A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Vulvodínea

Pré-visualização | Página 1 de 1

+
V U L V O D Í N I A
Artigo:
"VULVODÍNIA: UM DIAGNÓSTICO ESQUECIDO 
NA FACE DA DOR VULVAR"
Autor: Paolo Ricci A. 
Ano da publicação: 2010
I N T R O D U Ç Ã O
VULVODÍNIA: UM DIAGNÓSTICO ESQUECIDO
NA FACE DA DOR VULVAR
A vulvodínia é uma patologia complexa , difícil de tratar e de ser diagnosticada, além de não
ser muito conhecida, o que dificulta mais ainda seu diagnostico. É Caracterizada pela dor na
vulva acompanhada de ardor.
Em 1889, Skene foi o primeiro a escrever sobre isso. No entanto, somente até 1976 os membros
da Sociedade Internacional para o Estudo de Doenças Vulvovaginais, reconheceram a dor
vulvar como uma entidade patológica. 
É uma patologia sem testes específicos e de etiologia multifuncional, que implica na
qualidade de vida da mulher.
D I A G N Ó S T I C O
It is our mission to serve you well.
+
O grande desafio está no diagnóstico da doença. Estudos apontam que mais da metade das
pacientes precisa visitar três ou mais profissionais de saúde, até receber um diagnóstico correto.
A mulher que sente dor e ardência durante ou após a relação sexual, principalmente na
penetração, deve procurar um ginecologista com olhar mais específico em patologia vulvar.
O profissional realizará o diagnóstico com base na história clínica, no exame físico e no
teste que auxilia no mapeamento da dor.
VULVODÍNIA: UM DIAGNÓSTICO ESQUECIDO
NA FACE DA DOR VULVAR
T R A T A M E N T O
QUICK CARE
Medidas gerais: 
Tudo o que significa ou pode irritar a 
região vulvar deve ser reduzido.
Medicação: 
Os antidepressivos
tricíclicos têm sido usados 
 com sucesso, alcançando
um bom controle da dor.
Fisioterapia:
 Muitos estudos mostram que a fisioterapia é 
eficaz na redução e controle da dor. A eletroestimulação 
com “biofeedback” da musculatura do assoalho pélvico 
é um tratamento eficaz.
Entre outros como: Acupuntura, Hipnoterapia, Dieta, Psicoterapia.
VULVODÍNIA: UM DIAGNÓSTICO ESQUECIDO
NA FACE DA DOR VULVAR
C O N C L U S Ã O VULVODÍNIA: UM DIAGNÓSTICO ESQUECIDONA FACE DA DOR VULVAR
Vulvodínia
A vulvodínia é uma doença multifatorial altamente complexa, sua fisiopatologia se dá por conta de
algumas alterações, como nas citocinas, o que poderia explicar a presença de áreas de hiperalgesia. 
Todos os esforços para entender melhor as bases fisiopatológicas dessa doença
crônica possibilitarão a busca por novas terapias,
No seu diagnóstico, devem ser afastadas patologias diferenciais, como
fenômenos infecciosos ou inflamatórios.
 
Os tratamentos devem incluir aspectos diversos:
 
4. Cirurgia.
3. Psicoterapia;Terapia farmacológica;
Cinesioterapia;
1.
2.
FISIOTERAPIA GINECO-OBSTÉTRICA
Luana Silva Nascimento