A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
16 pág.
LISTA DE EXERCÍCIOS - GOVERNO GEISEL (1974-1979) E FIGUEIREDO (1979-1985)

Pré-visualização | Página 1 de 5

CURSO: HISTÓRIA, GESTÃO PÚBLICA E DIREITO 
DISCIPLINA: HISTÓRIA DO BRASIL CONTEMPORÂNEO 
LISTA DE EXERCÍCIOS 07 – GOVERNOS ERNESTO GEISEL (1974-1979) E FIGUEIREDO (1979-1985) 
 
Alexandre A. 
QUESTÃO 01 
Ano: 2016 Banca: FGV Órgão: SME - SP Prova: FGV - 2016 - SME - SP - Professor de Ensino 
Fundamental II e Médio - História 
Diante dos sinais de esgotamento do “milagre econômico” e da ditadura militar, o governo 
Ernesto Geisel pôs em marcha o projeto de abertura “lenta, gradual e segura”, visando à transição para 
o regime democrático. 
Assinale a opção que caracteriza corretamente um dos passos deste processo. 
A. A regulamentação da propaganda política determinada pela Lei Falcão, em 1976, possibilitou o 
debate político pelos meios de comunicação de massa. 
B. O Pacote de Abril, em 1977, criou a figura dos governadores e senadores biônicos, assim 
chamados por ocupar os cargos sem sufrágio universal. 
C. A Lei da Anistia, em 1979, facultou o retorno ao Brasil dos exilados políticos e abrangeu também 
os responsáveis pelas perseguições e torturas. 
D. A aprovação da Nova Lei Orgânica dos Partidos, em 1979, reintroduziu o sistema 
multipartidário, com o objetivo de fragmentar e multiplicar os partidos da situação. 
E. A campanha pelas eleições diretas foi uma conquista das ruas e do Congresso, obtida pela 
aprovação da Emenda Dante de Oliveira, em abril de 1984. 
QUESTÃO 02 
Ano: 2018 Banca: CESPE / CEBRASPE Órgão: ABIN Prova: CESPE - 2018 - ABIN - Oficial de 
Inteligência - Área 1 
Com relação ao regime militar instituído em 1964, julgue o item subsequente. 
“O apoio dos militares ao processo de distensão política iniciado no governo do general Ernesto Geisel 
foi unânime, pois tinha como finalidade controlar o processo de transição para a democracia.” 
A. Certo 
B. Errado 
QUESTÃO 03 
Ano: 2010 Banca: UEAP Órgão: UEAP Prova: UEAP - 2010 - UEAP - Vestibular - Prova 1 ADAPTADA 
“Foi durante a gestão de Ernesto Geisel que se iniciou o processo de abertura política, num estilo que 
o general definiu como “lento, gradual e seguro”. Na prática a liberalização do regime, chamada de 
distensão, trilhou um caminho tortuoso, marcado por avanços e retrocessos.” 
(MOTA, M. B.; BRAICK, P. R. História: das cavernas ao terceiro milênio. São Paulo: Moderna, 2002, p. 529). 
 
CURSO: HISTÓRIA, GESTÃO PÚBLICA E DIREITO 
DISCIPLINA: HISTÓRIA DO BRASIL CONTEMPORÂNEO 
LISTA DE EXERCÍCIOS 07 – GOVERNOS ERNESTO GEISEL (1974-1979) E FIGUEIREDO (1979-1985) 
 
Alexandre A. 
Considerando o contexto traçado no fragmento, marque a alternativa que aponta avanço e 
retrocesso, respectivamente, nesse período. 
A. No governo Geisel um dos avanços ficou evidenciado nas eleições parlamentares que deram 
ampla vitória às forças de oposição. Momento em que o MDB teve considerável avanço, 
sobretudo no Senado. Contudo, o lançamento do “Pacote de Abril” que, dentre outras medidas, 
confirmou a eleição indireta para governadores é considerado um retrocesso neste período. 
B. No governo Geisel houve diversas entidades que promoveram debates com participação 
expressiva da população, mas também ocorreu a extinção de todos os partidos com autorização 
de apenas duas legendas: ARENA e MDB. 
C. Ao assumir o governo, Geisel extinguiu o Ato Institucional número 5, mas continuou a reprimir 
duramente a guerrilha tanto urbana como a que ocorreu no Araguaia. 
D. Entre outras medidas, Geisel admitiu, logo no início de seu governo a volta dos partidos que 
estavam na clandestinidade, a exemplo do PCB. Porém, ainda em seu governo, os serviços de 
informação e segurança continuavam atuantes, principalmente para aqueles considerados 
subversivos. 
E. Em seu mandato, Geisel, considerando a abertura política, promoveu o afastamento de militares 
identificados com a tortura e com a corrupção. Contudo, seu governo foi o responsável pelo 
maior número de desaparecidos, mortos e torturados, entre eles o ex-militar Lamarca. 
QUESTÃO 04 
Ano: 2018 Banca: Exército Órgão: EsFCEx Prova: Exército - 2018 - EsFCEx - Oficial - Magistério de 
História ADAPTADA 
Para dar seguimento ao seu projeto de “Distensão”, o general presidente Ernesto Geisel adotou 
a autoritária decisão de fechar o Congresso Nacional em Io de abril de 1977, passando a baixar normas 
diversas, entre as quais as emendas constitucionais n° 7 e n° 8. Das medidas presentes nas opções 
abaixo, apenas uma encontra-se fora do contexto das aludidas medidas, que ficaram conhecidas como 
“Pacote de Abril”. Assinale-a. 
A. Os estados-membros passariam a ser representados por um número de deputados calculados 
na proporção da sua população total e não mais na proporção do número de eleitores 
registrados. 
B. Criação de uma terceira vaga de senador para cada estado-membro, devendo este ser 
escolhido pelo mesmo colégio eleitoral que escolhia os governadores e não pelo voto popular. 
C. Foi elevado para seis anos o tempo de mandato do presidente da república que seria escolhido 
para substituir o General Geisel. 
D. Reforma do Poder Judiciário, forma encontrada para disciplinar esse poder e diminuir os 
impactos das críticas dos militares da chamada linha dura à política de “Distensão”. Nesse 
sentido, os juízes foram substituídos por militares com conhecimento jurídico para julgar. 
 
 
CURSO: HISTÓRIA, GESTÃO PÚBLICA E DIREITO 
DISCIPLINA: HISTÓRIA DO BRASIL CONTEMPORÂNEO 
LISTA DE EXERCÍCIOS 07 – GOVERNOS ERNESTO GEISEL (1974-1979) E FIGUEIREDO (1979-1985) 
 
Alexandre A. 
QUESTÃO 05 
Ano: 2009 Banca: ESAF Órgão: MPOG Prova: ESAF - 2009 - MPOG - Especialista em Políticas Públicas 
e Gestão Governamental - Prova 2 
Em fins de 1974, o Governo Federal lançou o II Plano Nacional de Desenvolvimento (II PND). 
Com relação ao referido Plano, não se pode dizer que: 
A. o Plano significou uma alteração completa nas prioridades da industrialização brasileira do 
período do "Milagre" econômico. 
B. para realizar o II PND, o Estado foi assumindo um passivo, para manter o crescimento 
econômico e o funcionamento da economia. 
C. a meta do II PND era manter o crescimento econômico em torno de 5% a.a., com crescimento 
industrial em torno de 6% a.a. 
D. a dívida externa cresceu rapidamente no período 74/79, pois a busca por recursos externos 
também serviu para cobrir o "hiato de divisas" existente na execução do Plano. 
E. o Plano propunha uma alteração na estrutura produtiva brasileira de modo que, a longo prazo, 
diminuísse a necessidade de importações e fortalecesse a capacidade de exportar de nossa 
economia. 
QUESTÃO 06 
 
Luís Inácio Lula da Silva discursa para trabalhadores no ABC Paulista. Fonte: Memorial da Democracia. Disponível em: 
http://www.memorialdademocracia.com.br/card/novo-sindicalismo Acesso em 19 de março de 2021. 
Durante o final do Governo Ernesto Geisel (1974-1979) surgiu o que ficou conhecido como Novo 
Sindicalismo no ABC Paulista. Nesse movimento, destacou-se um importante figura: Luís Inácio Lula 
da Silva. Líder sindical que se tornaria presidente do Brasil alguns anos mais tarde. Dentre as 
características desse movimento podemos afirmar que todas as assertivas abaixo estão corretas, 
exceto: 
http://www.memorialdademocracia.com.br/card/novo-sindicalismo
CURSO: HISTÓRIA, GESTÃO PÚBLICA E DIREITO 
DISCIPLINA: HISTÓRIA DO BRASIL CONTEMPORÂNEO 
LISTA DE EXERCÍCIOS 07 – GOVERNOS ERNESTO GEISEL (1974-1979) E FIGUEIREDO (1979-1985) 
 
Alexandre A. 
A. Alteração do eixo mais combativo de sindicatos, das empresas públicas para as empresas do 
ramo metalúrgico, bastante concentrada no chamado ABC Paulista. 
B. Foram responsáveis pelas famosas greves operárias que ocorreram entre 1978 e 1979. Ao todo 
foram 27 greves que tiverem repercussão pelo Brasil. 
C. Eram marcados por relativa intervenção estatal. Isso porque durante a Ditadura Militar vigorou 
os chamados sindicatos corporativistas, que eram uma espécie de parceiros do regime. 
D. A concentração de indústrias