A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
31 pág.
Psicologia Social I - Aulas EAD

Pré-visualização | Página 20 de 21

a uma Moral. Em outras palavras, ética não se refere a um conjunto de regras que determinam padrões de comportamento considerados como certo ou errado. 
· O termo Ética refere-se aqui ao Éthos; como diriam os existencialistas, "uma boa morada", ou seja, uma forma de habitar o mundo apontando para uma atitude de crítica permanente de nossa história e de nossos valores. 
· A relação entre ética e paradigmas nos conduz a uma discussão da própria função política da Psicologia Social contemporânea. Precisamos pensar aqui o que somos e quais são os valores que caracterizam a história da atualidade. Na verdade, tais valores representam um determinado modo de subjetivação e perpassam os próprios paradigmas. Portanto, podemos afirmar que os paradigmas não são neutros, assim como também não podem ser considerados inofensivos.
A Noção de Justiça em Psicologia Social
· A chamada Psicologia Social da justiça se preocupa em demonstrar o papel crucial que os sentimentos, os valores e as crenças têm sobre o que é justo ou injusto nas ações e relações humanas.
· Como poderíamos relacionar justiça e ética? Segundo Aristóteles, em Ética a Nicômaco podemos afirmar que a justiça é a virtude central da ética, pois ela comanda os atos de todas as virtudes. É possível reconhecer a relação intrínseca entre essas duas concepções.
Significado de Justiça
· Vejamos o significado de justiça: o termo provem de jus, que no latim quer dizer direito.
· “Alguém é justo quando estabelece relações com outros seres que sejam justos. Em outras palavras, alguém sozinho não pode ser justo. Alguém sozinho pode ser alto, branco, simpático e etc., pois isso não implica relação, isto é, não implica em outros. Agora, justo, ele não consegue ser sozinho, pois a justiça, ou a injustiça, só entra em cena no momento em que alguém se relaciona com outros. Isso quer dizer que é só à relação que se pode aplicar o adjetivo justo”. (Guareschi et al, 2008 in Biblioteca Virtual de Ciência Humanística e Paradigmas da Psicologia Social).
· Existe justiça quando os direitos das pessoas envolvidas são respeitados. Da mesma forma ocorre com a concepção de ética. 
· Ao afirmar que ética é relação ou mesmo que ela só é aplicável às relações, isto quer dizer que ninguém é ético a partir de si mesmo. Portanto, as pessoas não são éticas como um adjetivo individual, na verdade, a partir deste pensamento, a ética está nas relações com o outro e não no indivíduo.
Estudos
· O estudo da justiça como fenômeno psicossocial, complexo e multifacetado, outorga significado a inúmeras manifestações grupais ou individuais marcando a vida das pessoas em sociedade. 
· Os estudos sociopsicológicos vêm revelando que os julgamentos sobre o que é merecido; sobre deveres e direitos; sobre errado e certo, estão na base dos sentimentos e atitudes das pessoas em suas interações com os outros.
· O psicólogo social lida com a realidade social tal como ela é percebida pelos indivíduos que a integram. Assim sendo, a justiça não é encarada, ou mesmo avaliada, pelo cientista social como uma entidade abstrata, uma regra de conduta válida e correta em si mesma; em verdade, interessa saber como as pessoas interpretam as situações sociais em termos do que é justo e injusto. E assim, conferem-lhes significados cognitivos e afetivos respondendo de forma socialmente apropriada ou inapropriada.
Justiça Distributiva
· No desenvolvimento da teoria e da pesquisa sobre justiça é importante destacar a ênfase na justiça das distribuições de recursos, compreendidos como bens, salários, serviços, promoções, entre outros. Esta é a chamada justiça distributiva que analisa as situações sociais em dois grandes grupos:
· A percepção de justiça - A percepção de justiça pesquisa como as pessoas concebem a justiça e como decidem o que é uma justa distribuição de recursos, tanto para elas mesmas quanto para os outros ou entre ambos. Os esforços depositados pelos sujeitos em benefício das relações sociais podem ser concebidos como investimentos para os quais os indivíduos esperam algo em troca. Em outras palavras, as pessoas não participam em relações sociais sem alguma expectativa, considerando que o tempo e os recursos que foram investidos nessas relações tenham retorno de alguma maneira.
· A reação à injustiça - A reação à injustiça estuda como as pessoas se comportam diante de situações em que se reconhecem como injustamente tratadas por outros. Assume-se que os indivíduos exigem justiça nas suas relações sociais e essa percepção sobre a justiça é obtida pela observação do que as outras pessoas obtêm de tais relações. Desta maneira, quando há igualdade relativa entre resultados e investimentos da troca de ambas as partes é possível que resulte em satisfação.
Abordagem Unidimensional e a Teoria da Equidade
· Dentro da justiça distributiva existem duas abordagens conhecidas como unidimensional e multidimensional.
· A primeira é representada pela Teoria da Equidade. Esta teoria propõe que o justo é o proporcional. Sendo assim, a justiça é feita sempre quando aquele que mais contribuiu para uma tarefa recebe uma recompensa maior do que aqueles que contribuíram menos.
Primeira Formulação
· Devemos destacar que a primeira formulação da Teoria da Equidade foi realizada por Homans (1961). Este autor, em 1974, apresentou o resultado de uma pesquisa na qual demonstra o funcionamento da regra da justiça distributiva. 
· A relevância da contribuição ou investimento e dos resultados é, na verdade, uma questão de percepção. Unicamente, o próprio sujeito pode realmente dizer quanto de valor foi investido e quanto de benefício foi obtido.
· O estudo resultado da pesquisa apontou para dois grupos de funcionários de um mesmo departamento. O primeiro deles percebia-se como injustamente remunerado ao se comparar ao outro grupo. Muito embora, seu salário estar compatível com o mercado, e, portanto, justo em termos absolutos, esse grupo passou a reivindicar um aumento da sua remuneração. Este fato estava associado às características que o outro grupo apresentava. Ele era menos exigido e precisava de menos experiência embora recebesse o mesmo salário. Este é um caso de privação relativa, a recompensa de um grupo está em desigualdade com a importância percebida de seus investimentos e custos, quando o sujeito se compara em relação aos outros.
· As expectativas em relação aos resultados esperados dependem do valor que é atribuído às contribuições feitas pelo sujeito. Talvez, estas percepções estejam até distantes da realidade objetiva. 
· E importante considerar o que cada indivíduo avalia sobre as contribuições dadas e os resultados alcançados, sendo que a comparação entre estes dois aspectos, resultados e contribuições, representa um elemento essencial para entender as reações dos sujeitos.
· Podemos afirmar que a equidade existe quando a relação dos resultados e das contribuições é equivalente para as duas pessoas envolvidas na troca. Um exemplo que ilustra de forma clara esta troca está na relação entre empregado e empregador. 
· Os empregados exibem satisfação no difícil trabalho realizado ainda que eles estejam recebendo muito pouco por isso, quando os seus colegas de trabalho estão nas mesmas condições.
Estudo Adams
· Uma outra pesquisadora, Stacy Adams (1965), desenvolveu e formalizou as ideias de Homans, ampliando o estudo da justiça distributiva ao enfocar as consequências da falta de equidade nos relacionamentos de troca. A partir dos desenvolvimentos desta autora podemos inferir a influência da teoria da Dissonância Cognitiva de Festinger estudada em aulas anteriores.
· Entre seus desenvolvimentos em relação a esta teoria, para Adams, a percepção de inequidade gera tensão de forma análoga a como a percepção de equidade gera satisfação. Esta tensão pode funcionar também como força motivadora para eliminar ou reduzir a injustiça percebida.
Principais postulados da Teoria da Equidade
· Os postulados principais de Teoria da Equidade podem ser resumidos em quatro pontos principais:
· A percepção da falta de equidade cria

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.