A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
33 pág.
Apols 1,2 Legislação Comercial_2021-04-04_15-04

Pré-visualização | Página 1 de 6

Apol 1 
1ª Tentativa 
 
 
Questão 1/10 - Legislação Comercial e Societária 
Fonte: NÓBREGA, Camile Silva. Direito empresarial e societário. 2. ed. Curitiba, 
InterSaberes, 2018, p. 25. 
A legislação comercial e societária tem como finalidade regulamentar as relações oriundas dos 
contratos de comércio, considerando que a complexa relação comercial se iniciou na 
Antiguidade, assim, nas palavras da autora Camile Nóbrega: “... o direito empresarial, desde 
sua origem, está vinculado às relações de comércio envolvendo circulação de mercadorias e 
escambo (troca). Por se tratar inicialmente de um comércio de rua (andarilhos), foi necessário a 
unificação de bens móveis para a circulação destes, ou seja, especiarias, moeda, dinheiro etc.”. 
Considerando o enunciado, avalie as seguintes asserções e a relação proposta entre elas. 
A legislação comercial é um movimento normativo regulador, que vem sendo aprimorado, em 
razão da constante modificação do mercado 
Porque 
1. Possui um único código que regula o comércio, conhecido como Código Comercial. 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta. 
Nota: 10.0 
 
 
A As asserções I e II são 
proposições verdadeiras, e a 
II é uma justificativa da I. 
 
 
B As asserções I e II são 
proposições verdadeiras, 
mas a II não é uma 
justificativa da I. 
 
 
C A asserção I é uma 
proposição verdadeira, e a 
II é uma proposição falsa. 
Você acertou! 
Gabarito: Aula 1 – página 3. A 
asserção II está incorreta, pois 
no Brasil, o primeiro Código 
Comercial foi promulgado em 
1850, e em grande parte foi 
revogado com a entrada em 
vigor do Código Civil de 2002, 
além de existirem leis esparsas 
que também regulam o 
comércio, como exemplo o 
Código de Defesa do 
Consumidor e a Lei de Falência 
e Recuperação Judicial, bem 
como a Lei das Sociedades por 
Ações. 
 
 
D A asserção I é uma 
proposição falsa, e a II é uma 
proposição verdadeira. 
 
 
E As asserções I e II são 
proposições falsas. 
 
 
Questão 2/10 - Legislação Comercial e Societária 
O conceito de estabelecimento empresarial é tutelado pelo direito comercial e societário. 
Considerando que empresa e estabelecimento comercial não são sinônimos, avalie as 
afirmações abaixo: 
 
 
 
Considerando esse contexto, avalie as seguintes asserções e a relação proposta entre elas. 
 
 
I. O estabelecimento empresarial é um rol de bens corpóreos e incorpóreos (materiais e 
imateriais) 
 
 
 
Porque 
 
 
II. Tem como objetivo o desenvolvimento da atividade econômica para o exercício da empresa. 
 
 
 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta. 
Nota: 10.0 
 
 
A As asserções I e II são 
proposições verdadeiras, e 
a II é uma justificativa da I. 
Você acertou! 
Gabarito: Aula 3 – página 3. A 
assertiva A é a correta, pois o 
estabelecimento empresarial 
tem como objetivo o 
desenvolvimento da atividade 
econômica, ou seja, não é 
apenas uma reunião de bens, já 
que deve ter função empresarial 
para poder caracterizar um 
estabelecimento empresarial. 
 
 
B As asserções I e II são 
proposições verdadeiras, 
mas a II não é uma 
justificativa da I. 
 
 
C A asserção I é uma 
proposição verdadeira, e a II 
é uma proposição falsa. 
 
 
D A asserção I é uma 
proposição falsa, e a II é uma 
proposição verdadeira. 
 
 
E As asserções I e II são 
proposições falsas. 
 
 
Questão 3/10 - Legislação Comercial e Societária 
O direito de empresa é um dispositivo jurídico que normatiza o exercício de atividade 
econômica organizada, por meio de regras para disciplinar o mercado. Assim, para o 
desenvolvimento econômico e social de um Estado é necessário que as normas sejam 
norteadas por princípios específicos. 
 
 
 
Conhecendo os princípios do direito da empresa, a ordem correta dos princípios com as 
respectivas informações é: 
 
 
I. Liberdade de concorrência 
II. Propriedade privada 
III. Preservação da empresa 
IV. Liberdade de iniciativa 
 
( ) Este princípio deve ser garantido e defendido, visto que é essencial para um regime 
capitalista e de livre mercado. 
 
 
 
( ) A finalidade deste princípio é a de preservar a empresa, para as instituições mercantis são a 
base do mercado. 
 
 
 
( ) Agências reguladoras, que são órgãos de controle, muitas vezes desenvolvem barreiras 
competitivas, podendo influenciar negativamente na aplicação deste princípio. 
 
 
 
( ) Este princípio garante a liberdade econômica das empresas particulares. 
Nota: 0.0 
 
 
A III, II, IV, I 
 
 
B IV, II, III, I 
 
 
C II, III, I, IV 
Gabarito: Aula 1 – páginas 7 e 
8. Dentre os princípios 
elencados, a livre iniciativa 
refere-se à liberdade econômica 
das empresas particulares, 
sendo o lucro a principal 
finalidade da empresa. Sobre a 
liberdade de concorrência, o 
Estado tem como obrigação 
respeitar tal princípio, sendo 
assim, foi criado o CADE 
(Conselho Administrativo de 
Defesa Econômica), cuja 
finalidade é defender a livre 
concorrência. Acerca da defesa 
da propriedade privada, cumpre 
destacar, que este princípio está 
sendo revisado e, 
gradativamente, os juristas 
estão incorporando a função 
social em seu cerne. O princípio 
da preservação da empresa 
vem inspirando modificações 
legislativas, como por exemplo a 
Lei de Falência e Recuperação 
Judicial (Lei nº 11.101/2005), e 
visa garantir a continuidade da 
empresa. 
 
 
D I, IV, II, III 
 
 
E II, III, IV, I 
 
 
Questão 4/10 - Legislação Comercial e Societária 
No século XIX, durante o liberalismo econômico, surge o Código de Napoleão de 1806, que 
traz, pela primeira vez, o conceito de comerciante, definindo-o como aquele que pratica, com 
habitual profissionalidade, atos de comércio. 
 
 
 
Considerando o período histórico apontado, analise as sentenças a seguir, assinalando V para 
as afirmativas verdadeiras e F para as afirmativas falsas em relação ao enunciado. 
 
 
 
( ) Na legislação napoleônica o direito privado é paralelo ao direito comercial. 
 
 
 
( ) O código civil atendia aos interesses de classe e o uso e os costumes eram aplicados como 
regra. 
 
 
 
( ) A teoria dos atos de comércio tinha como principal finalidade regulamentar as relações 
jurídicas que envolvessem atos de comércio. 
 
 
 
( ) A finalidade da teoria da empresa refere-se a regular quaisquer atividades econômicas que 
sejam exercidas de forma empresarial. 
 
 
 
Agora, marque a sequência correta: 
Nota: 0.0 
 
 
A V, F, V, V 
Gabarito: Aula 1 – página 6. A 
segunda afirmativa é falsa e as 
demais são verdadeiras. Na 
legislação napoleônica o direito 
privado é paralelo ao direito 
comercial em razão de que o 
código civil atendia aos 
interesses da nobreza fundiária, 
com foco no direito de 
propriedade. Além disso, do 
século XII ao XVI o direito 
comercial era definido pelo 
direito de classe, sendo que 
nesta etapa do direito comercial 
o uso e costume eram aplicados 
como regra e o Estado não 
contribuía para o ordenamento 
jurídico. 
 
 
B F, V, V, V 
 
 
C V, V, V, F 
 
 
D V, F, V, F 
 
 
E F, F, V, V 
 
 
Questão 5/10 - Legislação Comercial e Societária 
O nome empresarial é tutelado pelo direito e a importância de se proteger o nome empresarial 
está na ideia de que o consumidor não pode ser levado ao erro, pois quando uma empresa 
utiliza um nome semelhante ou igual ao de outra, pode levar as pessoas a comprarem um 
produto que não queiram. Além disso, reproduzir ou imitar um nome empresarial é tomar o 
principal patrimônio de uma empresa, que é o cliente. 
 
 
 
Considerando o enunciado verifique as asserções a seguir assinale a alternativa correta. 
Nota: 0.0 
 
 
A O nome empresarial, ainda 
que tutelado pelo direito, não 
possui muita importância, 
pois a finalidade da empresa 
é o mercado. 
 
 
B O nome empresarial é 
exclusividade da empresa 
que a registrou. 
Gabarito: Aula 3 – página 3. A 
alternativa é a B. 
A alternativa A está incorreta, 
pois o nome da empresa