A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
ORTOPEDIA - Osteomielite e Artrite séptica

Pré-visualização | Página 3 de 3

podendo ser, entretanto, poliarticular: 
principais articulações acometidas são as dos joelhos e quadris , além dos 
tornozelos, respondendo, pelo menos, por 80% dos casos. 
o As grandes articulações são mais comumente afetadas do que as 
pequenas. 
Mikaelle Mendes - Medicina - 7º período 
o A artrite séptica em neonatos e lactentes (< 2 a 3 meses) apresenta-se 
em geral, como septicemia ou aumento da temperatura, sem foco 
infeccioso definido. 
o A dor à movimentação ativa ou passiva da articulação afetada constitui 
característica importante. 
o As crianças podem apresentar claudicação ou recusa para caminhar ou 
carregar peso, quando há acometimento dos membros inferiores. 
o Posição para acomodar mais volume: joelho = flexão; tornozelo = equino 
 
Ä Fisiopatologia: 
A infecção hematogênica de uma articulação começa com uma bacteremia 
sistêmica que finalmente invade a junção sinóvio-cartilaginosa a partir do 
espaço intravascular e se espalha através da membrana e do líquido sinovial. 
� Condrólise química: após a sinóvia ter sido infectada, ela se torna 
hiperêmica e infiltrada com leucócitos polimorfonucleares que aumentam 
rapidamente durante os dias seguintes, que no fim vão gerar destruição 
da cartilagem 
� Aumento da pressão ➛ distensão da cápsula ➛ isquemia da membrana 
sinovial ➛ diminuição da circulação ➛ necrose; 
 
Ä Diagnóstico e Exames: 
º Laboratoriais e de Imagem: 
o Hemograma: leucocitose, �PMN > 90% 
o VHS: �em 48-72h e diminui em 2 a 4 semanas; controle de prognóstico 
o PCR: começa a aumentar dentro de 6 horas; 
o Hemocultura: é indispensável - frequentemente determina o agente etioló-
gico (30/50%) 
o Punção articular (gram imediato): análise do aspecto do líquido sinovial 
(purulento); contagem de leucócitos (�50.000/mm3); bacterioscopia (30% 
a 50% +); cultura do aspirado (50% a 80% +) 
o Radiologia convencional: distensão capsular; aumento do espaço articular 
(causado pelo edema localizado); subluxação/lesões metafisárias (tardias) 
o Cintilografia: pode detectar áreas localizadas de inflamação; citrato de 
gálio e cloreto de índio-111, são mais específicos e sensíveis na detecção 
de infecção ativa do que o tecnécio-99m, mas eles não mostram bem 
detalhes do osso ou da articulação 
o Ultrassonografia: Identifica o derrame articular (100%); características 
físicas e pode orientar a punção articular; 
o Ressonância: dificuldades - sedação 
º Critérios de Kocker: 
• Acima de 2 critérios ➛ provável punção 
• Acima de 3 critérios ➛ forte recomendação 
 
Numero de critérios positivos versus % de chance de Pioartrite 
Temperatura > 38,5ºC 1 37% 
Recusa para apoiar o membro 2 63% 
VHS > 40mm/1h 3 83% 
PCR 20 mg/L 4 93% 
Leucocitose > 12.000 (com neutrofilia) 5 98% 
º Diagnóstico diferencial: 
a. Sinovite transitória ➛ quadril: dor, claudicação e limitação do movimento 
(3-6 anos) 
 
 
 
 
 
b. Psoíte ➛ dor na pelve, flexão do quadril 
c. Artrite monoarticular ➛ artrites induzidas por cristais (gota, cálcio); trauma; 
hemartrose (hemofilia e anemia falciforme); osteomielite; síndromes periarti-
culares (bursites, tendinites); ruptura de cisto de Baker; TVP 
 
Ä Tratamento: 
Os princípios na conduta da artrite séptica aguda incluem: 
a. Drenagem adequada da articulação 
b. Antibióticos para diminuir os efeitos sistêmicos de sepse 
c. Repouso da articulação em uma posição estável 
Drenagem cirúrgica: se houver punção purulenta 
� Irrigação contínua e dreno (evitar fechar a pele com muita tensão, para 
verificar se vai ser necessária outra limpeza) 
� Possibilidade de artroscopia (exceção) 
� Limpeza exaustiva com debridamento 
Antibioticoterapia empírica: 
� Oxacilina (100 mg/kg/dia de 6/6 horas) 
� Gentamicina (3-5 mg/kg de 8/8 horas) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
. 
 Sinovite transitória Artrite séptica 
Cor Clara, transparente Turva 
Leucócitos 5.000 a 15.000/mL 50.000 a 100.000 
PMN < 25% > 75% 
Proteínas 2% Elevada 
Glicose 10% �que glicemia 30% menor 
Gram Negativo 30% positivos 
Cultura Negativo 50-80% positivos