A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
19 pág.
MDD 2 -6 2- Casos Clinicos de neoplasias

Pré-visualização | Página 3 de 3

muscular (mio) 
e adiposo (lipo). 
1-Quais características desse tumor apoiam seu caráter benigno? 
Se assemelha ao tecido normal e é bem diferenciado. 
2- Identifique cada um dos três tipos de tecido que o compõem. 
Lâmina histológica do tecido periferico. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Na lamina mais aproximada podemos ver o tecido com vasos sanguíneo com as paredes muito grossas, 
patologicamente grossas. Esses vasos deveriam irrigar os tecidos, mas essa parede muito grossa vai 
impossibilitar, alem de apresentar neovasos. Como esses vasos são frageis, podemos ver uma 
hemorragia intraparenquimatosa. 
A parde dos vasos deveriam ser bem finas com essas células endoteliais, mas como mostra a imagem a 
seguir, são bem grossas. Ainda assim, é bem diferenciada porque conseguimos ver os vasos, mas há 
porções pouco diferenicadas também, onde tem os neovasos. 
ANGIOMIOLIPOMA 
TUMOR BENIGNO DO RIM 
POSSUI COMPONENTE NEOPLÁSICO DE 
GORDURA, MUSUCLAR E VASOS 
SANGUINEOS 
 
 Eduarda Gonzalez 
13 
 Componente vascular 
 
 
Tecido tumoral de gordura, porção de lipoma do tumor 
 
Componente musuclar no tecido, fibra muscular lisa e leucócitos 
 
 
NEOVASOS 
VASOS SANGUÍNEOS 
 
 Eduarda Gonzalez 
14 
Nessa lâmina podemos ver os 
glomerulos e os túbulos. Esses túbulos 
são células homogeneas e possuem uma 
cor forte, por serem ricas em proteinas 
hialinas. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
BARREIRA CHEIA DE LINFÓCITOS 
REGIÃO MUCULAR 
TECIDO NORMAL DO RIM COM A 
CAPSULA RENAL SENDO 
COMPRIMIDA 
REGIÃO DE GORDURA 
 
 Eduarda Gonzalez 
15 
Caso 3: 
 
 
 
Paciente do sexo feminino, 40 anos apresenta em sua amostra que foi coletada no polo superior do rim 
parecendo na tomografia como um carcinoma. 
Na macroscopia foi visto uma massa de cisto de 5cm e não tinha invasão de cápsula, mesmo sendo 
grande não invadiu estruturas adjacentes. 
Antigamente os tumores renais eram diagnosticados em fase avançada, sendo descrita a tríade clássica 
do "hipernefroma": dor, hematúria e massa renal palpável. Como avanço dos métodos de imagem, 
muitos tumores renais são detectados incidentalmente, às vezes durante investigação médica de outros 
problemas de saúde. Entretanto, 25% das lesões ressecadas por nefrectomia total são benignas. Para 
melhorar a abordagem nesses casos, dois avanços foram fundamentais: a classificação de risco de 
Bosniak e a técnica de nefrectomia parcial. 
1- Identifique o tumor na lâmina. 
 
As células são mais claras e possuem túbulos e células estranhas, com aspecto que lembra os túbulos 
(são bem diferenciados). Possui túbulos maiores e menores, com heterogeneidade celular 
 
 
 
CARCINOMA DE CÉLULAS CLARAS DO RIM 
TIPO CISTICO MULTILOCULADO PORQUE FAZ MÚLTIPLOS 
CISTOS 
CORTEX 
MEDULA 
 
 Eduarda Gonzalez 
16 
O tumor é de células claras porque elas possuem uma representação bem mais clara comparando com 
o que seria fisiológico. As células estão multinucleadas, tem túbulos grandes, pequenos e uma grande 
quantidade. 
Em uma mesma região temos túbulos normais, maiores e menores 
O tumor pode ser muito ou pouco diferenciado e no caso de ser anaplásico é porque é pouco 
diferenciado. 
 
 
 
 
Neoplasias Colorretais 
 
 
 
 
 
 
Caso 1 
Paciente do sexo masculino, de 84 anos apresenta um pólipo (hiperplasia com projeção sobre o lúmen) 
no colo sigmoide e foi retirado na colonoscopia para análise. 
Quando esse tumor se desenvolve pode ocorrer metástase e sintomas extra intestinais. 
Como é um pólipo, ele vai apresentar hiperplasia (um aumento da proliferação celular). 
 
 
ADENOCARCINOMA COLORRETAL 
NEOPLASIA MALIGNA DE CÉLULAS EPITELIAIS DE 
ORIGEM GLANDULAR, QUE PODE SER PRODUTORA DE 
MUCO 
UMA DAS NEOPLASIAS MAIS COMUNS DO MUNDO 
PODE ACOMETER O INDIVIDUO IDOSOS 
 
 Eduarda Gonzalez 
17 
 
 
 
 
 
 
 
INVASÃO 
TECIDO NEOPLÁSICO 
 
 Eduarda Gonzalez 
18 
 
 
 
 
 
 
FATORES DE RISCO PARA CÂNCER DE COLON: 
Obesidade. 
Tabagismo. 
Sedentarismo. 
Dieta rica em carnes vermelhas e processadas. 
Alcoolismo. 
Idade: Após 50 anos. 
Histórico familiar: Polipose adenomatosa 
familiar. 
Etnia: Judeus Europa oriental. 
Diabetes tipo 2. 
TECIDO INFLAMATÓRIO 
IMPLANTE DE CRIPTAS DEVIDO A INVASÃO 
CIRPTAS NORMAIS E NEOPLÁSICAS 
 
 Eduarda Gonzalez 
19 
GENES SUPRESSORES E ONCOGENES ASSOCIADOS A NEOPLASIAS COLORRETAIS: