A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Atos Processuais

Pré-visualização | Página 1 de 2

Sd jurisadvogando – Sandra Mara Dobjenski 
 
DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO – ATOS PROCESSUAIS 
* Art. 770 CLT - Os atos processuais serão públicos salvo quando o contrário 
determinar o interesse social, e realizar-se-ão nos dias úteis das 6 (seis) às 20 
(vinte) horas. 
Parágrafo único - A penhora poderá realizar-se em domingo ou dia feriado, mediante 
autorização expressa do juiz ou presidente. 
*Os atos processuais via de regra são públicos, salvo quando determinar o interesse 
social. 
*Os atos processuais podem ser praticados das 06 h às 20 h e serão praticados em 
dias úteis. 
*A penhora pode se dar em domingo ou feriado desde que haja uma autorização 
expressa do juízo. 
*Comunicação de atos processuais entre juízos – se dá mediante cartas – carta 
rogatória (carta dirigida a uma autoridade judiciária estrangeira) – carta precatória 
(comunicação feita entre juízos da mesma hierarquia) ou uma carta de ordem (carta 
emitida por autoridade hierarquicamente superior para a inferior) – ou ainda a carta 
arbitral (cooperação entre o judiciário e a esfera arbitral). 
*Quando a comunicação não for entre juízos, for interna dentro do próprio processo 
– ela se dará mediante citação ou intimação. 
Citação - Art. 238 CPC. Citação é o ato pelo qual são convocados o réu, o 
executado ou o interessado para integrar a relação processual. 
Intimação – Art. 269 CPC - Intimação é o ato pelo qual se dá ciência a alguém dos 
atos e dos termos do processo. §1oÉ facultado aos advogados promover a intimação 
do advogado da outra parte por meio do correio, juntando aos autos, a seguir, cópia 
do ofício de intimação e do aviso de recebimento. 
*NO PROCESSO DO TRABALHO A NOMENCLATURA É DE NOTIFICAÇÃO (serve 
tanto para a citação quanto para a intimação). 
Art. 841 CLT - Recebida e protocolada a reclamação, o escrivão ou secretário, 
dentro de 48 (quarenta e oito) horas, remeterá a segunda via da petição, ou do 
termo, ao reclamado, notificando-o ao mesmo tempo, para comparecer à audiência 
do julgamento, que será a primeira desimpedida, depois de 5 (cinco) dias. 
 
Sd jurisadvogando – Sandra Mara Dobjenski 
 
§ 1º - A notificação será feita em registro postal com franquia. Se o reclamado criar 
embaraços ao seu recebimento ou não for encontrado, far-se-á a notificação por 
edital, inserto no jornal oficial ou no que publicar o expediente forense, ou, na falta, 
afixado na sede da Junta ou Juízo. (processo de conhecimento – regra – 
notificação via posta – não conseguida esta vai-se para edital) 
§ 2º - O reclamante será notificado no ato da apresentação da reclamação ou na 
forma do parágrafo anterior. 
§ 3o Oferecida a contestação, ainda que eletronicamente, o reclamante não poderá, 
sem o consentimento do reclamado, desistir da ação. (Incluído pela Lei nº 13.467, 
de 2017) 
Notificação poderá ser feita: 
1. Via postal – feita pelo correi via AR – com aviso de recebimento 
2. Edital 
Súmula nº 16 do TST 
NOTIFICAÇÃO (nova redação) - Res. 121/2003, DJ 19, 20 e 21.11.2003. 
Presume-se recebida a notificação 48 (quarenta e oito) horas depois de 
sua postagem. O seu não recebimento ou a entrega após o decurso desse prazo 
constitui ônus de prova do destinatário. 
 *Da data da postagem presume-se que o reclamado recebeu essa notificação 48 h 
depois. Se recebida fora do prazo de 48 h ou se não recebeu essa notificação o 
ônus da prova é do destinatário (reclamado) 
Art. 880, § 3º CLT - Se o executado, procurado por 2 (duas) vezes no espaço de 48 
(quarenta e oito) horas, não for encontrado, far-se-á citação por edital, publicado no 
jornal oficial ou, na falta deste, afixado na sede da Junta ou Juízo, durante 5 (cinco) 
dias. 
Fase de conhecimento Fase de execução 
A notificação será feita: (notificação não 
é pessoal) 
1. Via postal 
2. Por edital 
Ocorre a citação pessoal feita: 
1. Por oficial de justiça 
2. Por edital 
Art. 880, § 2º - A citação será feita pelos oficiais de diligência. 
3. Oficial de justiça 
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
 
Sd jurisadvogando – Sandra Mara Dobjenski 
 
4. De forma eletrônica 
Intimação pode se dar: 
1. Pelo diário oficial 
2. Postal ou por oficial de justiça 
3. Eletrônica 
4. Audiência 
CONTAGEM DE PRAZOS 
*prazo contado em dias úteis 
Art. 775 CLT. Os prazos estabelecidos neste Título serão contados em dias úteis, 
com exclusão do dia do começo e inclusão do dia do vencimento. 
 (Redação dada pela Lei nº 13.467, de 2017) 
§ 1o Os prazos podem ser prorrogados, pelo tempo estritamente necessário, nas 
seguintes hipóteses: (Incluído dada pela Lei nº 13.467, de 2017) 
I - quando o juízo entender necessário; (Incluído dada pela Lei nº 13.467, 
de 2017) 
II - em virtude de força maior, devidamente comprovada. (Incluído dada 
pela Lei nº 13.467, de 2017) 
§ 2o Ao juízo incumbe dilatar os prazos processuais e alterar a ordem de produção 
dos meios de prova, adequando-os às necessidades do conflito de modo a conferir 
maior efetividade à tutela do direito. (Incluído dada pela Lei nº 13.467, de 2017) 
Ex.: Saiu uma intimação no dia 10 quarta feira – deve ocorrer a prática de um ato 
processual em 08 dias – início do prazo dia 10 – começa-se a contar o prazo a partir 
do primeiro dia útil subsequente (excluí-se o dia de início), de maneira a excluir o 
final de semana e feriados, e incluí o dia do vencimento: 
Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Domingo 
 10 (inicio 
do prazo) 
11(início 
da 
contagem 
do prazo) 
12 13 14 
15 16 17 18 19 20 21 
22 (último 
dia do 
23 24 25 26 27 28 
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
 
Sd jurisadvogando – Sandra Mara Dobjenski 
 
prazo) 
29 30 
 
*A PESSOA PODERÁ SER NOTIFICADA OU INTIMADA NO SÁBADO, MAS NÃO 
POSSUI NENHUM EFEITO, POIS O INÍCIO DO PRAZO COMEÇARÁ NO 
PRIMEIRO DIA ÚTIL SUBSEQUENTE E A CONTAGEM DO PRAZO NO DIA 
POSTERIOR. 
Ex.: Maria foi intimada dia 12 um sábado – deve-se praticar um ato no prazo de 08 
dias – Qual o último dia do prazo? 
Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Domingo 
 12 13 
14(início 
do prazo) 
15(início 
da 
contagem 
do prazo) 
16 17 18 19 20 
21 22 23 24(final 
do prazo) 
25 26 27 
28 29 30 
 
Súmula nº 262 do TST 
PRAZO JUDICIAL. NOTIFICAÇÃO OU INTIMAÇÃO EM SÁBADO. RECESSO 
FORENSE. (redação do item II alterada na sessão do Tribunal Pleno realizada 
em 19.05.2014) – Res. 194/2014, DEJT divulgado em 21, 22 e 23.05.2014. 
I - Intimada ou notificada a parte no sábado, o início do prazo se dará no primeiro dia 
útil imediato e a contagem, no subsequente. (ex-Súmula nº 262 - Res. 10/1986, DJ 
31.10.1986) 
II - O recesso forense e as férias coletivas dos Ministros do Tribunal Superior do 
Trabalho suspendem os prazos recursais. (ex-OJ nº 209 da SBDI-1 - inserida em 
08.11.2000) 
Súmula nº 1 do TST 
 PRAZO JUDICIAL (mantida) - Res. 121/2003, DJ 19, 20 e 21.11.2003. 
 
Sd jurisadvogando – Sandra Mara Dobjenski 
 
Quando a intimação tiver lugar na sexta-feira, ou a publicação com efeito de 
intimação for feita nesse dia, o prazo judicial será contado da segunda-feira 
imediata, inclusive, salvo se não houver expediente, caso em que fluirá no dia útil 
que se seguir. 
DIÁRIO DE JUSTIÇA ELETRONÔNICO – CONTAGEM DO PRAZO 
*Disponibilizada uma intimação