Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
EXERCÍCIOS - FUND DAS ANÁLISES CLÍNICAS E BIOSSEGURANÇA

Pré-visualização | Página 1 de 2

EXERCÍCIOS - FUNDAMENTOS DAS ANÁLISES CLÍNICAS E BIOSSEGURANÇA – BIOM. 4º P – AULA 1 
 
1. 
 
 
Para estratégias de segurança do trabalho, temos uma classificação que divide as causas de riscos 
ocupacionais em 5 grupos. Sobre os riscos incluídos em cada grupo, analise as afirmativas abaixo e marque a 
opção correta: 
I - O grupo 4 inclui os agentes biológicos como bactérias e fungos que podem ser responsáveis por doenças 
infecciosas graves. 
II - Os agentes físicos, tais como ruídos, vibrações ou calor extremo, estão incluídos no grupo de risco 1. 
III - O grupo 5 inclui inadequações físicas no ambiente de trabalho que podem causar graves acidentes, como 
choque elétrico. 
IV - Os grupos 2 e 3 incluem, respectivamente, agentes biológicos, como microrganismos, e agentes químicos 
como gases tóxicos. 
 
 Somente a afirmativa II está correta. 
 
 As afirmativas I e III estão corretas. 
 As afirmativas I e IV estão incorretas. 
 
 As afirmativas II, III e IV estão corretas. 
 
 As afirmativas II e IV estão incorretas. 
 
Explicação: O Grupo de risco ocupacional 2, inclui agentes químicos que podem causar doenças do sistema 
respiratório, como doenças pulmonares obstrutivas crônicas e enfisema pulmonar. Agentes: gases, vapores e 
névoas, poeiras e fumos. O Grupo de risco ocupacional 3, inclui agentes biológicos como bactérias, fungos, 
protozoários, parasitas e vírus que podem causar doenças infecciosas, e animais peçonhentos como cobras. 
O Grupo de risco ocupacional 4, inclui agentes ergonômicos que podem causar dores musculares, fraqueza, 
cansaço, alterações no aparelho digestivo, desconforto. Agentes: repetitividade, ritmo excessivo, 
levantamento de peso, trabalho físico excessivo. 
 
2. 
 
 
As autoclaves são equipamentos amplamente utilizados em laboratório clínico para a esterilização de diversos 
materiais. O vapor úmido saturado obtido sob pressão, é transmitido para os materiais presentes na autoclave 
e estes se tornam estéreis. Entretanto, assim como qualquer equipamento, é importantíssimo que a autoclave 
passe por uma manutenção preventiva a cada 6 meses, de maneira a se manter eficiente no processo de 
esterilização. No dia a dia, existem formas de acompanhar a eficácia da autoclave. Indicadores físicos, 
químicos e biológicos podem ser empregados durante a rotina laboratorial de formar a verificar a qualidade 
da esterilização. 
Avalie as afirmações a seguir: 
I. Os indicadores físicos são os mais simples de serem aplicados, pois consiste somente na observação da 
temperatura e pressão durante o período de funcionamento da autoclave. 
II. Os indicadores químicos são muito utilizados, especialmente os indicadores de processo, como a fita 
de autoclave, que muda de cor quando a temperatura ideal é atingida. 
III. Os indicadores biológicos consistem na utilização de leveduras (ex. Saccharomyces cerevisiae) que são 
submetidas à autoclavação. Após finalizado o processo, o microrganismo precisa ser inoculado em 
meio de cultura adequado e crescer para que seja comprovada a qualidade do processo. 
IV. Há indicadores químicos que detectam se todos os parâmetros envolvidos no processo de esterilização 
por autoclave (temperatura, vapor e pressão) sendo mais eficazes na identificação da qualidade da 
esterilização. 
Com base nas afirmações, qual resposta abaixo está correta? 
 
 III, apenas 
 
 II e IV apenas 
 I, II e IV 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio_ensineme.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio_ensineme.asp
 
 I e IV, apenas 
 
 I, II, III e IV 
 
Explicação: Indicadores físicos: São os mais simples, pois consiste na observação da temperatura e pressão 
durante todo o período de autoclavagem. A partir do momento em que a pressão desejada é alcançada, é 
necessário que esta seja mantida estável durante o período de tempo determinado. Oscilações na pressão 
verificadas através do manômetro, indicam necessidade de calibração do equipamento. 
Indicadores químicos: Há vários tipos de indicadores químicos, dos mais simples, como os indicadores de 
processo que só verificam se a temperatura de esterilização foi atingida, aos mais sofisticados como os 
indicadores integrador e emulador que permitem a análise de todos os parâmetros da autoclavação 
(temperatura, vapor e pressão), sendo, portanto, mais eficazes na identificação da qualidade da esterilização. 
Porém, por ser simples, barata e de fácil uso, a fita de autoclave, que é um exemplo de indicador químico, é 
largamente utilizada em laboratórios. Ao passar pela esterilização a fita muda de cor, indicando que a 
temperatura ideal foi alcançada 
 
3. 
 
 
(UFSC 2019 - Técnico de Laboratório - MODIFICADA) Nos laboratórios de pesquisa biomédica, a microscopia 
de luz é normalmente muito utilizada. Em relação aos componentes do microscópio e os cuidados de 
manuseio, é correto afirmar que: 
 
 Ao utilizar objetivas de 10x, é necessário usar óleo de imersão. 
 
Ao final do procedimento, deve-se descer a platina ao máximo, retirar a lâmina e voltar o revólver 
para a objetiva de menor aumento. 
 
 
É recomendado colocar a lâmina na platina e logo em seguida focalizá-la com a objetiva de maior 
aumento. 
 
 Pode-se ligar o microscópio na tomada, independente da voltagem indicada no aparelho. 
 
 O ideal é deixar o aparelho descoberto, pois o uso de capas plásticas pode danificar as oculares. 
 
Explicação: Ao final do procedimento, deve-se retirar a lâmina e voltar o revólver para a objetiva de menor 
aumento. 
 
4. 
 
 
(EBSERH-VUNESP -2020) Medidas de proteção são fundamentais para a prevenção de acidentes de trabalho. 
Assinale a alternativa que possui as medidas necessárias durante os trabalhos técnicos, manipulação de 
amostras e reagentes, abrangendo, respectivamente: a equipe de trabalho (EPC); a organização do trabalho; o 
indivíduo (EPI). 
 Capela de fluxo laminar, áreas de circulação devidamente demarcadas; avental de proteção. 
 
 
Uso de calçados fechados; existência de área apropriada para alimentação; ausência de adornos 
durante a atividade laboral. 
 
 Luvas de látex; transporte de amostras em estantes; esterilização de materiais por autoclavação. 
 
 
Óculos de proteção; umidade e renovação do ar ambiente compatíveis com conforto e segurança 
pessoal; curativo oclusivo em feridas nos membros superiores. 
 
 
Descarte de amostras próximo ao setor de microbiologia; uso de capela de exaustão para 
manipulação de reagentes; máscara facial. 
 
Explicação: A equipe de trabalho (EPC) - Capela de fluxo laminar. A organização do trabalho - áreas de 
circulação devidamente demarcadas. O indivíduo (EPI) - avental de proteção. 
 
5. 
 
A Organização Mundial de Saúde categoriza os laboratórios em função das barreiras físicas e protocolares 
aplicadas que obedecem ao gradiente de risco biológico. Os laboratórios que manipulam o vírus do ebola, 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio_ensineme.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio_ensineme.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio_ensineme.asp
 
antes da adoção de medidas profilácticas, devem possuir um nível de segurança definido_______________, 
pois o vírus é do grupo de risco____________________. 
Assinale a alternativa que completa as lacunas de forma correta: 
 
 NB2 e Risco 4. 
 
 NB4 e Risco 3. 
 
 NB1 e Risco 3. 
 
 NB3 e Risco 3. 
 NB4 e Risco 4. 
 
BIOSSEGURANÇA 
 
 
6. 
 
 
A esterilização por processos físicos pode ser realizada através de calor úmido, calor seco ou radiação. A 
esterilização por radiação tem sido utilizada em nível industrial, para artigos médicos-hospitalares. Ela permite 
uma esterilização à baixa temperatura, mas é um método de alto custo. Para materiais que resistam a altas 
temperaturas, a esterilização por calor é o método de escolha, pois não forma produtos tóxicos, é seguro e de 
baixo custo. Diante do exposto, analise os seguintes aparelhos. 
 
I. Mufla. 
II. Estufa. 
III. Autoclave.
Página12