A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
SAÚDE PÚBLICA BANNER - WORKSHOP

Pré-visualização | Página 1 de 1

SAÚDE PÚBLICA E A MEDICINA VETERINÁRIA
BIANCHIM, R.F.(1), FREITAS, L.S.(1), SILVA, M.O.(1), ZAUPA, B.P.(1), BOTTON, S.A.(2b), BRUM, T.M.M.(2a), 
DILKIN, P.(2b).
(1)Graduando em Medicina Veterinária, CCR, UFSM 
(2)Professores do DEAER(a) e DMVP(b), CCR, UFSM
INTRODUÇÃO
A relação da saúde pública com a medicina veterinária pode ser
observada desde a Idade Média, sendo que somente em 1994
estes profissionais foram reconhecidos e contratados como
consultores na área da saúde pública. Alguns dos vários setores
que os médicos veterinários atuam relacionados com a saúde
pública são o controle e vigilância de zoonoses e inspeção
sanitária. Assim, este trabalho visa, por meio de uma pesquisa
bibliográfica, esclarecer as correlações da medicina veterinária
com a saúde pública e, com isso, quebrar o estereótipo de que
essa profissão fundamenta-se somente em “cuidar dos bichos”.
DESENVOLVIMENTO
Os movimentos relacionados à saúde pública veterinária
começaram no século XVII, quando baseavam-se no controle das
epidemias que atingiam o gado naquela época e na redução dos
riscos que o abate indiscriminado trazia para a saúde humana.
Ainda assim, apenas em 1994 iniciou-se oficialmente a
contratação de médicos veterinários como consultores na área de
saúde pública pela Organização Panamericana da Saúde. Desde
então, o médico veterinário vem se destacando em diversas
áreas dentro da saúde humana assim como pode-se observar no
quadro abaixo.
As atividades e estratégias de vigilância, prevenção e controle
de zoonoses se baseiam nos preceitos de atuar e intervir sobre
as populações animais de interesse, afim de reduzir os riscos de
transmissão de doenças como a raiva e leishmaniose.
Segue-se abaixo a figura 1 que representa a relação entre a saúde
animal, humana e ambiental.
CONCLUSÕES
Visto a grande relevância das zoonoses, é inegável a importância
do médico veterinário na saúde pública, já que é o profissional mais
habilitado a lidar com questões de vigilância, controle e prevenção
destas doenças, além de ser o responsável por práticas de
inspeção de alimentos de origem animal. Desta forma, a visão deste
profissional como um agente promotor apenas da saúde animal
prova-se errônea e limitada.
REFERÊNCIAS
COSTA, H. X. A importância do médico veterinário no contexto da saúde pública.
Goiânia, 2011. Disponível em: <https://portais.ufg.br/up/
67/o/Seminario2011_Herika_Costa_1.pdf>. Acesso em: 12 maio 2019.
MINISTÉRIO DA SAÚDE. Manual de vigilância, prevenção e controle de zoonoses:
normas técnicas e operacionais. Brasília, 2016. Disponível em:
<http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_vigilancia_prevencao_controle_zoono
ses.pdf>. Acesso em: 16 maio 2019.
PORTAL DO CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA VETERINÁRIA. Núcleos de Apoio à
Saúde da Família - NASF: perguntas e respostas sobre o NASF. Brasil, 2015. Disponível
em: <http://portal.cfmv.gov.br/pagina/ index/id/93/secao/2>. Acesso em: 13 maio 2019.
WORKSHOP INTERDISCIPLINAR DE 
MEDICINA VETERINÁRIA 2019/I
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA 
CENTRO DE CIÊNCIAS RURAIS 
DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO AGRÍCOLA E EXTENSÃO RURAL 
DEPARTAMENTO DE MEDICINA VETERINÁRIA PREVENTIVA 
FIGURA 1 – SELO DA SAÚDE ÚNICA
Fonte: CFMV (2015) 
QUADRO 1 – ÁREAS DE ATUAÇÃO DO MÉDICO VETERINÁRIO 
Fonte: Autoria própria (2019). 
SAÚDE HUMANA
DIAGNÓSTICO, 
CONTROLE E 
PREVENÇÃO DE 
ZOONOSES
INSPEÇÃO DE 
ALIMENTOS E
VIGILÂNCIA 
SANITÁRIA
SAÚDE ANIMAL
CLÍNICA DE 
PEQUENOS E 
GRANDES ANIMAIS
CIRURGIA DE 
PEQUENOS E 
GRANDES ANIMAIS