Buscar

N1 - Prevenção e Detecção de Fraudes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

MBA EM CONTROLADORIA, AUDITORIA E COMPLIANCE
PREVENÇÃO E DETECÇÃO DE FRAUDES
ATIVIDADE – N1
Salvador
2021
PROGRAMAS DE DEFESA CORPORATIVA
 As atividades relacionadas ao gerenciamento de riscos e controles estão sendo cada vez mais divididas entre diversos departamentos e setores, o trabalho deve ser coordenado com cuidado, para garantir que os processos de riscos e controle sejam conduzidos de forma integra e conforme programada. 
Compliance é a área destinada ao gerenciamento de riscos no ambiente corporativo, buscando otimizar resultados e mitigar riscos, atuando de forma preventiva e repressiva, orientando, detectando e mitigando todo e qualquer desvios de condutas e inconformidades com práticas ilegais. 
Para a empresa Blue Jeans LTDA, o desenvolvimento e a implantação de um programa amplo de compliance, divulgado para todos os mais de duzentos colaboradores é o primeiro passo para um efetivo programa de sucesso no controle dos riscos operacionais. O programa de compliance abrange todos os níveis hierárquicos da empresa sendo aplicado em forma piramidal, ou seja, de cima para baixo, iniciando pelos diretores, gerentes, supervisores até os mais operacionais da linha de produção. 
O modelo de três linhas de defesa, implanta um controle a partir da gerência sendo essa sua primeira linha de defesa no gerenciamento de riscos e no combate a fraudes, a segunda linha de defesas são as diversas funções de controle de riscos e a supervisão das conformidades, já a terceira linha de defesa recorre a uma auditoria independente, podendo ser interna muitas vezes, porém, para qualquer risco ou duvida, recomenda-se que seja efetuado por auditores externos sem vínculos familiares ou de amizades com quaisquer membros da empresa auditada. 
A implantação de frameworks de controles internos, gerenciamento de riscos corporativos e fraude para aprimorar a performance e supervisão organizacional e reduzir a extensão das fraudes nas organizações, como exemplo: COSO - Committee of Sponsoring Organization of the Treadway Commission.
A alta administração é o stakeholder de maior interesse no sucesso dos programas de compliance e controles internos, a fim de manter a longevidade da saúde financeira e da boa imagem da empresa.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Site: https://portaldeauditoria.com.br/coso-gerenciamento-de-riscos-corporativa-estrutura-integrada/. Acesso em 10/02/2021.
Site: https://www.ibccoaching.com.br/portal/coaching-carreira/dicas-implementar-programa-compliance-empresa/. Acesso em 11/02/2021.
PDF: CONTROLE INTERNO - ESTRUTURA INTEGRADA, Sumário Executivo; Instituto dos Auditores Internos do Brasil - maio de 2013.
PDF: AS TRÊS LINHAS DE DEFESA NO GERENCIAMENTO EFICAZ DE RISCOS E CONTROLES – IIA - The Institute of Internal Auditors - janeiro de 2013.

Outros materiais