A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Preposição, conjunções e interjeições

Pré-visualização | Página 1 de 1

Resumo sobre Preposição, Conjunção e Interjeição 
 
 
Professor: Deodato Leão 
 
 
A preposição é uma estrutura que possui a função de ligar termos e 
orações. Sem ela o texto pode perder seu sentido e tornar-se incoerente. 
São elas: A, ante, após, até, com, contra, de, desde, entre, para, em, perante, 
por, sem, sob, sobre, trás. 
o O meu gato não gosta de leite. 
Quem gosta, gosta DE algo ou alguém. Não existe a possibilidade de ser 
“O meu gato gosta ração”. Você percebe que falta um termo na oração? 
Na explicação eu falei “é um elemento que é pedido por um nome ou por 
um verbo”. Neste caso é o verbo gostar que pede o uso da preposição DE. 
o Ela tem necessidade de amor. 
O verbo da oração é TEM. Quem tem, tem algo. Tem NECESSIDADE. 
 Ela tem necessidade DE algo. De quê? amor. 
Se você observar, existe a relação entre regente e termo regido. E a 
preposição é um elemento indispensável nos casos mostrados acima. 
 Há também a locução* prepositiva: em frente de, perto de, em vez de, a 
respeito de, junto a, por causa de 
o O novo restaurante fica junto a minha casa. 
*Locução é a união de duas ou mais palavras que ‘possuem valor de’, que 
neste caso é valor de preposição, mas também pode ser advérbio ou 
adjetivo. 
 
Combinação: É a união da preposição com outra palavra e elas não 
perdem fonemas (letras) 
Preposição a + artigo o = ao 
o Eu quero ir ao parque hoje. 
Preposição a + advérbio onde = aonde 
o Eu vou aonde você for. 
 
Contração: é a união da preposição com outra palavra e ela perde fonema 
(letra) 
o Eu vou dormir na casa do meu amigo. (em + a = na) 
o O raio caiu naquele lugar. (em + aquele = naquele) 
 
 
Conjunção é a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos 
semelhantes. 
o Camila e Verônica estão doentes. (conjunção aditiva ligando termos 
semelhantes, neste caso dois substantivos) 
o O dia está chuvoso e não tenho vontade de ir à praia. ( conjunção 
aditiva unindo duas orações) 
o O dia está lindo, mas não tenho vontade de ir à praia. ( conjunção 
adversativa ) 
o Eduardo está chorando, pois foi aprovado no vestibular. (conjunção 
explicativa) 
 
A interjeição é uma palavra invariável e exprime emoções, sensações. 
Costuma ser utilizada para enfatizar o discurso e normalmente vem 
acompanhada pelo sinal de exclamação. 
o Meu Deus! O que está acontecendo? 
o Nossa! 
o Ei! 
o Cuidado! 
o Silêncio! 
Bibliografia 
Pachegas, Zeneide. Secretaria da Educação do Estado da Bahia - SEE-BA: 
Professor Padrão P - Grau-IA - Língua Portuguesa. São Paulo: Nova 
Concursos, 2019. 
 
Patrocínio, Mauro Fereira do. Aprender e praticar gramática: volume único. 
São Paulo: FTD, 2011.