A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
ava 1 de direiro

Pré-visualização | Página 1 de 1

Prezado Estudante,
Leia, atentamente, os casos apresentados a seguir:
 Caso 1:
Uma empresa contrata um motoboy para retirar e protocolar documentos de seus clientes. Ele comparece ao escritório de segunda a sexta-feira, onde recebe do gerente administrativo-financeiro instruções sobre as atividades que deve realizar. Suas entradas e saídas, inclusive para o almoço, são marcadas em folha de ponto. Todo mês, ele recebe também um contracheque, indicando a quantia que foi depositada em sua conta-salário.
 
Caso 2 :
Uma organização contrata os serviços de uma empresa de motoboys para retirar e protocolar documentos de seus clientes. Sempre que precisa desses serviços, o gerente administrativo-financeiro entra em contato com a empresa, que envia um motoboy de sua equipe que esteja disponível naquele momento. O motoboy recebe o documento a ser entregue, ou o pedido de retirada de documento, realiza a tarefa, reporta-se ao gerente administrativo-financeiro da organização e depois retorna à empresa de motoboys para a qual trabalha. 
Podemos afirmar que existe relação de emprego em ambos os casos apresentados? Justifique seu posicionamento apontando os pressupostos utilizados para embasar sua opinião, bem como apresentando outros exemplos.
 
 Para que seja caracterizado como um empregado é preciso que se tenha presente alguns requisitos. Nesse sentido, os requisitos para a caracterização do vínculo empregatício são: Serviço prestado por pessoa física, pessoalidade, não eventualidade, subordinação e onerosidade.
 Não podemos afirmar que existe relação de emprego em ambos os casos, mas sim apenas no caso 1 onde o contrato de trabalho foi feito aquela pessoa. Por essa razão é que existe o vínculo de emprego. Já no caso 2 encontramos um serviço prestado terceirizado. 
 Caso 1 , podemos observar que o motoboy foi escolhido para presta aquele serviço e isso é caracterizado como pessoalidade. Podemos notar também que ele tem uma carga horário a ser cumprida, recebe orientações e instruções para cumprir suas atividades e todo mês recebe um contra chegue. Com isso, podemos concluir que o motoboy tem vínculo empregatício com essa empresa pois atende os requisitos de: Pessoalidade, não eventualidade, subordinação e onerosidade.
 Caso 2, temos a contratação de uma empresa que atuará prestando serviço de motoboy no qual o empregado não tem vínculo com a empresa que contratou. Vimos que para existir vínculo empregatício é necessário atender algumas características tais como: Pessoalidade, não eventualidade, subordinação e onerosidade. Podemos concluir que a falta desses pressupostos, inexiste a relação de emprego.
Exemplo1 : Uma faxineira 
° Trabalha todas as segunda, terças e quintas. (Não eventualidade)
° Cumpri ordens. (Subordinação)
° Recebe por seu trabalho. (Onerosidade) 
° Não se faz substituir por outra pessoa. (Pessoalidade)
Esse caso é caracterizado como vínculo de emprego.
Exemplo 2 : Um motoboy de aplicativo de comida 
° Trabalha todos os dias prestando serviços para diferentes restaurantes.
 (Eventualidade) 
° Cumpre suas próprias ordens e escolhe os dias que deseja trabalhar. ( Não existindo assim subordinação)
° Recebe por seu trabalho (onerosidade)
° Pode ser substituído por outra pessoa. ( Não existindo pessoalidade)
Esse caso podemos observar um trabalhador autônomo que explora seu ofício por contra própria.