A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
109 pág.
PROVA SUPORTE BASICO DE VIDA

Pré-visualização | Página 2 de 17

Texto da questão
A gravidade dos traumatismos abdominais baseia-se, especialmente, na possível existência de uma lesão visceral, capaz de produzir alterações gerais graves como são as peritonites ou as hemorragias. Analise o caso a seguir:
Sr. Mário, 50 anos, sofreu um ataque com arma branca durante um assalto, ocasionando um ferimento extenso na região abdominal que levou a evisceração.
Refletindo sobre o Atendimento Pré-Hospitalar e ao Suporte Básico de Vida a vítima com trauma abdominal e evisceração, analise as afirmativas abaixo e escolha a alternativa incorreta:
Escolha uma:
a. Caso o paciente apresente sinais e sintomas de choque, devemos manter a vítima aquecida, devido à hipotermia ser um fator agravante ao estado de choque.
b. Em casos de objetos que penetrem no abdômen, como pedaços de ferro, madeira ou outros, não se deve retirá-los. Esses corpos estranhos só podem ser retirados em centro cirúrgico, onde haja condições de controlar o sangramento.
c. Em caso de evisceração é indicado limpar essas vísceras protegendo de detritos grosseiros com soro fisiológico e cobri-las com compressas úmidas e bandagem a fim de isolá-las do meio ambiente.
d. Deve-se tentar reintroduzir as vísceras no abdômen e após ocluir com bandagem.
e. No trauma abdominal, a hemorragia constitui prioridade de tratamento, por ser causa de morte nas primeiras horas, portanto, devemos nos preocupar em solicitar o serviço de emergência o mais precoce possível e em casos especiais transportar o paciente o mais rapidamente possível ao hospital de referência.
Limpar minha escolha
Questão 9
Ainda não respondida
Vale 1,00 ponto(s).
Marcar questão
Texto da questão
Considere tal situação: Você é enfermeiro do ambulatório da cardiologia e uma paciente entra na sala de espera referindo dor no peito e perde a consciência. A recepcionista pede sua ajuda, pois o médico está atendendo outro paciente.
Assinale a alternativa que melhor descreve a sequência de ações recomendadas.
Escolha uma:
a. Abrir as vias aéreas, se necessário fornecer respirações de resgate, verificar sinais de circulação e pedir ajuda, caso estes sinais estejam ausentes.
b. Pedir ajuda, checar pulso, iniciar as compressões torácicas, olhar se apresenta movimentos ventilatórios, abrir vias aéreas e realizar ventilações.
c. Avaliar consciência, pedir ajuda, checar pulso, olhar se há movimentos ventilatórios, iniciar as compressões torácicas, abrir vias aéreas e realizar ventilações.
d. Administrar respirações de resgate, verificar sinais de circulação, pedir ajuda e iniciar as compressões torácicas externas.
e. Pedir ajuda, checar pulso, avaliar consciência, abrir as vias aéreas e, na sequência, fornecer respirações de resgate, se necessário.
Limpar minha escolha
Questão 10
Ainda não respondida
Vale 1,00 ponto(s).
Marcar questão
Texto da questão
A asma é caracterizada pelo estreitamento dos bronquíolos, ocasionando dificuldades na passagem do ar atmosférico para os pulmões, resultando em comprometimento do ciclo respiratório e outras alterações graves. Referente à temática, analise as afirmações abaixo e escolha a alternativa incorreta:
Escolha uma:
a. Estão entre os sintomas de uma crise asmática: tosse seca e repetitiva, dispneia, respiração sibilante, audível, ruidosa, fraca e difícil, pulso lento, ruborização, sudorese, prostração, apatia e ausência de cianose em extremidades.
b. Se a vítima não apresentar melhora da crise, esta deve ser transportada ao Hospital.
c. Durante a crise asmática, torna-se necessário manter o indivíduo em local arejado onde não haja pó, cheiros ou fumo.
d. Não devem ser administradas as medicações de resgate em crises moderadas a grave devido ao risco de piora da gravidade, portanto, o paciente deve ser encaminhado ao hospital e na instituição ser medicado.
e. Deve-se tentar tranquilizar a vítima para se eliminar o componente emocional.
Limpar minha escolha
Parte inferior do formulário
Saúde Ambiental e Vigilância Sanitária
Parte superior do formulário
Questão 1
Ainda não respondida
Vale 1,00 ponto(s).
Marcar questão
Texto da questão
Além das Conferências Internacionais, nosso país conta com a Secretaria de Vigilância em Saúde (SSV), a qual foi criada para diminuir a fragmentação de todas as ações, colaborando para que ocorresse uma organização adequada. Essa Secretaria determina meta anual para o controle e a prevenção de doenças em todas as esferas de governo, garantindo o acesso da população aos serviços de saúde, diminuindo a morbimortalidade e, por fim, aumentando a qualidade de vida das pessoas. Além disso, para colaborar no processo e na educação em saúde (voltado para o tema meio ambiente) foi criada a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Dentre as estratégias de ação da Vigilância Sanitária estão:
I) A regulamentação dos procedimentos de serviços e produtos de interesse da saúde pela elaboração de leis, decretos, portarias e normas técnicas baseadas nos riscos sanitários à saúde da população, a fim de determinar diretrizes, além de organizar serviços e práticas da vigilância em saúde.
II) A comunicação e a educação em saúde, pois são essenciais para as ações com foco em problemas sanitários encontrados em empresas e/ou estabelecimentos, esclarecendo suas responsabilidades sanitárias, bem como a conscientização e a participação da sociedade nesse processo.
III) A articulação e a integração com diversos órgãos que podem ou não ter ação direta com a saúde.
IV) A inspeção e a estratégia de mercado são utilizadas para que as ações da Vigilância Sanitária sejam sustentadas, desfavorecendo o conhecimento real da problemática que afeta a saúde da população.
Está incorreta a alternativa:
Escolha uma:
a. I, II, III e IV.
b. Somente II.
c. Somente IV.
d. I, II e III.
e. I, II e IV.
Limpar minha escolha
Questão 2
Ainda não respondida
Vale 1,00 ponto(s).
Marcar questão
Texto da questão
Leia atentamente o texto abaixo:
“Deverá se colocar em Consulta Pública a proposta de criação da categoria dos produtos tradicionais fitoterápicos. A proposta atualiza as regras para o registro de medicamentos fitoterápicos e traz como principal novidade o produto tradicional fitoterápico que poderá comprovar sua efetividade e segurança por meio de relatos de uso tradicional e referências na literatura. Pela proposta, todos os fitoterápicos poderão ser notificados. Os produtos tradicionais fitoterápicos serão isentos de prescrição médica.”
Texto retirado de reportagem do Portal do Ministério da Saúde: http://portal.anvisa.gov.br/wps/content/anvisa+portal/anvisa/sala+de+imprensa/menu+-+noticias+anos/2013+noticias/criacao+de+produto+tradicional+fitoterapico+tera+consulta+publica
Assinale o órgão competente para a fiscalização desse caso:
Escolha uma:
a. Programa Nacional de Imunização (PNI).
b. Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma).
c. Centro Nacional de Epidemiologia (Cenepi).
d. Secretarias Municipais da Saúde (SMS).
e. Agência Nacional da Saúde (Anvisa).
Limpar minha escolha
Questão 3
Ainda não respondida
Vale 1,00 ponto(s).
Marcar questão
Texto da questão
A Carta das Intenções de Ottawa definiu Promoção da Saúde como: “processo de capacitação da comunidade para atuar na melhoria de sua qualidade de vida e de saúde, sendo que essa deve ser motivada a participar no controle de todos os processos”. Além disso, para que a definição de saúde atinja os níveis de completo bem-estar físico, mental e social, é importante que a comunidade tenha aspirações, consiga satisfazer suas necessidades e seja capaz de modificar favoravelmente o meio ambiente. Contudo, essa Carta demonstra que a saúde não pode ser considerada um objetivo de vida, mas sim um recurso para ela, enfatizando que a saúde depende dos recursos sociais e pessoais, bem como da parte física. Dessa forma, quando pensamos em Promoção da Saúde, temos que extrapolar a ideia de trabalhar somente o setor de saúde, ou seja, para que o indivíduo seja saudável, ele precisa ter um estilo de vida saudável, um bem-estar que atinja todas as esferas da sua vida.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.