A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
relatorio estagio primeiros socorros

Pré-visualização | Página 1 de 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO FACVEST-UNIFACVEST 
LICENCIATURA EM PEDAGOGIA 
 
 
 
 
 
 
xxxxxxxxxxxxxx 
 
 
 
 
 
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO 
“ESTÁGIO ONLINE” 
RESOLUÇÃO EQUIPE MULTIDISCIPLINAR Nº 002, DE 01 DE JUNHO DE 2020 
 
PRIMEIROS SOCORROS PARA PROFESSORES NO AMBIENTE ESCOLAR 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
xxxxxxx 
2021 
 
xxxxxxxxxxx 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO 
 
Relatório apresentado ao Curso de, Licenciatura em 
Pedagogia, para demonstrar as atividades de Estágio 
Curricular Supervisionado I licenciatura em Pedagogia 
primeiros socorros para professores no ambiente 
escolar. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
xxxxxxxxx 
2021 
 
SUMÁRIO 
 
 
1 INTRODUÇÃO ........................................................................................................ 4 
2 APRESENTAÇÃO DO TEMA ................................................................................. 4 
3. OBJETIVO E METÓDO 5 
4 ATIVIDADES E RECURSOS DE MATERIAIS/TECNOLOGICO ............................. 5 
4 CONCLUSÃO ......................................................................................................... 6 
REFERÊNCIAS ........................................................................................................... 6 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
4 
 
 
1 INTRODUÇÃO 
 O presente relatório de Estágio curricular Obrigatório de educação Infantil I foi 
realizado de forma online, e elaborado a partir da análise de vídeo aulas e da leitura 
do material em PDF, sobre primeiros socorros para professores no ambiente escolar. 
O relatório visa transmitir conhecimentos adquiridos durante o estudo online do 
estágio assistidos sobre o tema Primeiros Socorros para Professores no Ambiente 
Escolar, e tem como objetivo maior aprendizagem, como futura pedagoga, também 
como agregar o conteúdo com a sala de aula e com as vivencias de alunos e 
professores dentro e fora da escola. 
A realização deste estágio foi de suma importância para a minha formação e 
atuação acadêmica, onde poderei contribuir com a segurança e bem-estar dos 
estudantes, com o estágio tive a oportunidade de aprofundar em um tema que até o 
momento para mim era novidade, mostrando também a relevância dessa nova 
lei sobre os professores ministrarem os primeiros socorros na escola, e a importância 
dos professores e funcionários participarem periodicamente de cursos e segurança 
para atenderem as medidas de segurança. 
 
2 APRESENTAÇÃO 
A Lei 13722, mais conhecida como Lei Lucas, tem como principal objetivo 
preparar os profissionais para agir com segurança diante de acidentes que são 
comuns no espaço escolar. 
Torna obrigatória a capacitação em noções básicas de primeiros socorros de 
professores e funcionários de estabelecimentos de ensino públicos e privados 
de educação básica e de estabelecimentos de recreação infantil. Com o 
conhecimento adquirido durante o estágio, podemos estar trabalhando 
juntamente com os alunos questões de segurança e prevenção no espaço 
escolar. (BRASIL. 2018 p.1) 
 
 Com o conhecimento da lei e o conhecimento adquirido através do 
estágio torna o professor capacitado a realizar os primeiros socorros, quando se 
depara diante de uma situação, seja ela na escola ou em outro espaço que demande 
desse conhecimento que possa salvar uma vida até a chegada do serviço médico 
necessário. Para o conhecimento do aluno tendo as devidas orientações, ele buscara 
brincar com segurança, pois sabemos que dentro do mundo infantil, as crianças 
quando aprendem a maneira correta de realizar as atividades, são elas que cobram 
dos adultos as questões de segurança. 
5 
 
 Ter o conhecimento adequado sobre procedimentos de emergência é a 
ferramenta mais poderosa que pode ser usada pelo socorrista, conhecimento esse 
que ainda é pouco disseminado na população em geral, sendo mais difundidos para 
pequenos grupos, quase que exclusivamente para os profissionais da área da saúde 
(CAVALCANTE, 2015) 
 
3. OBJETIVO E MÉTODO 
 O objetivo principal desse estudo foi um maior aprofundamento sobre o 
tema. Assistindo as vídeo aulas e fazendo uma revisão bibliográfica acerca do assunto 
pude agregar o conteúdo com os professores e alunos dentro e fora de sala de aula, 
aprendendo também sobre os primeiros socorros para professores em ambiente 
escolar, tornando assim, mais capacitada para tomar as medidas adequadas diante 
de determinadas ocorrências de emergência. O método principal foi assistir as vídeo 
aulas e discutir com outros alunos sobre elas, usando também de bases bibliográficas 
para embasar sobre o tema e futuramente poder aplica -ló dentro e fora do ambiente 
escolar se tornando uma professora mais capacitada. 
 
4. ATIVIDADES E RECURSOS DE MATERIAIS/TECNOLOGICO 
 
 Dentro desse contexto podemos trabalhar inúmeras atividades com nossos 
alunos da educação infantil. Podemos citar: Conversas de teor educacional sobre 
primeiros socorros e autocuidado, procurando saber o que os alunos já sabem e 
conhecem, esclarecendo dúvidas e explicando para que servem. Histórias contadas, 
livros, livretos informativos ou músicas com referência ao tema para fixar a importância 
do mesmo ou esclarecer dúvidas que ainda podem existir. 
Elaboração do quadro de combinado, aonde a criança pode sugerir 
combinados de comportamento que gerem prevenção, assim como a professora 
pode colocar combinados importantes para prevenir se de acidentes. (Como não 
correr em lugares impróprios, não empurrar) A elaboração de uma atividade como a 
maleta dos cuidados, inserindo ali alguns itens básicos de primeiro socorro, 
explicando de maneira diferente para que servem cada um. E desenvolvendo com os 
alunos uma maleta para cada um levar para casa e junto com a família estar 
aprendendo para que serve cada item. 
6 
 
5. CONCLUSÃO 
 O ambiente escolar é cenário de acidentes rotineiros que exigem noções 
de primeiro atendimento com vistas a garantir o suporte de vida necessário até que 
um atendimento especializado seja possível. Entretanto, o desconhecimento de 
manobras básicas e o despreparo psicológico para tais situações, podem acarretar 
em danos ainda maiores, como o estado de pânico ao ver o acidentado, a 
manipulação incorreta da vítima, a complicação do seu quadro, aumento do seu 
sofrimento e até mesmo a morte do indivíduo. 
 Aprender técnicas de noções básicas de primeiros socorros no âmbito escolar 
pode ser considerado uma porta de entrada para a prestação de socorro além de ser 
um dever moral é um dever legal e sua recusa é considerado crime de omissão de 
socorro. Aprender Noções de Primeiros Socorros visaram aprimorar o conhecimento 
e a importância do tema proporcionando assim a formação de sujeitos críticos, 
reflexivos com capacidade de enfrentar e saber se posicionar ante situações de maior 
complexidade. 
 
 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
 
Brasil. LEI N 13.722 DE 4 DE OUTUBRO DE 2018. Disponível em: LEI 
Nº13.722<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015 
2018/2018/lei/L13722.htm>Acessado em março de 2021 
 
 BRASIL, Ministério da Saúde. Manual de Primeiros Socorros. Rio de Janeiro: 
Fundação Oswaldo Cruz, 2003. 
 
CAVALCANTE, J. L. Avaliação do nível de conhecimento em Primeiros 
Socorros, 12p. Natal, 2015. Disponível em 
https://monografias.ufrn.br/jspui/bitstream/123456789/1682/1/Avalia 
%C3%A7%C3%A 3o%20do%20n%C3%ADvel%20de%20conhecimento_TCC.pdf.