A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
41 pág.
NANDA - COVID 19.pdf · versão 1

Pré-visualização | Página 1 de 2

Diagnósticos de enfermagem 
em casos de Coronavírus e 
COVID-19
Considerações importantes de acordo com a NANDA-I
● Os enfermeiros devem identificar os
diagnósticos apropriados à sua área de
atuação, situados no âmbito de sua prática
ou em conformidade com os regulamentos
legais, e para os quais esses profissionais
têm competência
● Os diagnósticos de enfermagem são
respostas de indivíduos (família, grupo ou
comunidade) a problemas de saúde ou
processos da vida. Isso quer dizer que não
podemos padronizar os diagnósticos de
enfermagem com base em diagnósticos ou
procedimentos médicos.
● Escolher um diagnóstico em uma lista ou
criar um termo à beira do leito do paciente
é uma prática perigosa devido a algumas
razões importantes. Primeiro, deve ser
clara a comunicação entre os membros da
equipe de cuidados de saúde, além de
concisa e consistente. Se cada um definir
um “diagnóstico” a seu modo, não haverá
clareza. Segundo, como investigar a
validade de um diagnóstico ou a
capacidade de diagnosticar de um
enfermeiro quando não temos dados que
apoiem o diagnóstico?
Diagnósticos de enfermagem da NANDA-I: definições e classificação 2018-2020
Considerações importantes de acordo com a NANDA-I
● É útil a análise das populações em risco e
das condições associadas na
consideração de diagnósticos de
enfermagem que possam ter frequência
maior em algumas populações
● A acurácia do diagnóstico de enfermagem 
é validada quando o enfermeiro consegue, 
com clareza, identificar e ligar as 
características definidoras aos fatores 
relacionados e/ou aos fatores de risco 
encontrados com a avaliação do paciente
Diagnósticos de enfermagem da NANDA-I: definições e classificação 2018-2020
Importante!
● A aula apresentada é uma oportunidade para conhecimento de títulos de diagnósticos de enfermagem da 
NANDA-I, bem como para discussão de possíveis diagnósticos de enfermagem em situação específica 
(Coronavírus e COVID-19).
● Enfatiza-se que os diagnósticos de enfermagem devem ser realizados de forma individual após a 
identificação das respostas humanas de cada paciente, família ou coletividade. 
● É importante analisar individualmente cada caso para igualmente identificar os indicadores diagnósticos 
(fatores relacionados, características definidoras e fatores de risco)
● Na aula foram traçados indicadores (fatores relacionados, características definidoras e fatores de risco) 
com o objetivo de estudo, análise e discussão em grupo (live). Não representam necessariamente o que 
deve ser traçado no cotidiano para cada paciente específico. 
● Alguns fatores relacionados foram traçados em busca de especificar a situação de saúde atual, porém
alguns deles são fatores relacionados não modificáveis de forma independente pelo enfermeiro. Na
prática clínica um cuidado que o enfermeiro deve ter é buscar indicadores que possibilitem a nossa
atuação independente.
Professora Poly
Grupo
População em geral
Possíveis diagnósticos de enfermagem a 
serem analisados para cada caso específico: 
● Risco de contaminação
● Risco de infecção
● Saúde deficiente da comunidade
● Isolamento Social
● Envolvimento em atividades de recreação 
diminuído
● Risco de solidão
Domínio 11- Segurança e Proteção
Classe 4- Riscos ambientais
pg 417
● Risco de contaminação relacionada a exposição ao microorganismo Coronavírus
Domínio 11- Segurança e Proteção
Classe 1- Infecção
pg. 374
● Risco de infecção relacionada a invasão do microorganismo Coronavírus
Domínio 1 • Promoção da saúde 
Classe 2 • Controle da saúde 
pg 149
● Saúde deficiente da comunidade relacionado a disseminação por Coronavírus caracterizado por 
problema de saúde e risco de estados fisiológicos, psicológicos e de hospitalização vivenciados pela 
população mundial 
Domínio 12- Conforto
Classe 3- Conforto social
pg 445
● Isolamento social relacionado a necessidade de controle de disseminação de micoorganismo
caracterizado por manutenção no lar e não contato direto com a sociedade
Domínio 1- Promoção da saúde
Classe 1- Percepção da saúde
pg 140
● Envolvimento em atividades de recreação diminuído relacionado a necessidade de controle de 
disseminação de micoorganismo caracterizado por falta de condicionamento físico e tédio
Domínio 12 • Conforto 
Classe 3 • Conforto social
pg 446
● Risco de solidão relacionada ao 
isolamento social
Grupo
População com falta de 
conhecimento relacionada ao 
assunto
Possíveis diagnósticos de enfermagem a 
serem analisados para cada caso específico: 
● Comportamento de saúde propenso a 
risco
● Controle ineficaz da saúde
● Autonegligência
● Enfrentamento ineficaz
Domínio 1 • Promoção da saúde 
Classe 2 • Controle da saúde
pg 143
● Comportamento de saúde propenso a risco relacionado a compreensão inadequada, ansiedade social 
e percepção negativa da estratégia recomendada de cuidados de saúde caracterizado por falha em agir 
de forma a prevenir problemas de saúde falha em alcançar um senso de controle ideal
Domínio 1 • Promoção da saúde 
Classe 2 • Controle da saúde
pg 144
● Controle ineficaz da saúde relacionado a apoio social insuficiente, conhecimento insuficiente sobre o 
regime terapêutico caracterizado por falha em agir para reduzir fatores de risco
Domínio 4 • Atividade/repouso 
Classe 5 • Autocuidado
pg 245 
● Autonegligência relacionada a escolha do estilo de vida e dificuldade de aprendizagem caracterizado 
por falta de adesão a atividades de saúde, higiene ambiental insuficiente e higiene pessoal insuficiente
Domínio 9 • Enfrentamento/tolerância ao estresse 
Classe 2 • Respostas de enfrentamento
pg 320
● Enfrentamento ineficaz relacionada a estratégias ineficazes para alívio de tensão caracterizado por 
comportamento de assumir riscos, comportamento destrutivo em relação a si mesmo e em relação aos 
outros
Grupo
Grupos de Risco
Casos específicos
Possíveis diagnósticos de enfermagem a 
serem analisados para cada caso específico: 
● Proteção ineficaz
● Caso de diabetes também podem 
apresentar  Risco de glicemia instável 
● Caso de Hipertensão também podem 
apresentar  Risco de pressão arterial 
instável 
Domínio 1 • Promoção da saúde 
Classe 2 • Controle da saúde
pg 148
● Proteção ineficaz relacionado a extremo de idade, imunodepressão e comorbidades caracterizado por 
alteração em exames laboratoriais
Grupo
COVID-19
Possíveis diagnósticos de enfermagem a 
serem analisados para cada caso específico: 
● Padrão respiratório ineficaz
● Ventilação espontânea prejudicada
● Troca de gases prejudicada
● Hipertermia
● Dor aguda
Referência utilizada  Metanálise- Tian Huang
2019 Novel coronavirus patients clinical characteristics, discharge rate and
fatality rate of meta-analysis
● Febre  88,5%
● Tosse  68,6%
● Mialgia  35,8%
● Expectoração  28,2%
● Dispnéia  21,9 %
Exames laboratoriais:
● Linfopenia  64,5%
● PCR aumentado  44,3%
● HDL aumentado  28,3%
● Leucopenia  29,4%
● Sintomas menores:
Cefaléia ou tontura: (12.1%) , Diarréia (4.8%), Nauseas 
e Vômito (3.9%). 
2019 novas características clínicas de pacientes com coronavírus, taxa de alta e taxa de 
mortalidade de metanálise
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/32162702
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/32162702
Padrão 
Respiratório 
Ineficaz
• Inspiração e/ou 
expiração que 
não proporciona 
ventilação 
adequada
Troca de gases 
Prejudicada
• Excesso de 
déficit na 
oxigenação e/ou 
eliminação de 
dióxido de 
carbono na 
membrana 
alveolocapilar
Ventilação 
espontânea 
Prejudicada
• Reservas de 
energia 
diminuídas, 
resultando em 
incapacidade de 
manter 
respiração 
independente e 
adequada para 
sustentação da 
vida
Domínio 4 
Atividade/Repouso
Domínio 4 
Atividade/Repouso
Domínio 3 
Eliminação e Troca
Pg 229 Pg 239Pg 207
● Tosse  68,6% (seca, não produtiva) 
● Expectoração  28,2%
● Dispnéia  21,9 %
● Padrão respiratório ineficaz
● Oximetria-- hipóxia
● RX bilateral e periférica