A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
HISTOLOGIA - Questões sobre a Histologia do Sistema Cardiovascular

Pré-visualização | Página 1 de 1

1. Qual a importância de cada um dos tecidos que compõem os vasos sanguíneos?
Os tecidos que compõem os vasos sanguíneos são: endotélio (epitélio simples pavimentoso), tecido 
muscular e tecido conjuntivo. A associação entre estes tecidos formam as camadas ou túnicas.
Endotélio: O endotélio é uma camada única de cábulas pavimentosas que se apoia em uma lamina 
basal e possuem zônulas de oclusão para manterem a proximidade entre as células. Dessa forma, sua 
importância principal é uma BARREIRA DE PERMEABILIDADE SELETIVA para o monitoramento de 
trocas bidirecionais. Além disso, o endotélio possui outras propriedades, como Enzima conversora de 
angiotensina (ECA), relacionada ao aumento da PA e secreção de aldosterona; Lipólise de lipoproteína 
(quebra de gorduras associadas a proteínas); Liberar e sintetizar fatores vasoativos (endotelinas e NO); 
Produzir e secretar Fatores de crescimento (VEGF); Barreira não trombogênica; Fator de Von willebran 
(fator de agregação plaquetário); Secreção de colágeno para estruturar a parede do vaso; Degradação 
de neurotransmissores, como serotonina, prostaglandina e NOR.
Tecido Muscular: As células musculares lisas se organizam concentricamente em camadas helicoidais. 
Cada célula m.lisa é envolvida por uma lamina basal + quantidade variável de tecido conjuntivo.
Tecido Conjuntivo: O tecido conjuntivo irá variar dependendo do vaso. Quanto a sua composição, 
podem apresentar Fibras colágenas, tipo I (forma fibras), tipo III (fibras reticulares), tipo IV (lamina basal); 
Lamelas Elástivas, faz com que o vaso seja resistente a estiramento; Substância Fundamental 
(glicoproteína e proteoglicanos); Fibroblastos.
2. De um modo geral, como são organizadas as túnicas dos vasos sanguíneos?
São compostos por três túnicas concêntricas distintas, sendo a íntima, média e adventícia.
 Íntima: É a camada mais interna e é composta por uma camada de células endoteliais apoiada uma 
lamina basal + camada subendotelial de tecido conjuntivo frouxo, com células musculares lisas esparsas. 
Em artérias musculares é possível ver uma lamina elástica interna (em azul na imagem)
Média: É formada por uma camada de células musculares lisas + quantidade variável de matriz 
extracelular (elastina, fibras reticulares, proteoglicanos e glicoproteínas). Em artérias, é a túnica mais 
desenvolvida, pois é fundamental para receber o sangue em alta pressão. Em artérias musculares 
inidentifica-se uma lamina elástica externa, antes da adventícia.
Adventícia: É a camada mais externa e faz contato com o tecido que está está circundando esse vaso e 
é composto basicamente de tecido conjuntivo, sendo colágeno tipo I, fibras elásticas, células musculares 
lisas e fibroblastos. Essa túnica é mais desenvolvidas em veias. Além disso, nessa túnica pode ser 
encontrado em vasos mais calibrosos uma estrutura chamada de vasa vasorum (vasos dos vasos) que 
são ramos de vasos sanguíneos que levam oxigênio e nutrientes para as camadas mais externas do 
vasos. Outra estrutura é o Nervi Vascularis, que são nervos do SNA, fibras amielinicas que fazem 
inervação indireta, sendo o Simpático fazendo vasoconstrição e o Parassimpático fazendo vasodilatação.
HISTOLOGIA — Questões sobre histologia do 
Sistema Cardiovascular
3. Compare a organização histológica das artérias elásticas e musculares.
Artérias Elásticas: 
Encontrada na aorta, ramos do arco aórtico, tronco pulmonar e ilíacas comum.
 Íntima: Possuem uma lamina elástica interna, mas não é nítida.
Túnica média: Predomínio de LAMELAS ELÁSTICAS (membranas fenestraras) muito importante para 
estabilização do fluxo sanguíneo (distensão na sístole e contração na diástole).
Túnica Adventícia: Sem peculiaridades, mantendo os mesmo componentes, sendo tecido conjuntivo 
que pode ter algumas células musculares lisas espaçadas, tem colágeno tipo I, elastina, vasavasorum e 
nervi vascularis.
Artérias Musculares:
(São artérias de médio calibre e formadas a partir de ramificações de a.elásticas)
 Íntima: Diferente da elástica, possui um lamina elástica interna bem proeminente.
Média: Rica em células musculares lisas e não encontra a riqueza de lamelas elásticas igual se tem nas 
artérias elásticas.
Túnica Adventícia: Mesma organização das artérias elásticas. Tecido conjuntivo frouxo fibroelástico + 
vasa vasorum.
Por fim, ocorre uma simplificação da composição histológica das artérias. Nas elásticas tem um parede 
mais grossa, uma média muito mais desenvolvida e rica em elastina. Na muscular terá uma parede 
menos espessa e na média não tem riqueza de elastina.
4. Como as túnicas das arteríolas se organizam?
 Íntima: Endotélio sustentado por uma camada subenotelial delgada (lamina elástica interna ausente 
em arteríolas menores).
Média: No máximo 3 camadas de células musculares lisas e lamina elástica interna ausente.
Adventícia: Escassa, quase inexistente, possui tecido conjuntivo frouxo fibroelástico.
5. Os capilares e as vênulas capilares possuem a mesma organização histológica. Descreva esta 
organização.
Possuem uma camada de células endoteliais + Lâmina basal + Pericitos
6. Descreva as classificações dos capilares.
Os capilares, diferente de artérias e veias, não tem três túnicas. Eles tem uma íntima que é formado por 
células endoteliais e sua lamina basal, na média, as células musculares lisas são substituídas por um tipo 
celular chamado pericito (células mesênquimais que abraçam os capilares, dão suporte estrutural, faz 
contrações leves e reparo de lesões) e ela não tem adventícia. 
Formação: Uma camada de células endoteliais + lâmina basal + Pericitos.
Assim, são vasos de parede delgada, bem fina, que formam leitos capilares onde ocorre troca de 
nutrientes, gases, metabólitos entre sangue e tecido.
7. Compare, de modo geral, as túnicas presentes nas artérias e nas veias.
Nas veias tem o endotélio e o tecido subendotelial e, geralmente, não se encontra a lamina elástica 
interna, possui uma média não tão desenvolvida e também uma adventícia bem desenvolvida com vasa 
vasorum. 
8. Cite duas características importantes das túnicas íntima e adventícia de veias de grande calibre.
Na íntima tem a presença de valvas (tambem presentes em veias de médio calibre).
Adventícia: Muito desenvolvida e rica em células musculares lisas, que servem de auxilio na contração 
para o retorno venoso. Além disso, possuem vasa vasorum bem desenvolvido.
9. Descreva a histologia do endocárdio, miocárdio e epicárdio.
Possui três túnicas, sendo o Endocárdio (corresponde a íntima), Miocárdio (média) e Epicardio 
(epicárdio)
Endocárdio: Endotélio + camada subendotelial (fibras elásticas, colágenas e células musculares lisas). 
Possui também uma camada subendocárdica que tem vasos, nervos e fibras de purkinje.
Miocárdio: É a camada mais espessa, possui células musculares estriadas organizadas em camadas, 
formando um espiral complexo.
Epicárdio: Possui epitélio pavimentoso simples chamado de mesotélio 
10. Qual a importância e localização da camada subendocárdica?
Importante para abrigar estruturas muito importantes, como vasos, nervos e fibras de purkinje, as quais 
são responsáveis pela condução do impulso elétrico do coração.
11. Descreva a histologia do epicárdio e camada subepicárdica.
Possui tecido conjuntivo frouxo, vasos, nervos e tecido adiposo.