A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
67 pág.
Análise de Dados Quantitativos 01

Pré-visualização | Página 9 de 9

de duas turmas de inglês.
Turma 1: 8, 8, 8, 9, 9, 10, 10, 12
Turma 2: 17, 17, 19, 19, 20, 20, 21, 23
Em qual das duas turmas as idades dos alunos é mais espalhada?
RESOLUÇÃO
CÁLCULO DA MÉDIA
VERIFICANDO O APRENDIZADO
1. FORAM COLETADOS DADOS SOBRE O NÚMERO DE PASSAGEIROS, EM DETERMINADA COMPANHIA AÉREA
NOS AEROPORTOS DO BRASIL, DE JANEIRO A OUTUBRO, CONFORME O QUADRO A SEGUIR.
JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT
8522 12630 7453 6005 5874 6612 8439 7531 6430 4986
 ATENÇÃO! PARA VISUALIZAÇÃO COMPLETA DA TABELA UTILIZE A ROLAGEM HORIZONTAL
CV% ≥ 30% ⇒
 FONTE: ENSINEME
O DESVIO-PADRÃO DE PASSAGEIROS, AO LONGO DESSES 10 MESES NESSA COMPANHIA AÉREA, É DE
APROXIMADAMENTE:
A) 2144
B) 2200
C) 2224
D) 2340
E) 2451
2. A DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIA A SEGUIR REPRESENTA O LUCRO LÍQUIDO DE 50 EMPRESAS DO SETOR
PETROQUÍMICO (EM MILHARES DE REAIS).
LUCRO LÍQUIDO (R$)
10
8
12
15
5
SOMA 50
 ATENÇÃO! PARA VISUALIZAÇÃO COMPLETA DA TABELA UTILIZE A ROLAGEM HORIZONTAL
 FONTE: ENSINEME
COM BASE NESSES DADOS PODEMOS AFIRMAR QUE:
A) A variância é igual a 1.000.000.
B) O desvio-padrão é igual a 2.000.
C) O coeficiente de variação é de aproximadamente 87%.
D) A dispersão absoluta é baixa.
E) A dispersão relativa é moderada.
GABARITO
Fi
100 ⊢ 300
300 ⊢ 500
500 ⊢ 1000
1000 ⊢ 2000
2000 ⊢ 10000
1. Foram coletados dados sobre o número de passageiros, em determinada companhia aérea nos aeroportos do brasil, de janeiro a
outubro, conforme o quadro a seguir.
Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out
8522 12630 7453 6005 5874 6612 8439 7531 6430 4986
 Atenção! Para visualização completa da tabela utilize a rolagem horizontal
 Fonte: EnsineMe
O desvio-padrão de passageiros, ao longo desses 10 meses nessa companhia aérea, é de aproximadamente:
A alternativa "A " está correta.
 
Note que as informações estão em forma de dados brutos, visto que não seguem uma ordem aparente. Desse modo, o cálculo do desvio-padrão
é dado por:
 Atenção! Para visualização completa da equação utilize a rolagem horizontal
2. A distribuição de frequência a seguir representa o lucro líquido de 50 empresas do setor petroquímico (em milhares de reais).
Lucro Líquido (R$)
10
8
12
15
5
Soma 50
 Atenção! Para visualização completa da tabela utilize a rolagem horizontal
 Fonte: EnsineMe
Com base nesses dados podemos afirmar que:
A alternativa "C " está correta.
S =
√
∑n
i=1 = √S
2 = 2143,52 ≈ 2144
(Xi−
−
X )
2
n−1
Fi
100 ⊢ 300
300 ⊢ 500
500 ⊢ 1000
1000 ⊢ 2000
2000 ⊢ 10000
 
Veja que, para responder a essa questão precisamos determinar a média, o desvio-padrão e o coeficiente de variação:
Lucro Líquido (R$)
200 8 1600 320000
400 10 4000 1600000
750 12 9000 6750000
1500 15 22500 33750000
3500 5 17500 61250000
Soma - 50 54600 103670000
 Atenção! Para visualização completa da tabela utilize a rolagem horizontal
 Fonte: EnsineMe
Calculando a média:
 Atenção! Para visualização completa da equação utilize a rolagem horizontal
Calculando a variância:
 Atenção! Para visualização completa da equação utilize a rolagem horizontal
Calculando o desvio-padrão:
 Atenção! Para visualização completa da equação utilize a rolagem horizontal
Calculando o coeficiente de variação:
 Atenção! Para visualização completa da equação utilize a rolagem horizontal
Xi Fi Xi.Fi X
2
1 .Fi
100 ⊢ 300
300 ⊢ 500
500 ⊢ 1000
1000 ⊢ 2000
2000 ⊢ 5000
¯̄X̄ = = = 1092
∑ni=1 XiFi
n
54600
50
S2 = [∑ni=1 X2i Fi − ]= [103670000 − ]= 898.914,29
1
n−1
(∑ni=1 XiFi )
2
n
1
49
( 54600 )
2
50
S = √S2 = √898.914,29 = 948,11
CV% = × 100 = × 100 = 86,82%S¯̄X̄
948,11
1092
CONCLUSÃO
CONSIDERAÇÕES FINAIS
Divididos em três módulos, abordamos conceitos fundamentais de análise de dados quantitativos. No primeiro módulo vimos conceitos
associados a análise exploratória de dados, que tem por objetivo oferecer um panorama inicial sobre o conjunto de dados. Além disso,
aprendemos formas de organizá-los e representá-los graficamente. No segundo e no terceiro módulo, respectivamente, trabalhamos as principais
medidas de tendência central e variabilidade, medidas essas com vastas aplicações práticas no dia a dia. 
Todos os conceitos adquiridos sobre esse tema contêm grande aplicabilidade e servem para dar continuidade ao seu aprendizado de estatística.
REFERÊNCIAS
FONSECA, J. S.; MARTINS, G. A. Curso de Estatística. 6. ed. São Paulo: Atlas, 1996.
MORETTIN, P. A.; BUSSAB, W. O. Estatística Básica. 9. ed. São Paulo: Saraiva, 2017.
OVALLE, I. I.; TOLEDO, G. L. Estatística Básica. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2010.
SICSU, A. L.; DANA, S. Estatística Aplicada – Análise Exploratória de Dados. São Paulo: Saraiva, 2012.
EXPLORE+
Para saber mais sobre os assuntos tratados neste tema, assista: 
Instituto de Matemática Pura e Aplicada – IMPA, Youtube.
CONTEUDISTA
Paulo Henrique Coelho Maranhão
 CURRÍCULO LATTES
javascript:void(0);

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.