A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
U2 Seção 1 - Processos e dimensões de enfermagem

Pré-visualização | Página 1 de 2

Cuidado: a essência da profissão de 
enfermagem 
O estudo do cuidado, essência da profissão de 
enfermagem, vem se desenvolvendo por meio de 
pesquisas e cada vez mais se constitui como foco no 
ensino da profissão, além de conferir maior 
fidedignidade à ciência. 
 
Objetivo 
O principal objetivo do cuidado é compreender a 
realidade vivida pelo outro, olhar a vida com os olhos do 
outro. 
 
Histórico 
Historicamente, o cuidado na enfermagem passou por 
diversas épocas antes de tornar-se profissional, já foi 
associado: 
 
• À capacidade de manipular a natureza e os deuses. 
• À arte culinária de preparar remédios. 
• Ao trabalho divino 
• À penitência para expiação dos pecados. 
 
Foi depois de Florence Nightingale que a 
enfermagem foi reconhecida como profissão que tem o 
cuidado como marco fundamental. 
Essa preocupação com o cuidado da pessoa humana e 
com o estudo de novidades e avanços permitiu que 
surgisse um período, de quase meio século, de idolatria 
pela técnica. 
Atualmente, a enfermagem vem investindo no 
resgate do cuidado mais sensível, que atenda 
às necessidades do ser humano como um todo, isto é, 
sua necessidade biológica, suas crenças, seus valores, 
seus sentimentos e suas emoções. 
 
Dimensões do cuidado 
Para melhor compreender o processo no qual existe o 
cuidado, é necessário entender as quatro dimensões 
que fazem parte dele. São elas: 
• Assistir: Refere-se aos cuidados prestados 
diretamente à pessoa doente. A maioria dos 
cuidados é executada pelos demais membros da 
equipe de enfermagem: os técnicos e os 
auxiliares. 
• Educar: Ao executar os cuidados, 
o enfermeiro sempre favorece o desenvolvimento 
do aprendizado, por isso, alguns teóricos dizem 
que a enfermagem é uma profissão educadora por 
natureza. 
 
• Investigar: Aborda as pesquisas realizadas no 
decorrer do desenvolvimento da profissão. A 
pesquisa auxilia na resolução de problemas do 
cotidiano e permite uma melhor compreensão da 
própria prática de enfermagem. 
 
• Administrar: O enfermeiro é o profissional 
que trabalha 100% do tempo de permanência do 
paciente em qualquer instituição. Tal realidade faz 
que ele exerça uma capacidade, administrar o 
cuidado, os materiais, as visitas, entre outros 
pontos. 
 
Competências da equipe de enfermagem 
A enfermagem é uma profissão que integra arte, 
ciência e, principalmente, o cuidado com o paciente e 
seus familiares na comunidade e atua em equipes para 
a promoção, prevenção, recuperação e reabilitação, 
prestando cuidados ou coordenando a assistência. 
Portanto, o enfermeiro necessita refletir a respeito de 
sua prática e de seu processo de trabalho, a fim de 
atender às transformações tanto nas políticas de saúde 
quanto no mercado de trabalho. 
 
Ciência: O campo da ciência 
possui conhecimentos que vem sendo construídos e 
reconstruídos na prática. 
 
Arte: O campo da arte se dedica a restaurar a saúde 
por meio de habilidades e atitudes com compreensão, 
atendendo às necessidades. 
 
Cuidado: O cuidado trata-se do centro do trabalho 
que se modifica de acordo com a cultura e os meios 
possíveis para atender o indivíduo e sua família na 
comunidade. 
 
O trabalho em saúde é composto por diversas áreas e, 
por isso, é considerado multidisciplinar, interdisciplinar 
e cooperativo. Assim, o processo de trabalho em 
saúde: 
 
• Apresenta duas dimensões: cooperativa 
(cuidado) e direcionalidade técnica 
(conhecimentos científicos). 
 
• É construído com a equipe, composta por 
enfermeiro, técnico de enfermagem e auxiliar de 
enfermagem, e com divisão técnica de trabalho 
entre manual e intelectual. 
 
• Tem como componentes: agentes, instrumentos, 
finalidade, métodos e produtos. 
 
Instrumentos básicos utilizados na 
enfermagem 
Os instrumentos básicos de enfermagem tratam-se de 
habilidades, conhecimentos e atitudes utilizados na 
execução de atividades, de maneira indispensável no 
desenvolvimento profissional. São eles: 
 
• Comunicação. 
• Planejamento. 
• Avaliação. 
• Método científico. 
• Observação. 
• Trabalho em equipe. 
• Destreza manual. 
• Criatividade. 
 
Sistematização da Assistência de 
Enfermagem (SAE) 
 A SAE, além de oferecer respaldo (apoio) científico e 
segurança, direciona as atividades do enfermeiro para a 
obtenção de um determinado resultado da assistência 
de enfermagem e gestão do cuidado, conferindo maior 
credibilidade e confiança para a profissão. 
Para terminar, vale acrescentar que o Conselho Federal 
de Enfermagem (Cofen) preconiza que toda a 
assistência de enfermagem, em território nacional, seja 
planejada de acordo com a SAE (Resolução nº 
358/2009). 
 
 
 
 
1. O estudo do ____________, essência da profissão 
enfermagem, vem se desenvolvendo por meio de 
pesquisas e cada vez mais se constitui como foco no 
ensino da profissão, além de conferir maior 
fidedignidade à ciência. O evoluiu desde as ações 
empíricas ensinadas pelas famílias de geração a 
geração, até os dias atuais, com aplicação dos 
conhecimentos em laboratórios com técnicas cada vez 
mais complexas. 
Assinale a alternativa que corresponde a palavra que 
preenche corretamente as lacunas. 
a) saber. 
b) ensino. 
c) cuidado. 
d) ambiente. 
e) instrumento. 
2. O mundo do trabalho tem mudado devido a 
mudanças históricas, políticas, sociais e cultural de cada 
país, além da necessidade de se incorporar novas 
tecnologias, novas técnicas e conhecimento, tanto no 
gerenciamento quanto nas relações entre 
trabalhadores. Diante disso se detectou a necessidade 
de perfis de profissionais com novas competências e 
capacidades, como exemplo de tomada de decisão, 
resolução de conflitos, negociação, trabalho em equipe, 
entre outros. 
 
I. A situação de crise não interfere no campo da saúde 
pela ausência de investimentos e baixa intervenção, ao 
contrário dos anos 90 em que houve transformações e 
avanços com a construção do Sistema Único de Saúde 
(SUS), com participação da população e 
descentralização embasados em igualdade, 
universalidade e equidade. 
II. O SUS preconiza um conceito ampliado de saúde e 
com maior participação, utilizando os perfis de cada 
região para definir prioridades e planejamento 
assistencial, por meio de uma assistência integral, 
sendo necessário que a equipe de saúde tenha 
habilidade, conhecimento e postura. 
III. A enfermagem é uma profissão que integra arte, 
ciência e principalmente o cuidado com o paciente e 
seus familiares. 
 
Na comunidade, atua em equipes para a promoção, 
prevenção, recuperação e reabilitação, prestando 
cuidados ou coordenando a assistência. Analise as 
afirmações e assinale a alternativa correta. 
a) Somente as afirmações II e III estão corretas. 
b) Somente as afirmações I e III estão corretas. 
c) Somente as afirmações I e II estão corretas. 
d) As afirmações I, II e III estão corretas. 
e) Somente a afirmação I está correta. 
 
3. Os Instrumentos Básicos de Enfermagem (IBE) 
tratam-se de habilidades, conhecimentos e atitudes 
utilizados na execução de atividades, de maneira 
indispensável no desenvolvimento profissional. São 
eles: 
1. Comunicação 
2. Planejamento 
3. Avaliação 
4. Método científico ou resolução de problema 
5. Observação 
6. Trabalho em equipe 
7. Destreza manual 
8. Criatividade 
 
E suas características são: 
a) Ocorre a interação entre paciente e enfermeiro, em 
que a informação transmitida deve ser compreendida. 
b) Elaboração de um programa de ação, tomada de 
decisão com base em objetivos, fatos e estimativas. 
c) Trata-se da verificação do rendimento da 
aprendizagem em extensão e profundidade, e se divide 
em autoavaliação e avaliação dos outros propriamente 
dita. 
d) Trata-se de um método lógico que é composto de 
fases, como observação; identificação de problemas; 
definição e isolamento do problema; emissão de teorias 
e hipóteses, comprovação por experimentação, 
raciocínio lógico ou pesquisa; análise, conclusão e 
generalização.