A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Pessoa Jurídica

Pré-visualização | Página 1 de 1

PESSOA JURÍDICA 
PESSOA JURÍDICA: Entidade formada por uma ou mais pessoas físicas/ naturais que possuem um dado propósito ou finalidade. Registrada sob um CNPJ. São detentoras de deveres e direitos específicos de personalidade jurídica independente da de seus membros.
Ex.: Empresas; associações (religiosas, políticas...); sociedade unipessoal (profissional liberal); de direito público; de direito privado; fundações; sociedades; EIRELI’s.
PJ’s DESPERSONALIZADAS: Condomínio; massa falida; espólio; sociedade irregular/ de fato; nascituro. 
Toda pessoa física e toda pessoa jurídica possuem Personalidade Jurídica, porém empresário individual (pessoa natural exercendo atividade empresária) e condomínio (ente despersonalizado), apesar de terem ou poderem ter CNPJ, eles não são considerados pessoas jurídicas, não possuindo Personalidade Jurídica.
CASOS DE DESCONSIDERAÇÃO DA PERSONALIDADE JURÍDICA:
	Teoria Maior - caráter objetivo (dano) e subjetivo (abuso dos sócios: desvio de finalidade e/ou confusão patrimonial). Para desconsideração da personalidade jurídica exige-se dano e má-fé. Teoria aplica-se no Direito Civil. Art. 50 do CC.
	Teoria Menor - caráter objetivo (dano). Para desconsideração da personalidade jurídica exige-se apenas o dano, independente de haver má-fé. Teoria aplica-se no Direito Ambiental, no Direito do Consumidor e no Direito do Trabalho. Art. 28 do CDC.
	Confusão patrimonial - Acontece a confusão patrimonial quando os negócios dos sócios se confundem com os da pessoa jurídica, situações em que ocorre o abuso da personalidade jurídica - desvio de finalidade - ou seja, casos em que a pessoa jurídica serve de instrumento para acobertar atos ilícitos. 
	Desconsideração da personalidade jurídica - quando a empresa age de má-fé, desviando recursos da pessoa jurídica para o(s) sócio(s). O credor que for lesado pode solicitar que ocorra a desconsideração da personalidade jurídica para que o patrimônio pessoal do sócio ‘’desonesto’’ seja afetado para a quitação da dívida.
EMPRESA MEMBROS
	Desconsideração inversa – Pessoa física compra bens com patrimônio próprio em nome da pessoa jurídica, ou transfere recursos próprios para a pessoa jurídica, com o fim de esconder seu patrimônio pessoal, por exemplo, em uma ação de divórcio ou para frustrar a ação de credores. Art. 50, parágrafo 3º, do CC. 
EMPRESA MEMBROS
FONTES DE PESQUISA: (https://conube.com.br/blog/mei-empresario-individual-e-eireli/)
 (https://www.google.com/amp/s/blog.sajadv.com.br/desconsideracao-da-personalidade-juridica-desconsideracao-inversa/amp/?authuser=1)
Consultas ao professor

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.