A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Módulo 6 - aula 09 - Cnidários

Pré-visualização | Página 1 de 3

Link para as aulas: https://bit.ly/3b1ju2X 
 
 
1. (Unicamp) Os recifes de coral constituem importantes 
ecossistemas do planeta, oferecendo abrigo, áreas de 
desova e proteção contra predadores, e são o habitat de 
organismos na base das cadeias alimentares oceânicas. 
 
Considerando os conhecimentos de biologia, é correto 
afirmar que os corais 
a) com organização corporal polipoide são animais fixos 
ao substrato, com reprodução sexuada, e os com 
organização medusoide correspondem aos animais 
móveis, com reprodução assexuada. 
b) têm vários tentáculos junto à boca, compostos por 
cnidoblastos, os quais são células dotadas de flagelos que 
auxiliam na movimentação da água para favorecer a 
filtração do alimento e trocas gasosas. 
c) são animais triblásticos, pois em sua fase embrionária 
distinguem-se três folhetos embrionários (endoderme, 
mesoderme e ectoderme), com ausência do celoma e 
presença de disco basal. 
d) têm duas superfícies epiteliais, a epiderme, que 
reveste externamente o animal, e a gastroderme, que 
delimita a cavidade gastrovascular; entre elas, 
encontram-se células pertencentes à mesogleia. 
 
2. (UEL) Além da simetria, os tecidos embrionários e a 
origem das cavidades corporais podem auxiliar na 
compreensão das principais relações evolutivas 
existentes entre os diferentes grupos animais. 
 
Com base nos conhecimentos sobre as tendências 
evolutivas nos grupos animais, assinale a alternativa 
correta. 
a) Uma das principais vantagens da organização 
segmentada da musculatura, chamada de metameria, é a 
de conferir aos animais que a possuem uma versatilidade 
muito grande na movimentação corporal. 
b) Na maioria dos animais que compõem o grupo dos 
poríferos, o celoma, tecido de origem endodérmica, 
reveste a superfície corporal, conferindo uma adaptação 
evolutiva em ambientes com pouca disponibilidade de 
água. 
c) Com base na presença e no tipo de cavidade corporal, 
os animais diblásticos podem ser classificados em 
protostômios, por possuírem sistema digestório 
completo, e deuterostômios, nos quais o mesmo sistema 
é incompleto. 
d) As esponjas são animais filtradores que captam 
partículas alimentares da água por meio das células 
flageladas que as conduzem para a boca, indicando, em 
termos evolutivos, que esses animais possuem tecidos 
corporais e um sistema digestório incompleto. 
e) As anêmonas, por serem triblásticos, apresentam na 
escala evolutiva zoológica um sistema digestório 
completo, ou seja, uma abertura por onde o alimento 
entra e outra por onde saem os resíduos da digestão. 
 
3. (Udesc) Normalmente pensamos na existência dos 
recifes de corais em águas quentes, rasas e limpas, com 
muita luz e poucos nutrientes, no entanto na foz do rio 
Amazonas, é o contrário, os sedimentos carregados pelo 
rio deixam a água turva, mas trazem muitos nutrientes, 
compensando a escassez de luz. Outra peculiaridade é a 
variação de acidez, da salinidade e da turbidez da água, 
como resultado do encontro do rio com o oceano. 
Disponível em 
<http://revistapesquisa.fapesp.br/2018/07/16/floresta-submarina/>. 
Acesso em 09 de setembro de 2018. [adaptado] 
 
Assinale a alternativa correta, em relação ao grupo 
animal que forma os corais. 
a) Neles encontram-se as primeiras células nervosas no 
reino animal. 
b) Podem ser encontrados nos ecossistemas marinho e 
terrestre. 
c) São animais com simetria bilateral. 
d) Sua reprodução ocorre por brotamento, sendo 
incapazes de produzir gametas. 
e) Possuem tubo digestório completo. 
 
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: 
Utilize as informações abaixo para responder à(s) 
questão(ões) a seguir. 
 
O rompimento da barragem de contenção de uma 
mineradora em Mariana (MG) acarretou o 
derramamento de lama contendo resíduos poluentes no 
rio Doce. Esses resíduos foram gerados na obtenção de 
um minério composto pelo metal de menor raio atômico 
do grupo 8 da tabela de classificação periódica. A lama 
levou 16 dias para atingir o mar, situado a 600 km do 
local do acidente, deixando um rastro de destruição 
nesse percurso. Caso alcance o arquipélago de Abrolhos, 
os recifes de coral dessa região ficarão ameaçados. 
https://bit.ly/3b1ju2X
 
 
 
 
 
 
 
 
4. (UERJ) A água do mar em Abrolhos se tornaria turva, se 
a lama atingisse o arquipélago. 
A turbidez da água interfere diretamente no seguinte 
processo biológico realizado nos recifes de coral: 
a) fotossíntese 
b) eutrofização 
c) bioacumulação 
d) tamponamento 
 
5. (IFCE) Sobre os cnidários, é correto afirmar que 
a) sua digestão é exclusivamente intracelular. 
b) os tipos morfológicos denominados pólipos são 
considerados livre-natantes. 
c) os principais representantes são as medusas e as 
esponjas. 
d) possuem uma célula especial denominada coanócito. 
e) são animais que apresentam dois folhetos 
embrionários. 
 
6. (UECE) Cnidoblastos ou cnidócitos são células de 
defesa observadas em 
a) pepinos-do-mar. 
b) paramécios. 
c) anêmonas. 
d) ascídias. 
 
7. (ENEM) Parte do gás carbônico da atmosfera é 
absorvida pela água do mar. O esquema representa 
reações que ocorrem naturalmente, em equilíbrio, no 
sistema ambiental marinho. O excesso de dióxido de 
carbono na atmosfera pode afetar os recifes de corais. 
 
 
 
O resultado desse processo nos corais é o(a) 
a) seu branqueamento, levando à sua morte e extinção. 
b) excesso de fixação de cálcio, provocando calcificação 
indesejável. 
c) menor incorporação de carbono, afetando seu 
metabolismo energético. 
d) estímulo da atividade enzimática, evitando a 
descalcificação dos esqueletos. 
e) dano à estrutura dos esqueletos calcários, diminuindo 
o tamanho das populações. 
 
8. (ENEM PPL) Os corais funcionam como termômetros, 
capazes de indicar, mudando de coloração, pequenas 
alterações na temperatura da água dos oceanos. Mas, um 
alerta, eles estão ficando brancos. O seu clareamento 
progressivo acontece pela perda de minúsculas algas, 
chamadas zooxantelas, que vivem dentro de seus tecidos, 
numa relação de mutualismo. 
Disponível em: http://super.abril.com.br. Acesso em: 6 dez 2012 
(adaptado). 
 
O desequilíbrio dessa relação faz com que os pólipos que 
formam os corais tenham dificuldade em 
a) produzir o próprio alimento. 
b) obter compostos nitrogenados. 
c) realizar a reprodução sexuada. 
d) absorver o oxigênio dissolvido na água. 
e) adquirir nutrientes derivados da fotossíntese. 
 
9. (UFSC) Os recifes coralíferos são muitas vezes 
comparados às florestas tropicais em termos de 
biodiversidade. Basta escolher qualquer grupo e os 
resultados são inacreditáveis. Certa vez, um pesquisador 
australiano abriu um pedaço de coral do tamanho de uma 
bola de vôlei e descobriu, vivendo no seu interior, mais 
de 1.400 vermes poliquetas de 103 espécies diferentes. 
Mais recentemente, pesquisadores americanos abriram 
nacos de coral em busca de crustáceos e encontraram 
mais de cem espécies. 
KOLBERT, E. A sexta extinção, uma história não natural. 1. ed. 
Tradução de M. Pinheiro. Rio de Janeiro: Intrínseca, p. 148. 
[Adaptado]. 
 
Sobre os assuntos relacionados ao texto, é correto 
afirmar que: 
01) os vermes poliquetas pertencem ao mesmo filo dos 
crustáceos. 
02) recifes de coral são construídos pela ação dos 
poliquetas e dos crustáceos. 
04) recifes de coral são formações que ocorrem em 
diferentes ambientes marinhos, incluindo águas 
tropicais, polares e regiões abissais. 
08) recifes de coral são restritos às regiões costeiras dos 
continentes. 
 
 
 
 
 
 
 
 
16) os corais suportam grandes variações na temperatura 
da água, justamente por viverem e se desenvolverem em 
águas tropicais. 
32) nas formações coralíferas, existe uma relação 
simbiótica entre cnidários e algas zooxantelas. 
64) os recifes coralíferos são locais de alimentação, 
reprodução e desenvolvimento de várias espécies do 
ecossistema marinho. 
 
10. (UEPG) Os cnidários são animais diblásticos, isto é, 
apresentam apenas dois folhetos germinativos, 
ectoderma e endoderma.