Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
SISTEMA LINFÁTICO

Pré-visualização | Página 1 de 2

TÉCNICO DE ENFERMAGEM 
 
FACULDADES FAN PADRÃO 
MATÉRIA: ANATOMIA / FISIOLOGIA 
CONTEÚDO AVALIATIVO 
PROFESSOR: DANIEL BALDUINO 
TEMA: SISTEMA LINFÁTICO 
 
ALUNOS: 
 
ANA PAULA GUERRA 
MICHELE PEREIRA 
ROBERTA EVANGELISTA 
SANDRA FERREIRA 
WANDERSON SILVA 
anticorpos 
INTRODUÇÃO 
 
 O SISTEMA LINFÁTICO É UM SISTEMA VASCULAR - A PARTE -POR ONDE CIRCULA A LINFA. É UM SISTEMA AUXILIAR DE DRENAGEM, OU SEJA, 
AUXILIA O SISTEMA VENOSO FAZENDO RETORNAR PARA A CIRCULAÇÃO O LIQUIDO ACUMULADO NO INTERSTÍCIO. O LÍQUIDO FLUI DOS ESPAÇOS 
INTERSTICIAIS PARA OS VASOS LINFÁTICOS E DEPOIS VOLTA PARA A CIRCULAÇÃO. 
 
 O TRABALHO IRA ABORDA OS TECIDOS, CÉLULAS QUE FAZEM PARTE DO SISTEMA LINFÁTICO (LINFA, CAPILARES E VASOS LINFÁTICOS E 
DUCTOS LINFÁTICOS. ÓRGÃOS QUE FAZEM PARTE E ONDE ESTÃO LOCALIZADO CADA ÓRGÃO PARTICIPANTE DESTE SISTEMA E OQUE CADA 
ÓRGÃO EXECUTA NO SISTEMA. TAMBÉM SERÁ ABORDADO ALGUMAS DOENÇAS QUE ACOMETEM O SISTEMA LINFÁTICOS LINFEDEMA , LINFOMA 
(CÂNCER DO SISTEMA LINFÁTICO ) , LINFOMA DE BURKITT. 
 
O QUE É O SISTEMA LINFÁTICO? 
 O SISTEMA LINFÁTICO É UMA REDE COMPLEXA DE VASOS E PEQUENAS ESTRUTURAS CHAMADAS DE NÓDULOS LINFÁTICOS QUE 
TRANSPORTAM OS FLUÍDOS ( LINFA)DOS TECIDOS DE VOLTA PARA O SISTEMA CIRCULATÓRIO . 
 O SISTEMA LINFÁTICO É UM IMPORTANTE COMPONENTE DO SISTEMA IMUNOLÓGICO, POIS COLABORA COM GLÓBULOS BRANCOS PARA 
PROTEÇÃO CONTRA BACTÉRIAS E VÍRUS INVASORES. 
O SISTEMA LINFÁTICO POSSUI TRÊS FUNÇÕES INTERLIGADAS: 
 
1. REMOÇÃO DE FLUIDOS EM EXCESSO DOS TECIDOS CORPORAIS; 
 
2. ABSORÇÃO DOS ÁCIDOS GRAXOS E TRANSPORTES SUBSEQUENTES DA GORDURA PARA O SISTEMA CIRCULATÓRIO; 
 
3. PRODUÇÃO DE CÉLULAS IMUNES (COMO LINFÓCITOS, MONÓCITOS E CÉLULAS PRODUTORAS DE CONHECIDOS COMO PLASMÓCITOS). 
 
 
VASOS LINFÁTICOS 
 
 OS VASOS LINFÁTICOS TÊM A FUNÇÃO DE DRENAR O EXCESSO DE LÍQUIDOS QUE SAI DO SANGUE E BANHA AS 
CÉLULAS. ESSE EXCESSO DE LÍQUIDO QUE CIRCULA NOS VASOS LINFÁTICOS E É DEVOLVIDO AO SANGUE SE CHAMA 
LINFA. 
 
FUNÇÕES DA LINFA 
 
 DRENAGEM DE RESÍDUOS METABÓLICOS E DE ÁG UA DOS ESPAÇOS INTERSTICIAIS; 
 
 REINTEGRAR PROTEÍNAS AO SANGUE; 
 
 ABSORÇÃO DE SUBSTANCIAS NÃO ABSORVÍVEL PELOS CAPILARES VENOSO (COMO OS ÁCIDOS GRAXOS) 
 
 CONDUZIR AO SANGUE OS ELEMENTOS QUE ATRAVESSAM A MUCOSA INTESTINAL NO PROCESSO DE DIGESTÃO (EX: GLICOSE, A.A...) 
 
 DEFENDER O ORGANISMO DAS AGRESSÕES DE MICRORGANISMOS E AGENTES TÓXICOS DO INTERSTÍCIO (INFECÇÕES), CONDUZINDO- 
OS PARA OS LINFONODOS ONDE SENSIBILIZAM O ORGANISMO OU SÃO DESTRUÍDOS. 
 
 CONDUZIR OS ANTICORPOS (PRODUZIDOS PELOS LINFÓCITOS DOS LINFONODOS ) E OS LINFÓCITOS PARA A CORRENTE SANGUÍNEA. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
ÓRGÃOS DO SISTEMA LINFÁTICO 
 
 
 SÃO TRÊS ÓRGÃOS INTIMAMENTE RELACIONADOS COM O SISTEMA LINFÁTICO: 
1. BAÇO 
2. TONSILAS 
3. TIMO 
 
 
BAÇO 
 
 
 
O BAÇO É CONSIDERADO O MAIOR ÓRGÃO LINFÁTICO. ELE ESTÁ 
SITUADO ENTRE O FUNDO DO ESTÔMAGO E O DIAFRAGMA. ELE É 
MOLE, DE CONSISTÊNCIA MUITO FRIÁVEL, ALTAMENTE 
VASCULARIZADO E DE UMA COLORAÇÃO PÚRPURA ESCURA. 
CERTAMENTE, O TAMANHO E PESO DO BAÇO VARIA MUITO, NO 
ADULTO TEM CERCA DE 12 CM DE COMPRIMENTO, 7 CM DE LARGURA 
E 3 CM DE ESPESSURA. DECERTO, O BAÇO É UM ÓRGÃO LINFOIDE 
APESAR DE NÃO FILTRAR LINFA. É UM ÓRGÃO EXCLUÍDO DA 
CIRCULAÇÃO LINFÁTICA, PORÉM INTERPOSTO NA CIRCULAÇÃO 
SANGUÍNEA. 
 
FUNÇÃO DO BAÇO 
 
 O BAÇO É UM ÓRGÃO LINFÁTICO RICO EM LINFONODOS E QUE DESEMPENHA ALGUMAS FUNÇÕES IMPORTANTES, COMO: 
FILTRAGEM DO SANGUE COM A DESTRUIÇÃO DE MICRÓBIOS, RESTOS DE TECIDOS, SUBSTÂNCIAS ESTRANHAS, CÉLULAS DO SANGUE 
DESGASTADAS COMO ERITRÓCITOS, LEUCÓCITOS E PLAQUETAS, REAÇÃO A ALGUNS AGENTES INFECCIOSOS, PARTICIPANDO NA REPOSTA 
DO SISTEMA IMUNOLÓGICO, E, POR ARMAZENAR HEMÁCIAS, FUNCIONA COMO “BANCO DE SANGUE” DE EMERGÊNCIA, LANÇANDO-AS 
NA CORRENTE SANGUÍNEA EM MOMENTOS DE EMERGÊNCIA. OU SEJA, O BAÇO “LIMPA” O SANGUE, FUNCIONANDO COMO UM FILTRO. 
 O BAÇO TAMBÉM TEM PARTICIPAÇÃO NA RESPOSTA IMUNE, PRODUÇÃO DE ANTICORPOS (LINFÓCITOS T E B) E HEMÁCIAS 
(HEMATOPOESE), REAGINDO A AGENTES INFECCIOSOS. 
 
 
 
TONSILAS 
 
 
A TONSILA PALATINA ENCONTRA-SE NA PAREDE LATERAL DA PARTE ORAL 
DA FARINGE, ENTRE OS DOIS ARCOS PALATINOS. SÃO RESPONSÁVEIS POR 
PRODUZIREM LINFÓCITOS. É UMA SALIÊNCIA PRODUZIDA POR TECIDO 
LINFÁTICO ENCONTRADA NA PAREDE POSTERIOR DA PARTE NASAL DA 
FARINGE. ESTA, DURANTE A INFÂNCIA, EM GERAL SE HIPERTROFIA EM 
UMA MASSA CONSIDERÁVEL CONHECIDA COMO ADENOIDE. 
 
 
 
 
FUNÇÃO DA TONSILA 
 
 A TONSILA PALATINA SÃO DUAS ESTRUTURAS ARREDONDADAS LOCALIZADAS NA PARTE DE TRÁS DA BOCA. SÃO INCLUÍDAS NO 
PROCESSO DE DEGLUTIÇÃO E RESPIRAÇÃO, PARTICIPANDO DO SISTEMA LINFÁTICO E IMUNOLÓGICO COMBATENDO INFECÇÕES POR 
VÍRUS/BACTÉRIAS QUE ENTREM PELO NARIZ OU PELA BOCA, ALÉM DE PRODUZIR LINFÓCITOS. 
 
 
 
TIMO 
 
 
O TIMO CONSISTE DE DOIS LOBOS LATERAIS MANTIDOS EM ESTREITO 
CONTATO POR MEIO DE TECIDO CONJUNTIVO. DECERTO, ELE SITUA-SE 
PARCIALMENTE NO TÓRAX E NO PESCOÇO, ESTENDENDO-SE DESDE A 
QUARTA CARTILAGEM COSTAL ATÉ O BORDO INFERIOR DA GLÂNDULA 
TIREÓIDEA. OS DOIS LOBOS GERALMENTE VARIAM EM TAMANHO E 
FORMA, O DIREITO GERALMENTE SE SOBREPÕE AO ESQUERDO. ELE 
APRESENTA UMA COLORAÇÃO CINZENTA ROSADA, MOLE E LOBULADO, 
MEDINDO APROXIMADAMENTE 5 CM DE COMPRIMENTO, 4 CM DE 
LARGURA E 6 MM DE ESPESSURA. 
 
FUNÇÃO DO TIMO 
 
 INEGAVELMENTE, É CONSIDERADO UM ÓRGÃO LINFÁTICO POR SER COMPOSTO POR UM GRANDE NÚMERO DE LINFÓCITOS E POR 
SUA ÚNICA FUNÇÃO CONHECIDO QUE É DE PRODUZIR LINFÓCITOS. 
 
 O TIMO FACILITA A MATURAÇÃO DOS LINFÓCITOS T, UMA PARTE IMPORTANTE DO SISTEMA IMUNOLÓGICO QUE FORNECE 
IMUNIDADE MEDIADA POR CÉLULAS. AS CÉLULAS T COMEÇAM COMO PRECURSORES HEMATOPOIÉTICOS DA MEDULA ÓSSEA E MIGRAM 
PARA O TIMO, ONDE SÃO DENOMINADOS TIMÓCITOS. 
 
DOENÇAS DO SISTEMA LINFÁTICO 
 
SÃO VÁRIAS AS PATOLOGIAS QUE ACOMETEM O SISTEMA LINFÁTICO, ALGUMAS SÃO: 
 ERISIPELA 
 LINFAGITE 
 FILARIOSE LINFÁTICA 
 ELEFANTÍASE 
 LINFEDEMA 
 LINFOMA 
 
 
LINFEDEMA 
 
O LINFEDEMA É O ACÚMULO DE LÍQUIDO LINFÁTICO NO TECIDO ADIPOSO. 
ISSO CAUSA INCHAÇO (EDEMA), MAIS FREQUENTEMENTE NOS BRAÇOS OU 
PERNAS. 
 
O LINFEDEMA TAMBÉM PODE ACOMETER O ROSTO, PESCOÇO, ABDOME E 
ÓRGÃOS GENITAIS. 
 
É IMPORTANTE SABER QUE UMA VEZ QUE O LINFEDEMA SE TORNA CRÔNICO, 
NÃO É MAIS POSSÍVEL SER CURADO. 
 
 
 
 
CLASSIFICAÇÃO DE MOWLEM 
 
 GRAU I - LINFEDEMA REVERSÍVEL COM ELEVAÇÃO DO MEMBRO E REPOUSO NO LEITO DURANTE 24-48 HORAS, EDEMA DEPRESSÍVEL À 
PRESSÃO. 
 
 GRAU II - LINFEDEMA IRREVERSÍVEL COM REPOUSO PROLONGADO, FIBROSE NO TECIDO SUBCUTÂNEO DE MODERADA A GRAVE E 
EDEMA NÃO DEPRESSÍVEL À PRESSÃO. 
 
 GRAU III – LINFEDEMA IRREVERSÍVEL COM FIBROSE ACENTUADA NO TECIDO SUBCUTÂNEO E ASPECTO EL FANTIÁSICO DO MEMBRO. 
 
 
 
 
 
 
 
SINTOMAS 
 
 
OS PACIENTES COM LINFEDEMA APRESENTAM: 
 INCHAÇO INDOLOR QUE COMEÇA NAS MÃOS OU PÉS E PROGRIDE EM DIREÇÃO AO TRONCO. 
 SENSAÇÃO DE BRAÇOS OU PERNAS PESADOS. 
 USO DE ANÉIS, RELÓGIOS E ROUPAS TORNAM-SE DIFÍCIL DEVIDO A QUE FICAM MUITO APERTADOS. 
 PELE LISA OU BRILHANTE. 
 MARCAS OU ESPESSAMENTO DA PELE QUANDO PRESSIONADA. 
 HIPERQUERATOSE. 
 PELE SIMILAR A CASCA DA LARANJA. 
 DESENVOLVIMENTO DE VERRUGAS OU PEQUENAS BOLHAS. 
 
 
CAUSAS 
 
AS CAUSAS MAIS COMUNS DO LINFEDEMA SÃO: 
 
 CIRURGIA COM REMOÇÃO DOS LINFONODOS. 
 
 RADIOTERAPIA NA REGIÃO DOS LINFONODOS. 
 
 CÂNCER METASTÁTICO. 
 
 INFECÇÃO BACTERIANA OU POR FUNGOS. 
 
 DANOS NO SISTEMA LINFÁTICO. 
 
 OUTRAS DOENÇAS RELACIONADAS COM O SISTEMA LINFÁTICO. 
 
 O LINFEDEMA PODE SER AGUDO OU CRÔNICO. 
 O LINFEDEMA AGUDO DESENVOLVE-SE GERALMENTE ALGUNS DIAS OU SEMANAS APÓS A RADIOTERAPIA OU CIRURGIA E DURA MENOS 
DE SEIS MESES. COM O RETORNO DA CIRCULAÇÃO NORMAL DA LINFA, O INCHAÇO TENDE A DESAPARECER. 
 O LINFEDEMA CRÔNICO OCORRE QUANDO AS ALTERAÇÕES DO SISTEMA LINFÁTICO JÁ NÃO SATISFAZEM AS NECESSIDADES DO CORPO EM 
RELAÇÃO À DRENAGEM DA LINFA, PODENDO OCORRER LOGO APÓS A
Página12