A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
42 pág.
Apostila sobre Legislacoes

Pré-visualização | Página 1 de 14

Curso de Medicina Veterinária 
 
 
 
 
 
 
APOSTILA DE 
DEONTOLOGIA E 
LEGISLAÇÃO MÉDICO 
VETERINÁRIA 
Prof. Gilton Luiz Almada 
 
 
 
 
 
 
 
 
Vila Velha 
2016 
 
2 
 
SUMÁRIO 
 
 
1 Exercício da profissão de médico veterinário e criação dos Conselhos Federal e 
Regionais de Medicina Veterinária - Lei Nº 5.517 (23/10/1968) .................................................... 3 
2 Inscrição, registro, cancelamento e movimentação de pessoas física e jurídica no 
sistema CFMV/CRMV - Resolução N.º 680 (15/12/2000) ............................................................... 8 
3 Funcionamento e registro de empresas de planos de saúde animal - Resolução N.º 
647 (22/04/1998) .................................................................................................................................... 9 
4 Eutanásia .................................................................................................................................... 10 
5 Métodos de eutanásia em animais - Resolução Nº 1000 (11/05/2012) ........................... 12 
6 Responsabilidade técnica ........................................................................................................ 19 
7 Título de especialista em áreas da medicina veterinária - Resolução Nº 935 
(10/12/2009) .......................................................................................................................................... 21 
8 Funcionamento de estabelecimentos médicos veterinários – Resolução Nº 1015 
(09/11/2012) .......................................................................................................................................... 21 
9 Fisioterapia animal - Resolução Nº 850 (05/12/2006) ......................................................... 25 
10 Exercício da responsabilidade técnica pelos laboratórios, exames laboratoriais e 
emissão de laudos essenciais ao exercício da medicina veterinária - Resolução Nº 831 
(14/07/2006) .......................................................................................................................................... 26 
11 Atendimento médico veterinário a animais silvestres/selvagens - Resolução Nº 829 
(25/04/2006) .......................................................................................................................................... 26 
12 Procedimentos cirúrgicos em animais de produção e em animais silvestres; e cirurgias 
mutilantes em pequenos animais - Resolução Nº 877 (15/02/2008) ........................................... 27 
13 Atestados de sanidade, óbito, vacinação e de sanidade dos produtos de origem animal 
- Resolução Nº 844 (20/09/2006) ...................................................................................................... 30 
14 Prestação de serviços de estética, banho e tosa - Resolução Nº 878 (15/02/2008) ..... 31 
15 Uso de animais no ensino e as comissões de ética no uso de animais (CEUAS) - 
Resolução Nº 879 (15/02/2008) ......................................................................................................... 32 
16 Promoção e a fiscalização da defesa sanitária animal quando da realização de rodeio 
(Lei Nº 10.519, DE 17/07/2002) ......................................................................................................... 33 
17 Código de ética do médico veterinário - Resolução Nº 722 (16/08/2002) ....................... 34 
 
3 
 
 
1 Exercício da profissão de médico veterinário e criação dos Conselhos Federal e 
Regionais de Medicina Veterinária - Lei Nº 5.517 (23/10/1968) 
1.1 Profissão de Médico(a) veterinário(a) 
O Exercício da profissão de médico veterinário obedecerá às disposições da presente lei. Só 
é permitido o exercício da profissão de médico veterinário: 
a) aos portadores de diplomas expedidos por escolas oficiais reconhecidas e 
registradas no Ministério da Educação (MEC); 
b) aos profissionais diplomados no estrangeiro que tenham revalidado e 
registrado seu diploma no Brasil, na forma da legislação em vigor. 
O exercício das atividades profissionais só será permitido aos portadores de carteira 
profissional expedida pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária ou pelos Conselhos 
Regionais de Medicina Veterinária criados na presente lei, exceto aos profissionais 
estrangeiros contratados em caráter provisório pela União, pelos Estados, pelos Municípios, 
para função específica de competência privativa ou atribuição de médico veterinário. 
1.2 Exercício profissional 
É da competência privativa do médico veterinário o exercício das seguintes atividades e 
funções quando exercidas nos governos federal, estadual e municipal, além de entidades 
autárquicas, paraestatais e de economia mista e particulares: 
a) a prática da clínica em todas as suas modalidades. 
b) a direção dos hospitais para animais. 
c) a assistência técnica e sanitária aos animais sob qualquer forma. 
d) o planejamento e a execução da defesa sanitária animal. 
e) a direção técnica sanitária dos estabelecimentos industriais e, sempre que 
possível, dos comerciais ou de finalidades recreativas, desportivas ou de 
proteção onde estejam, permanentemente, em exposição, em serviço ou 
para qualquer outro fim animais ou produtos de sua origem. 
f) a inspeção e a fiscalização sob o ponto de vista sanitário, higiênico e 
tecnológico dos matadouros, frigoríficos, fábricas de conservas de carne e 
de pescado, fábricas de banha e gorduras em que se empregam produtos 
de origem animal, usinas e fábricas de laticínios, entrepostos de carne, 
leite, peixe, ovos, mel, cera e demais derivados da indústria pecuária e, de 
um modo geral, quando possível, de todos os produtos de origem animal 
nos locais de produção, manipulação, armazenagem e comercialização. 
g) a peritagem sobre animais, identificação, defeitos, vícios, doenças, 
acidentes, e exames técnicos em questões judiciais. 
h) as perícias, os exames e as pesquisas reveladoras de fraudes ou operação 
dolosa nos animais inscritos nas competições desportivas ou nas 
exposições pecuárias. 
i) o ensino, a direção, o controle e a orientação dos serviços de inseminação 
artificial. 
j) atuar como docente nas disciplinas especificamente médico veterinárias, 
bem como a direção das respectivas seções e laboratórios. 
k) a direção e a fiscalização do ensino da medicina veterinária, bem como do 
ensino agrícola médio, nos estabelecimentos em que a natureza dos 
trabalhos tenha por objetivo exclusivo a indústria animal. 
l) a organização dos congressos, comissões, seminários e outros tipos de 
reuniões destinados ao estudo da medicina veterinária 
4 
 
m) a assessoria técnica do Ministério das Relações Exteriores, no país e no 
estrangeiro, no que diz com os problemas relativos à produção e à indústria 
animal. 
Constitui, ainda, competência do médico veterinário o exercício de atividades ou funções 
públicas e particulares, relacionadas com: 
a) as pesquisas, o planejamento, a direção técnica, o fomento, a orientação e 
a execução dos trabalhos de qualquer natureza relativos à produção animal 
e às indústrias derivadas, inclusive às de caça e pesca. 
b) o estudo e a aplicação de medidas de saúde pública no tocante às doenças 
de animais transmissíveis ao homem. 
c) a avaliação e peritagem relativas aos animais para fins administrativos de 
crédito e de seguro. 
d) a padronização e a classificação dos produtos de origem anima. 
e) a responsabilidade pelas fórmulas e preparação de rações para animais e a 
sua fiscalização. 
f) a participação nos exames dos animais para efeito de inscrição nas 
Sociedades de Registros Genealógicos. 
g) os exames periciais tecnológicos e sanitários dos subprodutos da indústria 
animal. 
h) as pesquisas e trabalhos ligados à biologia geral, à zoologia, à produção 
animal, bem como à bromatologia animal em especial. 
i) a defesa da fauna, especialmente a controle da exploração das espécies 
animais silvestres, bem como dos seus produtos.