A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
SIMULADO AV - DIREITO DO CONSUMIDOR

Pré-visualização | Página 2 de 2

da atividade. 
 
Respondido em 13/04/2021 19:33:00 
 
Explicação: 
Art. 58. As penas de apreensão, de inutilização de produtos, de proibição de fabricação de produtos, de suspensão 
do fornecimento de produto ou serviço, de cassação do registro do produto e revogação da concessão ou permissão 
de uso serão aplicadas pela administração, mediante procedimento administrativo, assegurada ampla defesa, 
quando forem constatados vícios de quantidade ou de qualidade por inadequação ou insegurança do produto ou 
serviço. 
 
 
8a 
 Questão 
Acerto: 1,0 / 1,0 
 
Com relação à prestação de serviços públicos é correto afirmar que: 
 
 
A cobrança indevida na fatura de energia elétrica, por culpa da concessionária, não enseja a 
devolução em dobro prevista no parágrafo único do artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor, 
por se tratar de tarifa pública não contratual; 
 A Agência Nacional de Energia Elétrica ¿ ANEEL e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária ¿ 
ANVISA têm competência legal para atuar na proteção e defesa dos consumidores. 
 
O serviço de fornecimento de água, por ser universal e de utilidade pública, não pode ser tutelado 
pelo Código de Defesa do Consumidor; 
 
O STJ não admite a cobrança progressiva sobre a tarifa de água, por ser tratar de uma serviço 
essencial ao indivíduo e poderia atigir os direitos fundamentais à vida. 
 
Os prestadores de serviço público remunerados por tarifas têm responsabilidade subjetiva pelos 
vícios e danos ocasionados por defeitos decorrentes da prestação dos serviços; 
Respondido em 13/04/2021 19:36:30 
 
Explicação: 
Item D - A Agência Nacional de Energia Elétrica " ANEEL" e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária " ANVISA" 
têm competência legal para atuar na proteção e defesa dos consumidores. 
Explicação: s serviços públicos não essenciais podem ser prestados diretamente pelo Estado ou delegados a 
terceiros mediante remuneração. No caso de delegação, a regulamentação e o controle são exercidos pelo 
Estado, mas a prestação se dá por conta e risco dos delegatários. 
 
 
9a 
 Questão 
Acerto: 1,0 / 1,0 
 
O CDC determina que não sendo o vício sanado no prazo máximo e trinta dias, pode ser consumidor exigir 
alternativamente, a substituição por outro da mesma espécie, a restituição imediata de quantia paga e o 
abatimento do proporcional do preço. Tal assertiva não se aplica quando 
 
 
e) Somente referir-se a produtos não duráveis. 
 
d) Se tratar, exclusivamente, de produtos essenciais. 
 c) Ocorrer hipóteses de vício de disparidade com a oferta ou publicidade e ainda se o vício for de 
quantidade; 
 
b) Se tratar de produtos duráveis e não duráveis; 
 
a) A aquisição de produto for mediante contrato que contenham cláusulas abusivas; 
Respondido em 13/04/2021 19:41:36 
 
Explicação: 
Item C - ) Ocorrer hipóteses de vício de disparidade com a oferta ou publicidade e ainda se o vício for de 
quantidade; 
Explicação: 
Art. 18. Os fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos 
vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo a que se destinam ou 
lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade, com a indicações constantes do 
recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária, respeitadas as variações decorrentes de sua 
natureza, podendo o consumidor exigir a substituição das partes viciadas. 
§ 1º Não sendo o vício sanado no prazo máximo de trinta dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à 
sua escolha: 
I - a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso; 
II - a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e 
danos; 
III - o abatimento proporcional do preço. 
§ 2º Poderão as partes convencionar a redução ou ampliação do prazo previsto no parágrafo anterior, não 
podendo ser inferior a sete nem superior a cento e oitenta dias. Nos contratos de adesão, a cláusula de prazo 
deverá ser convencionada em separado, por meio de manifestação expressa do consumidor. 
§ 3º O consumidor poderá fazer uso imediato das alternativas do § 1º deste artigo sempre que, em razão da 
extensão do vício, a substituição das partes viciadas puder comprometer a qualidade ou características do 
produto, diminuir-lhe o valor ou se tratar de produto essencial. 
§ 4º Tendo o consumidor optado pela alternativa do inciso I do § 1º deste artigo, e não sendo possível a 
substituição do bem, poderá haver substituição por outro de espécie, marca ou modelo diversos, mediante 
complementação ou restituição de eventual diferença de preço, sem prejuízo do disposto nos incisos II e III do § 
1º deste artigo. 
§ 5º No caso de fornecimento de produtos in natura, será responsável perante o consumidor o fornecedor 
imediato, exceto quando identificado claramente seu produtor. 
 
 
10a 
 Questão 
Acerto: 0,0 / 1,0 
 
Nas ações coletivas de que trata o Código de Defesa do Consumidor, a sentença fará coisa julgada: 
 
 erga omnes, exceto se o pedido for julgado improcedente por insuficiência de provas, no caso de a 
ação visar à defesa de interesses ou direitos difusos, assim entendidos os transindividuais, de 
natureza indivisível, de que sejam titulares pessoas indeterminadas e ligadas por circunstâncias de 
fato. 
 
ultra partes, mas limitadamente ao grupo, categoria ou classe, salvo improcedência por insuficiência 
de provas, no caso de a ação visar à defesa de interesses ou direitos coletivos, assim entendidos os 
transindividuais, de natureza indivisível, de que sejam titulares pessoas indeterminadas e ligadas por 
circunstâncias de fato. 
 erga omnes, exceto se o pedido for julgado improcedente por insuficiência de provas, no caso de a 
ação visar à defesa de interesses ou direitos coletivos, assim entendidos os transindividuais, de 
natureza indivisível de que seja titular grupo, categoria ou classe de pessoas ligadas entre si ou com 
a parte contrária por uma relação jurídica base. 
 
erga omnes, apenas no caso de procedência do pedido, para beneficiar todas as vítimas e seus 
sucessores, no caso de a ação visar à defesa de interesses ou direitos coletivos, assim entendidos os 
transindividuais, de natureza indivisível de que seja titular grupo, categoria ou classe de pessoas 
ligadas entre si ou com a parte contrária por uma relação jurídica base. 
 
ultra partes, mas limitadamente ao grupo, categoria ou classe, salvo improcedência por insuficiência 
de provas, no caso de a ação visar à defesa de interesses ou direitos individuais homogêneos, assim 
entendidos os decorrentes de origem comum. 
Respondido em 13/04/2021 19:47:43 
 
Explicação: 
Gabarito Letra A