A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Cronologia Dentária em gatos - Resumo

Pré-visualização | Página 1 de 1

Davillanne Valentim – Estudante de Medicina Veterinária 
Cronologia Dentária em felinos 
➔ Dentição Classificada com Difiodontes [duas 
dentições consecutivas] – a decídua e a permanente 
➔ Heterodontes [apresentam dentes de formas 
diversas] 
➔ Dentes semelhantes quanto sua estrutura, porém 
variam em tamanho, forma e função 
➔ Tecodontes [dentes são inseridos nos 
ossos(alvéolos)], quanto a evolução da implantação 
dentária 
➔ Braquiodontes [dentes curtos e interrompidos 
após a erupção], quanto ao crescimento após erupção 
São dividos em quatro grupos, sendo eles: 
Dentes Incisivos (I) 
são unirradiculares, já que apresentam uma única raiz, as quais são finas e 
compridas. O tamanho desses dentes diminui do incisivo lateral para o medial, 
sendo os superiores um pouco maiores que os inferiores 
Dentes Caninos (C) 
tem raiz única e longa e são os dentes mais compridos no cão e no gato. Sua coroa 
é levemente pontiaguda e curva, principalmente nos inferiores. 
Pré-molares (PM) e Molares (M) 
podem ter uma, duas ou três raízes. Na 
arcada superior dos cães temos o 1º PM 
com uma raiz, o 2º e 3ºPM com duas raízes 
e o 4ºPM, 1º e 2ºM com três raízes. Já na 
arcada inferior todos os dentes possuem 
duas raízes, menos o 1ºPM e o 3ºM que tem 
apenas uma raiz. Na arcada superior dos 
gatos, temos o 2ºPM com uma raiz, o 3ºPM 
com duas raízes, o 4ºPM com três raízes e o 
1ºM com uma raiz, já na arcada inferior o 
3ºPM, 4ºPM e 1ºM possuem duas raízes. 
 
 
 
 
Davillanne Valentim – Estudante de Medicina Veterinária 
IMPORTANTE!! 
É importante ressaltar que, tanto o cão como o gato, não apresentam dentes 
inferiores trirradiculares, sendo a furca a área de divisão das raízes em dentes com 
mais de uma raiz 
 
A primeira dentição, chamada, de dentição decídua é formada por 26 dentes 
A segunda dentição, denominada dentição permanente, por 30 dentes 
 
Fórmulas Dentárias do Gato 
Decídua Felinos: 2 (I 
3
3
 C 
1
1
 P 
3
2
 ) = 26 
Permanente Felinos: 2 (I 
3
3
 C 
1
1
 P 
3
2
 M 
1
1
 ) = 30 
 Um felino adulto possui 6 incisivos 
superiores e 6 incisivos inferiores, 2 caninos 
superiores e 2 caninos inferiores, 6 pré-
molares superiores e 4 inferiores, 2 molares 
superiores e 2 inferiores, totalizando 42 
dentes. São 26 dentes de leite, sendo 12 
incisivos, 4 caninos e 10 pré-molares 
Normalmente, os filhotes nascem sem 
dentes, mas os dentes de leite começam a 
aparecer perto da segunda semana de 
vida, sendo todos visíveis (os gatos tem 26 
dentes de leite) mais ou menos perto da 
sétima semana. 
Normalmente, dentes brancos permanentes indicam que o gato tem menos de um 
ano e meio. A partir dos dois anos de vida começam a se formar crostas de tártaro 
visíveis nos dentes posteriores, portanto se você notar que os dentes de trás estão 
um pouco amarelados e os demais são brancos, isto pode indicar que o seu gato 
tem entre 3 e 5 anos de idade 
Tempo de erupção dos dentes de leite (decíduos): 
➔ Incisivos: 3 - 4 semanas 
➔ Caninos: 3 semanas 
➔ Pré-molares: 4 - 12 semanas 
Tempo de erupção dos Dentes permanentes 
➔ Incisivos: 3 - 5 meses 
➔ Caninos: 4 - 6 meses 
➔ Pré-molares: 4 - 6 meses 
➔ Molares: 5 - 7 meses 
 
 
Davillanne Valentim – Estudante de Medicina Veterinária 
IMPORTANTE!! 
A troca dos dentes de leite pelos permanente deve estar completa aos 8 meses. 
Caso os dentes de leite permaneçam após esse prazo, deve-se procurar um 
médico veterinário para que se evite problemas no desenvolvimento dos dentes 
permanentes e favorecer o aparecimento da doença periodontal, que consiste em 
uma inflamação da gengiva e posterior perda do dente. 
 
Sistema Triadan Modificado 
 Emprega um sistema numérico de três dígitos para 
identificar cada dente na boca do animal 
O primeiro número indica o quadrante no qual o 
dente está localizado e os outros dois números 
indicam a localização do dente dentro do quadrante, 
sempre iniciando com o incisivo central em direção 
distal. A dentição permanente é indicada com os 
números 1 no maxilar direito, 2 no maxilar esquerdo, 
3 no mandibular esquerdo e 4 no mandibular direito. 
A dentição decídua pode ser designada com os 
dígitos 5 no maxilar direito, dígito 6 no maxilar 
esquerdo, dígito 7 no mandibular esquerdo e dígito 8 no mandibular direito