A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
RESUMO - REINO MONERA III (PAREDE CELULAR BACTERIANA)

Pré-visualização | Página 1 de 1

RESUMO: PAREDE CELULAR BACTERIANA E COLORAÇÃO DE GRAM
A maior parte das bactérias
apresentam parede celular. Apenas o grupo
chamado micoplasma não possui essa
estrutura.
A parede bacteriana varia dependendo
da quantidade de peptidoglicano que
apresenta, e isso pode ser observado por meio
da técnica de coloração de Gram,
desenvolvida por um bacteriologista
dinamarquês chamado Hans Gram. Nela, dois
corantes são aplicados nas bactérias, um rosa e
outro violeta. A variação de coloração das
bactérias indica a quantidade de
peptidoglicano. Dessa forma, temos que:
1. Bactérias que possuem uma camada espessa
de peptidoglicano conseguem reter o corante
violeta, sendo chamadas de Gram-positivas.
Fig. 1: Parede celular de bactérias Gram-positivas.
2. As bactérias Gram-negativas se
caracterizam por uma parede com uma camada
fina de peptidoglicano, envolvida por uma
dupla camada lipoproteica com vários
polissacarídeos. Ela não retêm o corante
violeta.
Fig. 2: Parede celular de bactérias Gram-negativas.
Exemplificando: Ação da Penicilina
(Antibiótico)
A penicilina é um antibiótico que atua
diretamente na parede celular bacteriana,
atacando o peptidoglicano presente nela. É por
isso que bactérias Gram-positivas são
sensíveis à penicilina. Nessa lógica, as
Gram-negativas não são sensíveis a este
antibiótico, tendo em vista que sua absorção é
impedida pela camada lipoproteica em sua
parede celular.
Após a aplicação da técnica de Gram,
as bactérias são visualizadas como na imagem
a seguir (fig. 3), e classificadas de acordo com
a cor que irão apresentar: as gram-positivas,
como absorvem o corante, fixam a cor violeta
e as gram-negativas podem ficar rosadas ou
avermelhadas.
Fig. 3: Observação de bactérias após a técnica de
Gram.
A importância e utilidade dessa
técnica está relacionada ao fato dela permitir a
identificação de bactérias, em particular das
que causam algum tipo de infecção.
Prof(a): Éville Gonçalves