A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Embriologia Animal

Pré-visualização | Página 2 de 2

será mais 
chamado de embrião, ele passara a ser 
chamado de feto. 
Formação do celoma e relação do 
desenvolvimento embrionário 
Separação das duas linhagens bilaterais: 
Protostômia e Deutorostômia: 
 
O blastóporo pode dar origem à boca ou ao 
ânus. No caso dos protostômios o blastóporo dará 
origem à boca durante o desenvolvimento 
embrionário, enquanto o ânus será formado no polo 
oposto, possuem uma clivagem dominantes espiral 
e também a formação do celoma será do tipo 
esquizocélico. Já nos deuterostômios o blastopóro 
dará origem ao ânus, e a boca será formada em um 
tempo mais tardio no polo oposto, o padrão de 
clivagem será do tipo radial e a formação do 
celoma é do tipo enterocélico. 
Celoma esquizocélico: 
o É formado a partir de um grupinho de 
células especializadas que ficam 
localizadas no ectoderma. 
o Durante uma etapa do desenvolvimento 
embrionário esses grupos de células 
começam a se migrar para dentro do 
blastocele da cavidade embrionária. 
o Esse grupo irá continuar a se dividir, e irá 
se diferenciar na mesoderme. Ao longo do 
tempo essa mesoderme irá se diferenciar e 
formar a cavidade celomática. 
@agrostudym 
@agrostudym 
 
5 @agrostudym 
o Animais deste tipo são conhecidos 
como protostômios, ou seja, a boca definida 
forma-se diretamente a partir da boca 
embrionária. 
 Celoma enterocélico: 
o É quando o celoma se forma a partir do 
intestino embrionário chamado de 
arquêntero. 
o Durante a fase de gástrula, uma parte do 
intestino irá formar um par de bolsas, que 
ao longo do tempo irão se desprendendo do 
intestino. 
o Depois que elas se desprendem irão se 
diferenciar na mesoderme, e depois irão se 
diferenciar na cavidade celomática, ou seja, 
nesse caso, a origem do celoma se dá a 
partir da parede do intestino. 
o Animais deste tipo são chamados 
de deuterostômios, onde a boca definitiva se 
forma secundariamente ao lado do 
blastóporo, onde se origina o ânus. 
Genes Hox e seu papel no 
desenvolvimento embrionário. 
 O controle do desenvolvimento embrionário de 
clivagem até o estágio de blástula é realizado 
pelo RNAm materno, ou seja, que vem 
armazenado no óvulo da mãe. 
o Nessa fase o RNAm é responsável por 
direcionar a síntese de proteínas e enzimas 
responsáveis pelo desenvolvimento 
embrionário. 
o Após o período intermediário de blástula, o 
próprio genoma assume o desenvolvimento 
embrionário (Genez Hox) 
 
 São sempre constituídos por 180 nucleotídeos. 
 Cnidários, nematoides, anelídeos, artrópodes, 
ouriços-do-mar e vertebrados. 
 Eles expressam-se durante o desenvolvimento 
embrionário. 
 Eles controlam o desenvolvimento embrionário 
através da codificação de proteínas 
homeodomínios. 
 Não expressam o fenótipo, mas controlam os 
genes responsáveis pelo fenótipo. 
 Os genes Hox obedecem a um padrão 
antroposterior da mesma forma como é o plano 
corpóreo de um animal bilatério. 
 
 As mutações refletem nas características 
sensoriais. 
 
https://www.infoescola.com/animais/protostomios/
https://www.infoescola.com/animais/deuterostomios/