A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
Anatomia do olho completa (inervação, irrigação, músculos, ossos)

Pré-visualização | Página 3 de 3

entrada da luz nessa 
região. 
• As artérias ciliares posteriores curtas 
são ramos da artéria oftálmica que perfuram 
a esclera em torno do nervo óptico e entram 
na camada corioide. 
• As artérias ciliares posteriores longas, 
geralmente duas, entram na esclera dos 
lados medial e lateral do nervo óptico e 
seguem anteriormente na camada corioide 
para se anastomosarem às artérias ciliares 
anteriores. 
• As artérias ciliares anteriores são ramos 
das artérias que suprem os músculos – no 
ponto de fixação dos músculos à esclera essas 
artérias a perfuram e se anastomosam às 
artérias ciliares posteriores longas na 
camada corioide. 
• A artéria central da retina atravessa o 
nervo óptico e entra na área da retina do 
disco óptico. 
A drenagem venosa do bulbo do olho está 
relacionada principalmente à drenagem da 
camada corioide. 
Quatro grandes veias (as veias vorticosas) 
estão envolvidas nesse processo. Elas saem pela 
esclera, de cada um dos quadrantes posteriores 
do bulbo do olho, e desembocam nas veias 
oftálmica superior e oftálmica inferior. 
Há também uma veia central da retina que 
acompanha a artéria central da retina. 
 
 
 
10 
A luz entra na superfície anterior do olho através da córnea, um disco de tecido transparente que é a 
continuação da esclera. Após a luz passar pela abertura da pupila, ela chega à lente, que possui duas 
superfícies curvadas (biconvexas). Juntas, a córnea e a lente desviam a direção dos raios de luz que 
entram, para que eles sejam focalizados na retina, o revestimento do olho sensível à luz que possui os 
fotorreceptores. 
Resumo 
Órbita 
Cavidade óssea no crânio que abriga o olho e suas estruturas associadas 
(músculos do olho, pálpebra, gordura periorbital, aparelho lacrimal) 
Ossos da órbita 
Maxila, osso zigomático, osso frontal, osso etmoide, osso lacrimal, osso 
esfenoide e osso palatino 
Estrutura do olho Córnea, câmara anterior, cristalino (lente), câmara vítrea e retina 
Músculos do olho 
Extraoculares: reto superior, reto inferior, reto medial, reto lateral, oblíquo 
superior, oblíquo inferior e levantador (elevador) da pálpebra superior 
Intraoculares: esfíncter pupilar, dilatador pupilar, ciliar 
Inervação do olho 
Visão: Nervo óptico (NC II) 
Músculos: Nervos oculomotor (NC III), troclear (NC IV) e abducente (NC VI) 
Fornecimento 
sanguíneo do olho 
Artéria oftálmica e veias vorticosas 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Referência: Grays anatomia clínica, Atlas Grays e Kenhub.