A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Atividade avaliativa Caso Flavinho docx

Pré-visualização | Página 1 de 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA INSTITUTO DE 
 
 
 
HUMANIDADES, ARTES E CIÊNCIAS PAULO FREIRE 
 
 
Semiologia/Propedêutica dos problemas de saúde na Infância 
e na Adolescência 
 
Docente: ​Márcia Maria dos Santos de Moraes 
Discente: ​Dagma Rocha de A. 
Porto 
 
 
 
​1- A ​lista de problemas ​a partir da anamnese e os demais dados 
apresentados aqui. 
 
 
 
Lista de possíveis problemas: 
 
● Desmame precoce; 
● Risco para hipertensão e diabetes; 
● Problemas com cáries; 
● Fumante passivo; 
● Alimentação deficitária 
● Anemia ferropriva; 
● Ausência de rotina de consulta de puericultura; 
● Possível arbovirose 
● Risco de parasitose 
● Risco de doenças respiratórias; 
 
 
 
2- ​Os ​diagnósticos em Puericultura ​– nesse item usar o termo 
adequado ou inadequado e justificar o motivo. 
● Crescimento: ​Adequado, a criança está com o crescimento adequado 
para sua faixa etária. Porém, precisa ficar sob supervisão com rotina de 
consultas de puericultura, ​para monitorar o estado nutricional do Flávio e 
assim não afetar o seu crescimento. 
 
• Desenvolvimento neuropsicomotor: ​Adequado, conforme a Caderneta 
da criança, os marcos do desenvolvimento: ​posturas/habilidades estão 
presentes para a sua faixa etária, sem atraso motor, na linguagem ou 
socioafetivo. 
 
• Alimentar: ​Inadequado, de acordo com a caderneta, os hábitos 
alimentares são formados nos primeiros anos de vida. Porém a mãe relata 
que o pai está oferecendo frituras, refrigerantes, salgadinhos, balas, 
biscoitos, alterando a alimentação, pois essa prática dificulta a aceitação 
de alimentos saudáveis, por isso a redução do apetite do Flávio nos 
momentos do almoço e janta. Esses alimentos são ricos em açúcar, sal e 
gordura, podem prejudicar a saúde da criança e favorecer doenças em 
idade precoce. Além do mais, a alimentação da criança é deficiente em 
vitamina A , se estivesse sendo suplementada poderia diminuir o quadro 
de diarreia. Ademais a deficiente em ferro foi observada por meio da 
alimentação na anamnese, que pode estar causando a palidez cutânea, 
um dos sinais da anemia, por isso a criança parece desanimada. 
 
• Saúde bucal : Inadequado, a caderneta diz que os pais ou responsáveis 
devem escovar os dentes da criança até aprender a fazer sozinha e 
depois incentiva-lá a higienização bucal correta. Além do mais, a partir do 
nascimento do primeiro dente, a escovação deve ser feita com escova de 
cerdas macias e uma pequena quantidade de creme dental com flúor. 
Sendo suficiente duas escovações diárias enquanto estiver com dentes de 
leite 
 
 
Antropometria: 
 
6 meses P – 6.500g, C - 62cm 
12 meses P – 8.000g, C - 70cm 
18 meses P – 9.100g, C - 76cm 
24 meses P – 9.900g, C - 82cm 
30 meses P – 10300g, C - 85 cm 
 
 
 
 
• Imunizações: Completa, de acordo com a mãe não há pendências de 
vacinas, Porém, não consultei a caderneta, pois a mãe havia esquecido 
em casa. 
 
• Ambiente físico: Inadequado, ambiente favorável para doenças 
parasitárias e arboviroses, pois não há saneamento básico e criação de 
galinhas, porcos e a presença de muitos mosquitos, também a presença 
de córrego próximo da residência. Possíveis doenças respiratórias devido 
a mãe ser fumante, casa não possuir piso cerâmico e ruas não serem 
asfaltadas. 
 
• Ambiente emocional​: Adequado, de acordo com mãe a criança 
apresenta um bom relacionamento entre família. 
 
 
3 - Avaliação do crescimento ​(peso e comprimento/estatura) 
utilizando as curvas da caderneta de saúde da criança.