A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
Fael parcial etapa 1 parte 2 ok

Pré-visualização | Página 2 de 3

são as lojas físicas.
Análise do perfil do consumidor:
Hoje nossa região é composta por grande parte de colonização alemã, que residem a anos no mesmo endereço, e sua família foi migrando de cidades, fazendo com que em média a região tenha uma população mais velha, em torno de 28 % de idosos, dentre toda a população 56 % são mulheres e 44 % homens.
O comportamento de compra regional acontece por diversos canais, e em nossas pesquisas de campo o varejo físico ainda é o mais procurado principalmente para compra de calçados, visando provar e o imediatismos da necessidade. Os principais clientes de chinelos de borrachas são mulheres comprando para seus filhos e maridos, outro núcleo muito forte são compras para presente de natal, principalmente na brincadeira de ´´amigo secreto`` que nestas épocas de final de ano agitam o mercado. 
Uma outra característica forte do público da região é possuir imóvel nas praias do nosso litoral sul do estado, e compram normalmente um chinelo novo por veraneio. Estas compras são para a grande maioria realizadas por incrível que pareça nas lojas físicas, e a utilização são para todos os casos em dois cenários, temperaturas altas como uma peça do look casual, e outra é para deixarem em seu box de chuveiro para banho.
	 
Ações de comunicação
Realizamos um levantamento de mercado, buscando entender o que já é realidade e vêm entregando resultado, e o que é tendência e de fato funciona para quem já as aplicam. Então desta forma dividimos nossas ideias de ações publicitárias em off-line, mídias externas sem a necessidade de internet para vinculação, e online, o uso do digital altamente propagável e exponencial.
Em Mídias off-line, usaríamos de Jornal e revistas da cidade.
A região do vale dos sinos possui o grupo sinos, que é sediado na cidade onde estão nossos principais concorrente e nosso maior público alvo, o grupo é um conglomerado de mídias, sendo as mais fortes o jornal NH e a revista Like magazine, realizaríamos uma parceria de divulgação nos dois canais, sem necessidade de ser um anúncio grande, e sim fazermo-nos presentes.
A Lista de indicações de clientes fidelizados, seria a segunda ação off-line, como projeto de capacitar o time de vendas para atender com excelência, e fidelizar os clientes, ao ponto de criar relacionamento de ter liberdade de solicitar indicações, e a cada 10 indicações ganhariam 10% de desconto na próxima compra. Estas indicações seriam prospectadas com o convite de vir nos conhecer e testar nossos produtos.
Já nas Mídias online, utilizaríamos anúncios patrocinados.
Com eles trabalhar a interação e construção de uma audiência nas redes sociais, um conjunto de informações, promoções exclusivas e boas imagens e vídeos. Convidar a cada cliente para acompanhar nosso trabalho nas mídias digitais, e captar novos, pelo interesse real de forma natural. Investir em anúncios pagos, seja no Google ou em redes sociais, como Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin. O poder de segmentação das ferramentas de publicidade dessas plataformas é incrível e você consegue atingir seu público com bastante facilidade, otimizando recursos e maximizando os resultados de vendas.
WhatsApp marketing seria a nossa segunda estratégia online.
Em março de 2020, o Whatsapp atingiu a marca de 120 milhões de usuários no Brasil, tornando-o uma ferramenta de relacionamento e bastante interessante para quem costuma ter boas ideias de marketing para vendas. Com o objetivo de aproximação e voltado para a facilidade de acesso do cliente com a loja, será um excelente aliado para a construção de ter um bom relacionamento, e alavancar as ações de vendas. É preciso estar próximo de leads e clientes, fazer com que suas mensagens cheguem intactas e no menor tempo possível até eles. E o Whatsapp pode fazer isso, o aplicativo pode ser usado tanto como canal de atendimento como uma forma rápida e segura de fazer a nutrição com conteúdo, usaríamos para enviar dicas, notícias, conteúdos, promoções, convites e qualquer tipo de informação que seja relevante para o seu público.
Ações no PDV
Sabemos que a loja será o coração da marca, e todo coração exige fluxo, renovação, então iriamos realizar mudanças sazonais dos expositores e vitrinas, trabalhando as cores e campanhas, promoções e programas de fidelidade de forma atrativa.
Vamos usar também o próprio time de vendas para produzir o conteúdo que será vinculado no digital, gerando transparência, alinhamento de linguagem e naturalidade, características que atraem a atenção, pois o conteúdo gerado viria de dentro da própria loja onde eles poderiam frequentar, trazendo proximidade.
Ações de relacionamento com público seriam trabalhadas com empresas parceiras, como por exemplo: O dia da massagem, o dia do chá, o momento da nova foto de perfil etc.
Propomos a realização de sorteio de produtos via Instagram promovido por influenciadores da região, que utilizariam nossos produtos e seriam embaixadores da marca.
O Programa de pontos e fidelidade seria disponibilizado para cada novo cliente com o cadastro completo, programa voltado para recompensar de acordo com o consumo de nossos produtos, a cada novo produto 1 ponto, e estes pontos são acumulados para trocar por experiências em empresas parceiras.
Plano de vendas
Objetivos de venda:
Teremos como norteador e objetivo 10% do mercado em nossa região, visto o atual porte e média da marca, de 10 % do mercado no país conforme citado no briefing. 
Chegando a este número, consequentemente aumentaremos a margem da empresa a nível nacional, sendo que no momento não há implantação e vendas do produto em nossa região de trabalho.
Previsão de demanda:
Estamos baseando a demanda em base em três itens, Clima atual, Pesquisa nacional de consumo e mercado disponível na região.
Com base no nosso clima, estamos em novembro de 2020, é verão em nossa região, propenso ao aumento de procura por se tratar de um produto voltado para o lazer e bem estar. 
Em segundo ponto, a análise citada anteriormente pela Ablac, 70% da população brasileira compra ao mínimo R$ 105,00 em calçados em um ano.
Terceira base de decisão para análise de demanda, foi o mercado, hoje na região do vale dos sinos, segundo dados da FEE (Fundação de Economia e Estatística do RS), a população total era de 1.309.991 habitantes. Nesta quantidade de habitantes, 70% representa 916.993,7 pessoas adquirindo calçados ao longo do ano. Porem deste público vamos trabalhar sobre 1% que comprará o produto chinelo ou sandália de borracha para distintos motivos, que representaria 9.169 clientes por mês em média consumindo um produto nosso ou similar, desta fatia em nossa região.
Portanto utilizamos estas bases para projeção de nossa demanda atual, teremos como meta 10%, em busca da representação do mercado em nossa região. Demanda portanto, de em torno de 916 vendas com ticket médio de R$ 69,90 na região, em torno de R$ 63.204 por mês em vendas e por volta de 2748 pares estimados.
Meta global de venda:
Meta mensal de 3.000 pares e mais de R$ 70.000 em vendas, em cada mês do próximo trimestre, e anual de R$ 780.000,00 em nosso primeiro ano de atuação no mercado, atingindo a representação de 10% do mercado.
Estratégia comercial:
Foco no relacionamento e confiança com cliente, visão comercial buscando sempre a proximidade para feedbacks, pautada no bom uso das tecnologias disponíveis para facilitar a interação, como já bem trabalhadas e descritas acima no tópico de comunicação a ações no pdv.
Definição dos Canais de venda:
Ponto de venda (Lojas multimarcas), Instagram com link para páginas de venda e whatsapp comercial e site.
Definição da estrutura de venda:
A equipe própria será composta por 1 promotor por região, recurso humano recrutado e treinado por nós, que fará a promoção e fomento dos produtos nos pontos de venda, e receberá as demandas captadas por whatsapp e Instagran.
O representante comercial, vai realizar as visitas e atendimentos buscando parcerias junto as lojas multimarcas, promover e fechar pedidos e negociações exponenciais.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.