A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
COISA JULGADA

Pré-visualização | Página 1 de 1

19/02/2021
1
PROF. ISABELA DAKKACH BARROS
PROCESSO CIVIL II
FACULDADE CATUAÍ | 2021
AULA 02
A justiça é um valor que 
nasce no coração e se revela 
na coragem das nossas 
ações.
Autor desconhecido
25.02.2021
19/02/2021
2
COISA JULGADA
 A coisa julgada é mencionada na Constituição Federal como um dos direitos e
garantias fundamentais.
 Trata-se da imutabilidade da decisão judicial. Tem como objetivo garantir segurança
jurídica aos jurisdicionados.
 É função do Poder Judiciário solucionar os conflitos de interesse, buscando a
pacificação social. Ora, se a solução pudesse ser eternamente questionada e revisada,
a paz ficaria definitivamente prejudicada.
 A eficácia da decisão ou sentença não está necessariamente condicionada ao trânsito
em julgado, mas à inexistência de recursos dotados de efeito suspensivo.
 Somente o dispositivo da sentença faz coisa julgada.
COISA JULGADA
19/02/2021
3
 É o efeito de imutabilidade dentro do próprio processo em que a sentença ou o acórdão
foi proferido. Todo processo precisa ter um fim. Assim, todas as sentenças e acórdãos,
em determinado momento, tornar-se-ão imutáveis.
 Se assemelha à preclusão, pois também consiste na impossibilidade de modificação do
ato judicial, contra o qual não caibam mais recursos.
 A diferença é que a coisa julgada pressupõe o encerramento do processo.
 Nenhuma outra modificação poderá ser feita naquele processo, mas nada obsta a
repropositura de idêntica ação, porquanto a coisa julgada formal se restringe ao
processo em que a sentença ou acórdão foi proferido.
 Todos os tipos de sentença, as que resolvem o mérito e as que extinguem o processo
sem examiná-lo, ficam sujeitas à coisa julgada formal.
COISA JULGADA FORMAL
 É o efeito de imutabilidade que extravasa o processo em que a sentença ou o acórdão
foi proferido, impedindo que a mesma questão já decidida seja rediscutida em outro
processo.
 É a coisa julgada material que traz efetiva segurança jurídica, pois pacifica o conflito
definitivamente.
 Não ocorre em todos os processos, mas naqueles que foram decididos com análise de
mérito.
 Pode ocorrer em decisão interlocutória, por meio da qual o juiz promova o julgamento
antecipado parcial de mérito.
 O art. 502 do CPC define a coisa julgada material como a autoridade que torna
imutável e indiscutível a decisão de mérito não mais sujeita a recurso.
COISA JULGADA MATERIAL
19/02/2021
4
WHATSAPP FACEBOOK INSTAGRAM
@isabelabarros.adv/isabelabarros.adv(43) 99660-1224
E-MAIL
isabelabarros.adv
@gmail.com
mailto:@isabelabarros.adv
mailto:@gmail.com