A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
OFTALMOLOGIA - Traumas oculares

Pré-visualização | Página 1 de 1

TRAUMASoculares
2
OFTALMOLOGIA – Traumatismos oculares
Geralmente estão associados a acidentes automobilísticos, de trabalho e domiciliares. Podem ser desde lesões físicas, perda da integridade dos tecidos oculares, corpos estranhos, lacerações, abrasões e queimaduras químicas, por irradiação ou térmicas. 
Deve-se medir a acuidade visual monocular, posteriormente o exame esterno, observando lesões do globo, lacerações, corpos estranhos, equimoses. A presença de crepitação á palpação indica que houve comprometimento dos seios da face. 
PÁLPEBRAS
Hematomas
Olho roxo, deve ser observado se houve trauma do olho ou órbita, hemorragia subconjuntival ou fratura da base de crânio. 
Laceração
Deve se observar se houve perda de tecido, posteriormente limpeza e fechamento da ferida. 
ÓRBITA
Um trauma orbitário pode resultar em uma fratura do assoalho ou parede medial da órbita (fratura em Blow-out). o bulbo ocular se desloca para dentro da órbita. Deve ser realizado radiografia (identificação da fratura) e tomografia. O tratamento com anti-inflamatórios e antibióticos resolve na maioria dos casos. 
BULBO
Lesão fechada: pode ser decorrente de um trauma contuso.
Lesão aberta: ferimento de toda a espessura da parede corneoescleral. 
Trauma contuso
Pode ocorrer a diminuição do diâmetro antero-posterior, com aumento da pressão intra-ocular. 
Ferimento não-acidental
Síndrome do bebe sacudido, indica abuso físico nas crianças com idade de até 2 anos, deve ser suspeitada sempre que não existir uma causa ou uma anamnese convincente. 
Se apresenta por letargia, vômitos e irritabilidade. Podem estar presentes hematomas subdurais, lesões contusas na cabeça. 
Lesões químicas
Podem ser decorrentes do contato com ácido (sulfúrico, sulfuroso, fluorídrico, acético, clorídrico) ou álcali (amônia, hidróxido de sódio e cal). As queimaduras por álcalis são mais graves, pois ocorre a saponificação das proteínas oculares, permitindo uma maior penetração da substancia. 
A queimadura por irradiação, decorrente de solda elétrica, provoca fotogfobia, dor, lacrimejamento, sensação de corpo estranho, de 6-12 horas após a exposição. 
Amônia e hidróxido de sódio podem produzir lesão grave devido a rápida penetração.
O olho acometido deve ser irrigado vigorosamente com solução salina fisiológica, Ringer ou ringer lactato por no mínimo 30 minutos. Podem ser administrados antibióticos, corticoides e cicloplégicos tópicos. 
Ácido ascórbico,ácido cítrico e tetraciclinas, também podem ser empregadas no tratamento.