A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Fundamentos da radiologia

Pré-visualização | Página 1 de 1

Fundamentos da radiologia
O que é uma radiografia?
A radiografia é a produção da imagem fotográfica de um objeto através do uso de raios x 
Para que servem os raios x?
Serve para ver estruturas internas que não conseguimos visualizar 
Como obtemos uma radiografia?
Os raios atravessam os corpos que nós queremos radiografar e vai impressionar o filme radiográfico que é colocado dentro da boca do paciente.
Os raios são ondas eletromagnéticas, então para conseguir o raio x precisamos de eletricidade e magnetismo.
História
· Em 1800, um pesquisador dinarmaques descobriu que o campo magnético é sempre perpendicular ao campo elétrico e vice-versa. 
· Em 1895, Wilhem Roentgen descobriu a maioria das propriedades que nós conhecemos hoje dos raios x.
Radiação x
A radiação é produzida quando removemos um elétron da camada mais interna (K) de um átomo tendo como consequência um fóton de radiação x 
Existem 2 teorias do que seria o raio x 
Ondas (Teoria ondulatória)
E= h x n
h: Constante de Plank 
n: Frequencia da onda
A frequência (n) da onda é a variável, então quanto maior a frequência maior a energia e menor o comprimento de ondas e vice-versa.
Ex: se eu balançar a corda forte vai dar muitas ondas, se eu balançar menos vai ter menos ondas
O comprimento de onda (distância de um pico aí outro) e que determina o que ela vai representar 
No caso dos raios o comprimento de onda é tão pequeno que foi necessário inventar uma média para traduzir esse comprimento, então ele é dado em Angstron:
A= 1 cm dividido por 100.000.000 (milhões) 
Um angstron é igual a 1cm dividido por 100 milhões 
Então um Rx diagnóstico varia de 0.1 a 0,5 Angstron 
Partículas (Teoria corpuscular)
E= ½ mv 2
Diz que o raio x funciona como pacotes de energia 
E: Fóton de raio x 
Massa x velocidade, dividido por dois 
V2: velocidade do corpo 
As radiações eletromagnéticas diferem das radiações corpusculares (partículas alfa e beta) 
Alfa: a energia não é suficiente para atravessar o corpo, atravessando somente o papel 
Beta: a nervos é suficiente para penetrar somente até o papel atingindo pouco a mão 
Gama: atravessa muito bem o papel e a mão, consegue atravessar até o bloco 
Por isso essas radiações não são utilizadas na radiologia, não possuem as propriedades necessárias 
Semelhanças dos rxs com a luz
· Velocidade igual (300 mil quilômetro por segundo no ar)
· Afetam chapa fotográficas 
· Não são desviados por campos eletromagnéticos 
· Caminham em linha reta 
· Produzem sombra dos objetos de maneira semelhante (a única diferença é que raio x é feito com aparelho de raio x e fotografia é feito com câmera) 
Diferenças dos rxs e a luz
· Os Rxs são invisíveis, a luz não 
· Os Rxs produzem fluorescência (lâmpada) e fosforescência em mais de mil substâncias 
· Os Rxs atravessam corpos orações a luz 
· Eles têm comprimento de ondas diferentes 
· Os Rxs são radiações ionizantes e penetrantes: são capazes de ionizar (quebrar) um átomo provocando íons 
Sequência dos efeitos da ionização da água
 Os radicais livres formados: OH+OH = peróxido de hidrogênio, mais conhecido como água oxigenada, é altamente maléfica nos tecidos podendo danificar as células pela quebra de grandes moléculas como as proteínas ou DNA
Alguns empregos das radiações X
· Radiologia: Diagnóstico em Odontologia, Medicina e Veterinária: ver estrutura que não conseguimos a olho nu 
· Esterilização 
· Espectroscopia 
· Radioterapia: em lesões que ocorre extravasamento de líquidos internos
· Segurança: aeroportos, na detecção de drogas em malas
Referência da aula: Professor de Radiologia odontológica Afonso Fabiano Raso da Universidade de Itaúna