A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
N2 - GESTÃO DO ORÇAMENTO PÚBLICO

Pré-visualização | Página 1 de 3

GESTÃO DO ORÇAMENTO PÚBLICO 
 
• Pergunta 1 
 
A evolução da presença do Estado na economia também tornou necessária a atuação mais planejada e 
responsável, através da elaboração orçamentária das receitas e despesas públicas para um determinado 
período de tempo, seguindo as diretrizes apontadas pelas leis. 
 
Assim, assinale a alternativa que indica qual é o exemplo de lei orçamentária que visa ao planejamento de 
médio/longo prazo dos recursos públicos, como as despesas de capital. 
Resposta Selecionada: Plano Plurianual. 
Resposta Correta: Plano Plurianual. 
Comentário da 
resposta: 
Resposta correta. A alternativa está correta, pois o Plano Plurianual (PPA) é o responsável 
por um planejamento de médio e longo prazo através de quatro anos, sendo elaborado no 
primeiro ano de mandato e valendo a partir do segundo ano desse mandato para as 
despesas de capital e programas de duração continuada que passam de um ano. 
 
 
• Pergunta 2 
1 em 1 pontos 
Apesar de as economias modernas, como é o caso do Brasil, possuírem legislações e instituições consolidadas 
para a atuação do gestor público ao longo do ciclo orçamentário, de modo a tornar eficaz a intervenção estatal, 
também existem rupturas abruptas que não podem ser antecipadas facilmente. 
 
Desse modo, assinale a alternativa que indica o papel do crédito público. 
 
Resposta Selecionada: Obtenção de recursos públicos mediante o aumento do endividamento. 
Resposta Correta: Obtenção de recursos públicos mediante o aumento do endividamento. 
Comentário da 
resposta: 
Resposta correta. A alternativa está correta, pois o crédito público tem a finalidade de 
disponibilizar recursos para as atividades públicas, de modo que estas não sejam 
paralisadas. Contudo, a contrapartida é o aumento da dívida pública, visto que são 
recursos que não estavam previamente planejados no orçamento público desenvolvido. 
 
 
 
• Pergunta 3 
1 em 1 pontos 
Leia o excerto a seguir: 
“Para poder arcar com as funções [...], o governo precisa gerar recursos. A principal fonte de receita do setor 
público é a arrecadação tributária. Com a finalidade de aproximar um sistema tributário do ‘ideal’, é importante 
que alguns aspectos principais sejam levados em consideração [...]”. 
 
GIAMBIAGI, F.; ALÉM, A. Finanças públicas : teoria e prática no Brasil. 5. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Elsevier, 
2016. p. 18. 
 
O Estado possui funções que devem ser cumpridas de maneira correta para aumentar o bem-estar social, com 
o gestor público devendo seguir certos princípios ao implementar medidas, como é o caso da cobrança de 
tributos. 
 
Assim, considerando o contexto apresentado, analise as afirmativas a seguir, sobre a teoria tributária, e 
assinale V para a(s) Verdadeira(s) e F para a(s) Falsa(s). 
 
I. ( ) Leonne, responsável por elaborar a proposta tributária, desenvolve um imposto de renda progressivo com 
aumento na alíquota para as maiores rendas. 
 
II. ( ) Victor procura avançar na criação de impostos que visem aumentar os custos da produção e o consumo 
de bens industriais. 
III. ( ) Alisson é responsável por implementar tributos que facilitem a alocação de recursos nas sociedades, 
reduzindo a burocracia e os custos administrativos. 
IV. ( ) Nicolas procura avançar na questão equitativa através de um imposto igualitário entre todos os cidadãos 
residentes no país. 
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta. 
Resposta Selecionada: V, F, V, F. 
Resposta Correta: V, F, V, F. 
Comentário 
da resposta: 
Resposta correta. A alternativa está correta, pois a afirmativa I é verdadeira, visto que impostos 
que consideram a progressividade vão de acordo com o conceito de equidade, porque quem 
ganha mais, tem maior contribuição. A afirmativa II é falsa, pois os impostos (tributos) têm 
como conceito elementar a neutralidade, ou seja, não devem penalizar o consumo, o 
investimento e a produção. A afirmativa III é verdadeira, porque o conceito de simplicidade 
deve ser levado em consideração, diminuindo os custos administrativos, a cobrança e a 
fiscalização. A afirmativa IV é falsa, isso porque uma alíquota única tem caráter regressivo, já 
que quem ganha mais, paga, proporcionalmente, menos tributos. 
 
 
 
• Pergunta 4 
0 em 1 pontos 
Leia o excerto a seguir: 
“O crédito público é a aptidão econômica e jurídica de que desfruta o ente público para, de acordo com a 
confiança que possa gozar perante outros entes públicos ou privados, nacionais ou estrangeiros, ou junto ao 
povo, obter os recursos de que necessita para atender às despesas do interesse público, mediante a promessa 
de reembolso”. 
 
CREPALDI, S. A.; CREPALDI, G. S. Orçamento público : planejamento, elaboração e controle. São Paulo: Saraiva, 
2013. p. 195. 
 
A evolução das finanças públicas ao longo dos anos permitiu que fossem desenvolvidas instituições e normas 
para enfrentar ambientes de incertezas e volatilidades na economia que podem levar todo o país para uma 
possível crise econômica, com a recessão diminuindo o bem-estar social. 
 
A partir do contexto apresentado, analise as asserções a seguir e a relação proposta entre elas. 
 
I. Cristina necessita requisitar crédito público para o Tesouro Nacional, contudo, sabe que ocorrerá um impacto 
direto sobre a dívida pública e os juros pagos. 
Pois: 
II. Lucas, governando o país em um ambiente de aumento das receitas, decorrente do crescimento econômico, 
considera possível a redução da dívida pública federal. 
 
A seguir, assinale a alternativa correta. 
 
Resposta Selecionada: As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta 
da I. 
Resposta Correta: As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa 
correta da I. 
Comentário da 
resposta: 
Sua resposta está incorreta. A alternativa está incorreta, pois a asserção I é uma proposição 
verdadeira, visto que os créditos públicos ocorrem devido à necessidade de aumento nos 
gastos públicos, impactando no montante da dívida pública federal e no valor de juros pagos 
no futuro. A asserção II é uma proposição verdadeira, mas não justifica a primeira, dado que 
 
são conceitos diferentes, pois o aumento do crescimento econômico aumenta a arrecadação 
de tributos da sociedade e, quando mantidas as despesas públicas, é possível utilizar o 
diferencial para pagamento da dívida pública existente. 
 
 
• Pergunta 5 
1 em 1 pontos 
O avanço sobre o entendimento do papel do setor público perante uma economia de mercado tornou, cada 
vez mais, necessário um bom planejamento orçamentário através do gestor público, considerando as possíveis 
modificações na conjuntura econômica ao longo do tempo. Contudo, ainda existem choques que não podem 
ser previamente antecipados. 
 
A partir do contexto exposto, associe os conceitos de crédito público com suas respectivas conjunturas. 
 
1 - Créditos suplementares. 
2 - Créditos especiais. 
3 - Créditos extraordinários. 
 
( ) Cleverson necessita de créditos adicionais para avançar em uma política pública apresentada na Lei 
Orçamentária Anual (LOA). 
( ) Gabriel se depara com a necessidade de crédito decorrente de despesas sem previsão orçamentária 
especificada na Lei Orçamentária Anual (LOA). 
( ) Magno passa a enfrentar uma forte crise econômica, necessitando de recursos para conter o forte aumento 
de desemprego. 
 
A partir das relações feitas anteriormente, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta. 
Resposta Selecionada: 1, 2, 3. 
Resposta Correta: 1, 2, 3. 
Comentário 
da resposta: 
Resposta correta. A alternativa está correta, pois os créditos suplementares (1) são 
requeridos quando os valores na LOA não são suficientes para a implementação eficiente de 
uma política pública ou manutenção de serviços existentes. Os créditos especiais (2) são 
necessários quando é preciso direcionar recursos para setores que não estão especificados 
na LOA. Os créditos extraordinários (3)