A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Resumo - Bases moleculares da hereditariedade

Pré-visualização | Página 1 de 1

Bases moleculares da hereditariedade 
• Todo ser vivo consiste em células, nas quais está situado o material hereditário 
• O número de células de um organismo pode variar de uma a muitos milhões. 
• Estas células podem apresentar-se nos mais variados tipos, nos organismos 
pluricelulares. 
 
Ácidos nucleicos 
• Dois tipos 
o DNA (Ácido desoxirribonucleico) 
o RNA (Ácido ribonucleico) 
 
• Composição 
o Nucleotídeos 
 
Ácidos nucleicos: Estrutura química 
• A estrutura química dos ácidos nucléicos é simples e não varia nos diversos 
organismos. 
• Os ácidos nucleicos consistem em sequência de nucleotídeos formados por: 
o Uma base nitrogenada, que pode ser uma purina (adenina ou guanina) uma 
pirimidina (timina ou citosina, no DNA; uracil ou citosina, no RNA); 
o Uma pentose (desoxirribose, no DNA; ribose, no RNA) 
o Um grupo fosfato (PO4). 
Nucleotídeos 
• São formados por três diferentes tipos de moléculas: 
o Um açúcar (pentose) 
o Um grupo fosfato 
o Uma base nitrogenada 
• A orientação das ligações entre as três moléculas constituintes dos 
nucleotídeos é essencial para se determinar o sentido da dupla fita de DNA. 
• A ligação entre a base nitrogenada e a pentose 
• Esta ligação é feita covalentemente através de uma ligação N-glicosídica com 
a hidroxila ligada ao carbono-1 da pentose. 
• A ligação entre o grupo fosfato e a pentose 
• Esta ligação é feita através de uma ligação fosfodiéster com a hidroxila ligada 
ao carbono-5 da pentose. 
• Os nucleotídeos estão ligados covalentemente por ligações fosfodiéster 
formando entre si pontes de fosfato.