A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Respostas do texto livro psicologia hoje

Pré-visualização | Página 1 de 1

psicologia hoje 
Aluno: Gil Marcos Pereira Da Silva Junior 
• O desenvolvimento histórico da Psicologia 
1870 estruturalismo: Buscava a estrutura da mente, isto e, compreender os fenômenos mentais 
pela decomposição dos estados de consciência produzidos pelas estimulações ambientais. TALES 
MILETO, SOCRATES, PLATÃO, ARISTÓTELES, RENÉ DESCARTES, GUSTAV T. WUNDT, TICHENER. 
1880 funcionalismo: Denomina-se funcionalismo por se interessarem mais no que a mente faz, 
nas suas funções, do que a mente é, ou como ela se estrutura. WILLIAM JAMES, JOHN DEWEY, JAMES 
CATTEL. 
1900 Atualidade Behaviorismo 
1890 Gestaltismo 
1870 Atualidade Psicanálise 
1950 Atualidade Humanismo 
 
• As principais posições teóricas atuais em psicologia. 
 
Behaviorismo: O criador é John B. Watson (1878-1959). Objeto de estudo o comportamento 
(behavior) estritamente observável. Descartou dos estudos os fenômenos mentais. Afirmava que a 
única fonte de dados sobre o homem era o seu comportamento. 
 
Gestalt: Afirmava que o estruturalismo e o behaviorismo subestimavam o papel do indivíduo, 
principalmente nos processos de percepção e aprendizagem, acreditando-o um “registrador” 
passivo dos estímulos do ambiente. O tema de Gestalt veio a ser “o todo é mais do que a soma das 
partes “ 
 
Psicanálise: Ela se preocupava com a experiência consciente, estudava pela introspecção. Hoje a 
psicanálise é considerada uma das correntes psicológicas, apesar de ter nascido e se desenvolvido 
de maneira completamente independente. Criado por Sigmund Freud. 
 
Humanismo: É um movimento mais recente em psicologia, que enfatiza a necessidade de estudar 
o homem, e não animais, e indivíduo normais psicologicamente, ao invés de pessoas perturbadas. 
 
• Comportamento como objetivo de estudo da psicologia 
 
É aplicado para designar uma ampla escala de 
atividades. Para Henneman pode incluir: atividades observáveis como falar, caminhar etc.; Bleger 
sugere uma distinção entre o que chama de áreas da conduta como fenômenos mentais, tais como 
raciocinar, planificar, imaginar ou movimentos do corpo como caminhar, falar, chorar ou ainda 
ações que produzem efeitos sobre o meio social, físico ou sobre si mesmo por exemplo esbofetear 
alguém, conduzir automóvel, vestir-se, etc. 
 
• A psicologia é ciência 
 
Porque como toda ciência, a psicologia usa métodos científicos rigorosos e como qualquer outra 
ciência, procura entender, predizer e controlar os fenômenos que estuda, neste caso, os 
comportamentos. 
 
• Os principais subcampos de pesquisa básica em psicologia 
 
Psicologia geral: Busca determinar o objeto, métodos, princípios gerais e as ramificações da 
ciência. 
Psicologia fisiológicas: investigar eventos e 
estruturas fisiológicas desempenham no comportamento. 
 
Psicologia do desenvolvimento: que estuda o desenvolvimento ontogenético, mudanças que 
ocorrem no ciclo vital. 
 
Psicologia animal: estudar o comportamento 
animal comparando-o ao do homem 
 
Psicologia social: que investiga todas as situações, em que a conduta humana é influenciada e 
influencia a de outras pessoas e grupos; 
 
Psicologia diferencial: que busca estabelecer as diferenças entre os indivíduos em termos de idade, 
classe social, raças, capacidades, sexo. 
 
Psicopatologia: interessado no 
comportamento anormal, como: as neuroses e psicoses; 
 
Psicologia da personalidade: busca a 
integração ampla e compreensiva dos dados obtidos por todos os setores da investigação 
psicológica. 
 
• Os mais importantes ramos da Psicologia Aplicada 
 
Psicologia educacional: lida com aplicações de técnicas e princípios da psicologia 
 
Psicologia aplicada ao trabalho: é o nome genérico que se dá a um conjunto de subcampos, através 
da aplicação de dados da psicologia, os instrumentos de trabalho que o homem utiliza podem ser 
mais bem planejados. 
 
Psicologia aplicada à medicina: pode auxiliar o médico em suas tarefas de 
diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças. 
 
Psicologia jurídica: aplicada a psicologia no campo do direito. 
 
• A psicologia denominada de ciência biossocial. 
porque ela se relaciona principalmente com a Biologia e com as Ciências Sociais. 
 
• Diferença entre o Psicólogo, Psiquiatra e Psicanalista 
 
Psicólogo pode atuar em áreas diversas, subcampos e aplicações da psicologia. 
Psiquiatra é o médico que se especializa em doenças ou distúrbios mentais. 
Psicanalista que em cursos especializados se torna habilitado a usar psicanálise. 
 
• Assuntos cujo estudo implica a relação – Psicologia e outras ciências. 
 
Psicolinguística estuda as relações acaso existentes entre a estruturação linguística e a atividade 
cognitiva e que consegue congregar psicólogos, linguistas, sociólogos, antropólogos, filósofos num 
trabalho conjunto para o desenvolvimento dela. 
 
Neuropsicologia é o estudo sobre as relações do comportamento com os dados da fisiologia 
nervosa e da neuropatologia