A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
EXERCÍCIO MÓDULO 3 - libido, pulsões e sexualidade

Pré-visualização | Página 2 de 2

AS DIFERENTES FORMAS DE ORGANIZAÇÃO PSÍQUICA, ASSINALE com V ou F, conforme as AFIRMAÇÕES sejamVERDADEIRAS OU FALSAS, respectivamente:
(F ) As neuroses (ESQUIZOFRENIA) são as organizações psíquicas mais regredidas daquelas apresentadas e compreendidas por Freud, uma vez que lança mão de defesas arcaicas que remetem às fases mais iniciais da vida.
(F ) Neurose, psicose e perversão são as estruturas conhecidas dentro da organização proposta por Freud e, segundo o autor, elas são mandatórias na formação da personalidade do sujeito, ou seja, uma vez organizado dentro da cada uma dessas estruturas, traços ou condições de outras não são evidenciadas.
( V) Fobia, obsessão e histeria são subestruturas das neuroses e, representam ao que Freud chamou de psiconeuroses, ou seja, psicopatologias que tem um referencial marcado pelas experiências subjetivas na infância.
(V ) O autismo é uma psicopatologia relacionada à estrutura psicótica e, portanto, utiliza de defesas arcaicas para se estruturar, enquanto personalidade e forma de se relacionar com o mundo.
( F) O delírio é uma subestrutura da psicose, tal qual a paranoia; o delírio de perseguição não é considerado em nenhuma hipótese uma psicoses, mas sim uma neurose.
A sequência correta é:
a) F-V-F-V-V
b) V-F-F-F-F
c) F-V-V-F-V
d) V-F-V-V-F
e) F-F-V-V-F
 
A partir do texto “A psicopatia a partir da psicanálise: desmistificando a visão da mídia” UMA IMPORTANTE DISCUSSÃO ACERCA DAS ESTRUTURAS NEURÓTICAS E PERVERSAS É LEVANTADA. QUAL SERIA A DIFERENÇA FUNDAMENTAL ENTRE ELAS?
a) O neurótico tem, em sua estrutura de funcionamento, o recalcamento como ponto central, o que contribui para que seu conflito desejo x defesa se evidencie, tentando atender as demandas do meio externo e do ID; o perverso, por sua vez, não conta com o recalque, sua estrutura não é embasada do funcionamento repressivo, pelo contrário, o perverso realiza seus desejos, sabendo o que quer e sem sentimentos de culpa.
b) O perverso coloca em prática aquilo que o neurótico não tem coragem de fazer. Isso significa que, na estrutura perversa, há a superação do recalcamento, ou seja, essa barreira é, consciente e inconscientemente, vencida de modo a deixar o ID livre para sua satisfação, enquanto o SUPEREGO se mantém inacessível.
c) A perversão se caracteriza por uma fixação do desvio quanto ao objeto de desejo, uma vez que vivencia, na angustia de castração, a incapacidade de conceber a diferença dos sexos. Desse modo, há um direcionamento do desejo em direção as pulsões parciais, uma vez que há uma dissociação da barreira do recalque. Na neurose, por sua vez, o recalcamento é completo, evitando que, vivências, como a angustia de castração, acessem o nível consciente e, desse modo, mantenha-se sem o desenvolvimento de sintomas.
d) O fetichismo, embora acometa neuróticos e perversos, é ponto de diferenciação, enquanto à escolha do objeto de desejo. O perverso tende a escolher objetos parciais e só através deles é permitido se chegar ao gozo, uma calcinha, um sapato, uma bota, etc. O neurótico, por sua vez, tem fetiche nas pessoas, como objetos totais, relacionando-se portanto, através de uma zona erógena específica, anal, oral ou genital.
e) Estruturas perversas e neuróticas pouco apresentam diferenças significativas, tanto em comportamento quanto em tratamento clínico. As diferenças principais se baseiam no entendimento sobre a relação com o outro. Enquanto o perverso age com perversidade, com maldade para com o outro, na tentativa de sentir prazer e atingir o gozo, ou neurótico, por sua vez, sofre pelos conflitos entre o que se quer (desejo) e o que não sabe se deve fazer, gerando, etiologicamente, o sintoma.
 
A PARTIR DO TEXTO, “MELANCOLIA E DEPRESSÃO, UM ESTUDO PSICANALÍTICO” é correto afirmar que:
I – Tanto na filosofia como na literatura a melancolia pode estar associada ao desinteresse pelo mundo, desgosto pela vida, dor existencial, entre outros.
II – São nos estágios relativos às experiências de auto-erotismo, e a potencial vivência narcísica, que a libido se fixa, demonstrando ser um mecanismo fundamental à constituição de características melancólicas.
III – As dores trazidas pela melancolia são inerentes ao homem e, conceitualmente, representam a perda de partes de si, sem que o outro tenha participação no processo do sofrimento.
IV – O luto é uma perda real de um objeto amado, havendo um desinvestimento libidinal do objeto perdido. E, assim, a tristeza profunda, o desgosto e o desinteresse pelo mundo, são processos vivenciados durante o luto.
V – Luto e melancolia podem, sob o ponto de vista psicanalítico, serem apontados como sinônimo, uma vez que, em ambas as situações há uma tristeza profunda e um desinteresse pelo mundo, justamente por ter o objeto amado perdido.
Está correto o que se afirma:
a) apenas em II e IV
b) apenas em II, III e V
c) apenas em I, III e V.
d) apenas em IV.
e) apenas em I, II e IV.
 
COM RELAÇÃO ÀS IDEIAS CENTRAIS DESTE MÓDULO, indique se afirmativas são Falsas (F) ou verdadeiras (V):
(F ) O entendimento das estruturas psíquicas (neurose, psicose e perversão) servem para que seja possível dar o diagnóstico da psicopatologia que o paciente apresenta, sendo permitido enquadrá-lo dentro de uma dessas estruturas somente
(V ) Do ponto de vista da psicanálise, compreender as estruturas psíquicas como parte integrante da subjetividade do indivíduo, é tarefa fundamental para que se possa entender mais e melhor sobre a organização do sujeito, sua forma de sofrimento e relacionamento com o meio.
( F) As fases de desenvolvimento psicossexual servem para compreender como a libido se desenvolve na relação do bebê com o mundo. Todas as suas experiências subjetivas traumáticas são, por assim dizer, recalcadas para que não tenham acesso ao inconsciente.
( F) Neurose, psicose e perversão podem ser consideradas estruturas psíquicas equivalentes, modificando, apenas, a dinâmica do adoecimento.
( F) O que vai determinar se um sujeito pode vir a se organizar de maneira neurótica, psicótica ou perversa é a sua relação com pessoas que tenham determinadas formas de organização, ou seja, se o pai e a mãe são neuróticos, o filho também será.
A sequência correta é:
a) F-V-V-V-V
b) V-F-F-V-F
c) F-V-F-F-F
d) V-V-F-F-V
e) V-F-V-V-F

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.