesquisador, uma vez que, se forem preenchidos, ele poderá utilizar a estatística paramétrica, cujos testes são em geral mais poderosos do que os da estatística não paramétrica, e, consequentemente, devem ter a preferência do investigador, quando o seu emprego for permitido” (CAMPOS, 2000).
CAMPOS, G. M. A escolha do teste mais adequado. In: Estatística prática para docentes e pós-graduandos. Ribeirão Preto: Departamento de Odontologia Restauradora, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto – USP, 2000. Disponível em: http://www.forp.usp.br/restauradora/gmc/gmc_livro/gmc_livro_cap14.html. Acesso em: 25 nov. 2020.
 
Considerando os testes paramétricos e não paramétricos, assinale a alternativa correta.
Resposta Selecionada:	
Correta Testes paramétricos são aplicados em distribuições normais e em distribuições assimétricas.
Resposta Correta:	
Correta Testes paramétricos são aplicados em distribuições normais e em distribuições assimétricas.
Comentário da resposta:	Resposta correta: apesar de os testes paramétricos serem inicialmente indicados para dados simétricos, também podem ser utilizados em distribuições assimétricas, pois têm um forte poder de teste.
Pergunta 4
1 em 1 pontos
“Os testes de hipóteses se dividem em paramétricos e não paramétricos. Os paramétricos são aqueles que utilizam os parâmetros da distribuição, ou uma estimativa destes, para o cálculo de sua estatística. Normalmente, estes testes são mais rigorosos e possuem mais pressuposições para sua validação. Já os não paramétricos utilizam, para o cálculo de sua estatística, postos atribuídos aos dados ordenados e são livres da distribuição de probabilidades dos dados estudados” (REIS; RIBEIRO JÚNIOR, 2007, p. 1).
REIS, G. M.; RIBEIRO JÚNIOR, J. I. Comparação de testes paramétricos e não paramétricos aplicados em delineamentos experimentais. In: SAEPRO, 3., 2007, Viçosa. Anais [...]. Viçosa: UFV, 2007, p. 1-13. Disponível em: http://www.saepro.ufv.br/wp-content/uploads/2007-3.pdf. Acesso em: 3 dez. 2020.
 
Analise os diferentes testes abaixo, identificando se fazem parte dos testes paramétricos ou não paramétricos.
I. Teste-t para uma amostra
II. Teste de Mann-Whitney
III. ANOVA
IV. Teste-t para duas amostras
V. Teste de Wilcoxon
Agora, assinale a alternativa que contenha apenas os testes paramétricos.
Resposta Selecionada:	
Correta 
I, III e IV.
Resposta Correta:	
Correta 
I, III e IV.
Comentário da resposta:	
Resposta correta: os testes paramétricos mais utilizados são o t- student
e análise de variância (ANOVA), sendo o primeiro para conjuntos amostrais menores ou igual a dois, e o segundo, para maiores que duas amostras.
Pergunta 5
1 em 1 pontos
Os testes de hipóteses são muito utilizados em estudos de bioestatística, pois, usualmente, o objetivo é justamente comprovar determinado efeito observado e analisar sua generalização populacional. Os testes estatísticos são baseados em estimativas, e a probabilidade de erros sempre irá existir.
Considerando os erros do tipo I e tipo II, analise as afirmativas, verificando se estão corretas ou incorretas.
I. Em uma situação real em que H 0 é falsa e não é rejeitada, ocorre erro do tipo I.
II. Em uma situação real em que H 0 é verdadeira e é rejeitada, ocorre erro do tipo II.
III. A probabilidade de ocorrer o erro do tipo I está relacionada a α (alfa).
IV. Em uma situação real em que H 0 é falsa e é rejeitada, a decisão é correta.
V. A probabilidade de ocorrer o erro do tipo II está relacionada a β (beta).
Agora, assinale a alternativa que indique as afirmativas corretas.
Resposta Selecionada:	
Correta III, IV e V.
Resposta Correta:	
Correta III, IV e V.
Comentário da resposta:	Resposta correta: os erros do tipo I indicam a probabilidade de rejeitar a hipótese quando esta for real, e os erros do tipo II indicam a probabilidade inversa, isto é, aceitar a hipótese quando for incorreta.
Pergunta 6
0 em 1 pontos
Leia o trecho a seguir.
“É uma metodologia estatística que nos auxilia a tomar