A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
ANATOMIA DO CORAÇÃO E MEDIASTINO resumo

Pré-visualização | Página 1 de 2

 Compartimento central da cavidade torácica, 
coberta pela parte mediastinal da pleura 
pariental; 
 Divide-se em partes superior e inferior (anterior, 
médio e posterior) 
 Limites – abertura superior do tórax, 
diafragma(inferior) , manúbrio do esterno 
(anteriormente), corpos das vertebras T1 a 
T4(posteriormente) 
 Frouxidão do tecido conectivo e a elasticidade 
dos pulmões e da pleura parietal permitem 
movimento, alterações de volume e pressão 
decorrentes: 
✓ Movimentos do diafragma, da parede 
torácica e da arvore traqueobronquial 
durante a respiração; 
✓ Contração (batimentos) do coração e 
pulsaoção das grandes arteiras 
✓ Passagem de substâncias ingeridas 
através do esôfago 
 
 
 
 
 O tecido conectivo torna- se mais fibroso e 
rígido com a idade 
 
 
 
Limite superior-> abertura superior do tórax 
Limite inferior -> plano transverso (do ângulo do 
esterno ate o 4º disco intervertebral) 
 Estruturas pertencentes 
✓ timo 
✓ veias braquiocefálico e VCS 
✓ arco da aorta- tronco braquiocefálico, 
artéria carótida comum esquerda e 
artéria subclávia esquerda 
✓ nervo vago, frênico e o plexo cardíaco 
de nervos 
✓ traqueia e esôfago e nervos 
relacionados (nervo laríngeo recorrente 
esquerdo) 
✓ ducto torácico e troncos linfáticos 
 
 Estruturas presentes: 
✓ Parte torácica da aorta 
✓ Ducto torácico 
✓ Linfonodos mediastinais posteriores 
✓ Veias ázigo e hemiázigo 
✓ Esôfago 
✓ Plexo nervoso esofágico 
 Estruturas presentes: 
✓ Tecido conectivo frouxo (ligamentos 
esternopericardios) 
✓ Gordura (coxim adiposo) 
✓ Vasos linfáticos 
✓ Linfonodos 
✓ Ramos dos vasos torácicos internos 
 Inclui o pericárdio, o coração e as raízes de 
seus grandes vasos; 
 Parte ascendente da aorta, tronco pulmonar e 
VCS 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Membrana fibrosserosa que cobre o 
coração e o início de seus grandes vasos; 
 Saco fechado formado por duas camadas 
 Pericárdio fibroso é mais externo e 
resistente 
 Lâmina parietal do pericárdio - recobre a 
face interna do fibroso 
 Lâmina visceral do pericárdio seroso- 
epicárdio 
 
 Continuo superiormente com túnica 
adventícia dos grandes vasos 
 Fixado anteriormente à face posterior do 
esterno – ligamentos esternopericárdios 
 Unido posteriormente às estruturas no 
mediastino posterior- tecido conectivo 
frouxo 
 Continuo inferiormente com centro 
tendineo do diafragma ligamento 
pericardicosfrênico 
 Espaço virtual entre as camadas opostas das 
lâmina parietal e visceral do pericárdio 
seroso 
 Contém uma fina película de líquido que 
permite ao coração se movimentar e bater 
sem atrito 
 
 
 
 Passagem transversal dentro da cavidade 
pericárdica entre esses dois grupos de vasos 
 Reflexão do pericárdio seroso ao redor do 
segundo grupo de vasos forma o seio obliquo 
do pericárdio 
 Passagem transversal dentro da cavidade 
pericárdica entre esses dois grupos de vasos 
 Reflexão do pericárdio seroso ao redor do 
segundo grupo de vasos forma o seio obliquo 
do pericárdio 
 
 
 
 
 
 
 Importância 
 
 
 Provem principalmente de um ramo fino da 
arteira torácica interna, a artéria 
pericardicosfrênico 
 Artérias musculofrênica, ramo terminal da artéria 
torácica interna 
 Artérias bronquial, esofágica e frênica superior, 
ramo da parte torácica da aorta 
 Artéria coronária 
- Drenagem venosa 
 Veias pericardicofrenicos 
 Tributarias do sistema venoso ázigo 
- Inervação do pericárdio 
 Nervos frênicos 
 
 
 
 
→ Usando endoscópio (mediastinoscopio) 
→ Incisão na incisura jugular do manúbrio ou em 
espaços intercostais 
→ Biopsiar linfonodos mediastinais 
 
 
→ Um pouco maior do que uma mao fechada 
→ Bomba dupla, autoajustável, de sucção e 
pressão 
→ Suas partes trabalham em conjunto para 
impulsionar o sangue para todos os locais do 
corpo 
→ O lado direito do coração recebe sangue 
desoxigenado(venoso) do corpo pelas VCS e 
VCI e o bombeia através das artérias 
pulmonares para ser oxigenado nos pulmões; 
→ O lado esquerdo do coração recebe sangue 
bem oxigenado(arterial) dos pulmões pelas veias 
pulmonares e o bombeia para a aorta 
 
 
 
 
 
 
→ Tem quatro câmaras 
o Átrios direito e esquerdo 
o Ventrículos direito e esquerdo 
→ Diástole 
→ Sístole 
→ Sons cardíacos (bulhas cardíacas): 
o Um som tum (1º) 
o Um som tá (2º) 
→ A parede de cada câmara cardíaca em três 
camadas: 
o Endocárdio, uma fina camada interna 
o Miocárdio, camada espessa formada por 
musculo cardíaco 
o Epicárdico, camada fina formada pela 
lâmina visceral do pericárdio seroso 
→ Estrutura complexa de colágeno denso 
→ Forma quatro anéis fibrosos que circulam os 
ostios das valvas 
→ Trígono fibroso direito e outro esquerdo 
(formados por conexões entre os anéis) 
→ Local de fixação das fibras 
o Impede distensão 
o Fixação das válvulas 
o Fixação do miocárdio 
o Isolante elétrico 
→ Atrios são demarcados dos ventrículos pelo 
sulco coronário 
→ Ventrículos direito e esquerdo são separados 
pelos sulcos interventriculares 
→ Formato tridimensional semelhantes ao de uma 
pirâmide tombada 
→ Formado pela parte inferolateral do ventrículo 
esquerdo 
→ Situa-se posteriormente ao 5º espaço 
intercostal esquerdo em adultos 
→ Permanece imóvel durante todo o ciclo cardíaco 
→ É o local de intensidade máxima dos sons de 
fechamento da valva atrioventricular esquerda 
(mitral) (batimento apical) 
 
→ Face posterior do coração 
→ Formada principalmente pelo átrio esquerdo 
→ Voltada posteriormente em direção aos corpos 
das vértebras T VI a T IX. 
→ Estende-se superiormente até a bifurcação do 
tronco pulmonar e inferiormente até o sulco 
coronário. 
 
 
 
→ Face esternocostal (anterior) – formada 
principalmente pelo VD 
→ Face diafragmática (inferior)- formada 
principalmente pelo VE e em parte pelo VD - 
relacionada ao CENTRO TENDÍNEO DO 
DIAFRAGMA. 
→ Face pulmonar direita - AD 
→ Face pulmonar esquerda - VE - impressão 
cardíaca do pulmão esquerdo 
 
 
 
→ Margem direita (ligeiramente convexa) 
→ Margem inferior (quase horizontal) 
→ Margem esquerda (oblíqua, quase vertical) 
→ Margem superior, formada pelos átrios e 
aurículas direita e esquerda 
 
✓ Forma a margem direita do coração. 
✓ Aurícula direita, semelhante a uma orelha, é uma 
bolsa muscular cônica que se projeta do átrio 
direito. 
✓ Interior do átrio direito apresenta: 
 o Seio das veias cavas 
 o Músculos pectíneos 
 o Sulco terminal (exter.) 
 o Óstio do seio coronário 
 o Septo interatrial 
 o Fossa Oval - vestígio embrionário do forame 
oval 
✓ Forma a maior parte da face esternocostal 
✓ Elevações musculares irregulares (trabéculas 
cárneas) 
✓ Crista supraventricular, separa a parede 
muscular rugosa e direciona o fluxo sanguíneo. 
✓ Valva atrioventricular. 
✓ Cordas tendíneas fixam-se às válvulas - 
originam-se dos ápices dos musc. papilares. 
✓ Trabécula septomarginal – ramo direito do 
fascículo AV(parte do complexo estimulante do 
coração até o músc. papilar anterior). 
✓ As cordas originam-se dos músculos papilares: 
 o Anterior 
 o Posterior 
 o Septal 
✓ 3 músculos papilares no VD - válvulas da valva 
atrioventricular direita 
 o Músc. papilar anterior 
 o Músc. papilar posterior 
 o Músc. papilar septal 
✓ Septo interventricular - divisória oblíqua entre os 
VD e VE 
 
 
 
 
 
 
✓ Forma a maior parte da base do coração 
✓ Os pares de veias pulmonares direita e 
esquerda, avalvulares, entram no átrio. 
✓ Interior do átrio esquerdo apresenta: 
 o Paredes lisas e uma aurícula muscular. 
 o 4 veias pulmonares. 
 o Uma parede ligeiramente mais espessa do 
átrio direito. 
 o Um septo interatrial – assoalho da fossa oval 
e válvula do forame oval. 
 o Um óstio AV esquerdo. 
 
 
✓ Forma à maior parte de base do coração. 
✓ Ocupa maior parte da face diafragmática. 
✓ Ventrículo