A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Audiência

Pré-visualização | Página 1 de 2

Sd jurisadvogando – Sandra Mara Dobjenski 
 
DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO – AUDIÊNCIA 
 Audiência pode ser: 
1. Una – os momentos acontecem em uma púnica etapa – inaugural (se tenta a 
conciliação) – instrução – julgamento. Sentença seria proferida na própria 
audiência. 
2. Fracionada – 03 momentos distintos 
2.1. Audiência Inaugural/inicial 
2.2. Instrução 
2.3. Julgamento – proferir a decisão 
*Audiências serão realizadas em dias úteis – via de regra na sede do juízo – as 
audiências são realizadas entre 08 h e 18 h – uma única audiência não pode durar 
mais do que cinco horas, salvo se se tratar de matéria urgente. 
Art. 813 CLT - As audiências dos órgãos da Justiça do Trabalho serão públicas e 
realizar-se-ão na sede do Juízo ou Tribunal em dias úteis previamente fixados, entre 
8 (oito) e 18 (dezoito) horas, não podendo ultrapassar 5 (cinco) horas seguidas, 
salvo quando houver matéria urgente. 
§ 1º - Em casos especiais, poderá ser designado outro local para a realização das 
audiências, mediante edital afixado na sede do Juízo ou Tribunal, com a 
antecedência mínima de 24 (vinte e quatro) horas. 
§ 2º - Sempre que for necessário, poderão ser convocadas audiências 
extraordinárias, observado o prazo do parágrafo anterior. 
*OBS.: Os atos processuais (Art.770CLT) podem ser realizados das 06 as 20 h já as 
audiências (Art. 813 CLT) podem ser realizadas entre as 08 e 18 h. 
* Art. 815 CLT - À hora marcada, o juiz ou presidente declarará aberta a audiência, 
sendo feita pelo secretário ou escrivão a chamada das partes, testemunhas e 
demais pessoas que devam comparecer. (Vide Leis nºs 409, de 1943 e 6.563, de 
1978) 
Parágrafo único - Se, até 15 (quinze) minutos após a hora marcada, o juiz ou 
presidente não houver comparecido, os presentes poderão retirar-se, devendo 
o ocorrido constar do livro de registro das audiências. (essa regra somente se 
aplica se se tratar da primeira audiência da pauta) 
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L0409.htm
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L6563.htm
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L6563.htm
 
Sd jurisadvogando – Sandra Mara Dobjenski 
 
Ex.: Pauta do dia começa às 13h da audiência de Maria contra a empresa Alfa – 
Já são 13h e 20 min. nesse caso a regra dos 15 min. são aplicados. 
Pauta começa às 13h – audiência de João contra a empresa Beta – o juiz 
chegou as 14 h e às 15h será a audiência de Maria contra a empresa Alfa – são 
16 h e a audiência de Maria ainda não começou – a regra dos 15 min. não irá se 
aplicar porque a audiência de Maria não era a primeira da pauta. 
OJ-SDI1-245 REVELIA. ATRASO. AUDIÊNCIA (inserida em 20.06.2001) 
Inexiste previsão legal tolerando atraso no horário de comparecimento da parte na 
audiência. (se o juiz chamou a parte as 13h. e esta não se encontra presente, o 
juiz não ficará esperando por 15 min.) 
Art. 843 CLT - Na audiência de julgamento deverão estar presentes o reclamante e 
o reclamado, independentemente do comparecimento de seus representantes salvo, 
nos casos de Reclamatórias Plúrimas ou Ações de Cumprimento, quando os 
empregados poderão fazer-se representar pelo Sindicato de sua categoria. 
(Redação dada pela Lei nº 6.667, de 3.7.1979) (na audiência é obrigatória a 
presença das partes independentemente da presença de seus advogados – 
exceções reclamatória plúrimas e as ações de cumprimento em que eles 
poderão ser representados pelo sindicato – já o empregador poderá ser 
representado pelo gerente ou pelo preposto desde que eles tenham 
conhecimento dos fatos – o preposto não precisa mais ser empregado do 
reclamado) (o empregado que não puder comparecer a audiência seja por 
motivo de doença ou qualquer outro motivo poderoso – poderá ser 
representado por outro empregado que pertença a mesma profissão ou pelo 
sindicato) 
Art. 844 CLT - O não comparecimento do reclamante à audiência importa o 
arquivamento da reclamação, e o não comparecimento do reclamado importa 
revelia, além de confissão quanto à matéria de fato. (se o reclamante não 
comparece a audiência – se ele falta injustificadamente a primeira audiência – 
o processo será arquivado – extinto sem resolução de mérito – se o reclamado 
falta injustificadamente a primeira audiência, ocorre a revelia e a confissão 
quanto a matéria) ( se os dois faltam ao mesmo tempo ocorre o arquivamento 
do processo – extinção sem resolução de mérito) (quando o reclamante falta 
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L6667.htm#art1
 
Sd jurisadvogando – Sandra Mara Dobjenski 
 
injustificadamente é ocorre o arquivamento, a extinção sem resolução de 
mérito e o reclamante será condenado ao pagamento das custas processuais, 
salvo se em 15 dias comprovar um motivo legalmente justificável para a sua 
ausência) 
§ 1o Ocorrendo motivo relevante, poderá o juiz suspender o julgamento, designando 
nova audiência. (Redação dada pela Lei nº 13.467, de 2017) (falta injustificada) 
§ 2o Na hipótese de ausência do reclamante, este será condenado ao pagamento 
das custas calculadas na forma do art. 789 desta Consolidação, ainda que 
beneficiário da justiça gratuita, salvo se comprovar, no prazo de quinze dias, que a 
ausência ocorreu por motivo legalmente justificável. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 
2017) (reclamante faltou, é uma falta injustificada – ocorre o arquivamento – 
com o arquivamento é condenado ao pagamento das custas, mesmo que 
beneficiário da justiça gratuita) (pode ocorrer o ajuizamento da ação 
novamente – entretanto para ajuizar a ação deve ocorrer o pagamento das 
custas – condição para propositura da nova ação) 
§ 3o O pagamento das custas a que se refere o § 2o é condição para a propositura 
de nova demanda. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017) 
§ 4o A revelia não produz o efeito mencionado no caput deste artigo se: (Incluído 
pela Lei nº 13.467, de 2017) (se o reclamado faltar revelia e confissão na matéria 
de fato) (hipóteses que a revelia não produzirá os seus efeitos) 
I - havendo pluralidade de reclamados, algum deles contestar a ação; (Incluído pela 
Lei nº 13.467, de 2017) ( existência de dois ou mais reclamados) ( se tiver mais 
de dois reclamados e um contesta e o outro não – existe um revel – nesse caso 
não se aplica a revelia para aquele que não compareceu) 
II - o litígio versar sobre direitos indisponíveis; (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017) 
III - a petição inicial não estiver acompanhada de instrumento que a lei considere 
indispensável à prova do ato; (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017) 
IV - as alegações de fato formuladas pelo reclamante forem inverossímeis ou 
estiverem em contradição com prova constante dos autos. (Incluído pela Lei nº 
13.467, de 2017) 
§ 5o Ainda que ausente o reclamado, presente o advogado na audiência, serão 
aceitos a contestação e os documentos eventualmente apresentados. (Incluído pela 
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/del5452.htm#art789
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13467.htm#art1
 
Sd jurisadvogando