A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
Prova A1 - N1 - Sistemas Corporais

Pré-visualização | Página 1 de 3

Curso AIM0974 SISTEMAS CORPORAIS FAPA-M1 - 202020.115464.05 
Teste A1 - A 
Iniciado 26/10/20 
Resultado da tentativa 6,95 em 10 pontos 
 
 
 
 
 
 
• Pergunta 1 
1,25 em 1,5 pontos 
 
A unidade de emergência do hospital UniRitter recebeu um paciente em estado crítico devido 
a um acidente vascular encefálico (AVE). No primeiro atendimento, o médico 
solicitou tomografia computadorizada do encéfalo e exames de sangue. Os resultados dos 
exames e informações adicionais sobre o paciente podem ser analisados no prontuário. 
Prontuário: paciente do sexo masculino, 49 anos. Apresentou quadro de rebaixamento do 
nível de consciência associado a hiperreflexia de membro inferior direito. Chegou com 
cefaleia intensa e pupilas anisocóricas. Nega tabagismo e uso de drogas ilícitas. Histórico 
familiar: sem casos familiares de hipertensão e dislipidemia. Foi realizada tomografia 
computadorizada (CT) (figura 1) do crânio que se mostrou alterada e punção liquórica 
cristalina sem alterações. Optou-se por intubação orotraqueal e encaminhamento da 
paciente para suporte neurointensivo. 
 
Fonte: Autoria Própria. 
 
 
A partir das informações apresentadas, faça o que se pede nos itens a seguir. 
A) Quando ocorre lesão celular no sistema nervoso central, qual o tipo de necrose observada? 
Descreva duas características desse tipo de necrose. (1,0 ponto) 
B) Com base na TC, em qual hemisfério e lobo cerebral ocorreu o AVE? (0,5 pontos) 
 
Resposta 
Selecionada: 
a - Quando ocorre uma lesão celular no sistema nervoso central a necrose 
observada é a liquefativa. Na necrose liquefativa o tecido fica liquefeito ( 
amolecido), material necrótico amarelo, se desintegra rapidamente por 
existir maior numero de enzimas lisossomais. 
 
b - Ocorreu no hemisfério direito no do lobo frontal, afetando o 
pensamento/raciocínio, emoções/tomada de decisões. 
Resposta 
Correta: 
[Nenhuma] 
Feedback da 
resposta: 
A) Correto = 1,0 
B) Parcialmente correto - hemisfério esquerdo = 0,25 
 
 
 
 
• Pergunta 2 
1,5 em 1,5 pontos 
 
Nas últimas décadas foram realizadas inúmeras pesquisas para esclarecer o papel dos radicais 
livres em processos fisiopatológicos como envelhecimento, câncer, aterosclerose, 
inflamação, entre outros. Ao se pesquisar sobre o tema, com frequência encontra-se temas 
relacionados a radicais livres, que, por seu caráter multidisciplinar, têm atraído a atenção de 
pesquisadores de várias áreas. Radicais livres são constantemente produzidos pelas nossas 
células durante a respiração celular e geração de energia, todavia, são comumente 
degradados e removidos pelo sistema celular de defesa. Durante a lesão celular perde-se os 
mecanismo antioxidantes, mecanismos os quais fazem a remoção dos radicais livres, 
consequentemente, os mesmos vão reagir com os ácidos graxos, proteínas e DNA das nossas 
células. 
Fonte: Adptado de FERREIRA, ALA. et al. Radicais livres: conceitos, doenças relacionadas, 
sistema de defesa e estresse oxidativo.Rev Ass Med Brasil 1997; 43(1): 61-8. 
A partir das informações apresentadas, faça o que se pede no item a seguir. 
A) Explique o que acontece quando os radicais livres produzidos durante a lesão celular reagem 
com os ácidos graxos e o DNA da célula. (1,0 ponto) 
B) Cite dois mecanismos antioxidantes e onde encontra-se os mesmos. (0,5 pontos) 
 
Resposta 
Selecionada: 
a- Quando os radicais livres produzidos durante a lesão celular reagem com 
os ácidos graxos, ocorre a oxidação e produção de peroxidases lipídicas com 
o rompimento da membrana das organelas. E em contato com o DNA, ocorre 
a oxidação, mutação e quebras. 
 
b - Os mecanismos antioxidantes são: 
SOD ( Superóxido dismutase ), encontra-se nas mitocôndrias. 
Gluationa Peroxidase, encontra-se nas mitocôndrias 
Catalase, encontra-se nos peróxissomas 
Resposta 
Correta: 
[Nenhuma] 
Feedback da 
resposta: 
A) Correto = 1,0 
B) Correto = 0,5 - Dica para provas: quando o enunciado solicita 2 exemplos, 
coloque apenas dois pois, em um concurso público, ENADE e afins, se 
colocas mais do que foi solicitado, a banca entende que você não 
interpretou o enunciado corretamente. 
 
 
 
 
 
• Pergunta 3 
0,7 em 0,7 pontos 
 
J.S., 75 anos, aposentado, procurou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), acompanhado 
de seu filho. Relatou ansiedade e muita dor de cabeça, vertigem, dormência no braço 
esquerdo, náuseas e vômitos. Seu filho relata que J.S. mora sozinho, é diabético e hipertenso, 
fuma um maço de cigarros por dia e ingere cachaça diariamente. Refere que faz uso irregular 
de medicações de uso contínuo e que há 2 anos ficou internado devido a um infarto agudo 
do miocárdio. Ao exame físico, apresentava-se desidratado, emagrecido, hipocorado, 
anictérico, febril, pressão arterial 200x100 mmHg, frequência respiratória: 28 ipm e 
frequência cardíaca: 72 bpm. Após anamnese e realização de tomografia computadorizada 
do encéfalo foi diagnosticado um quadro de acidente vascular encefálico (AVE) isquêmico. 
Fonte: Autoria Própria. 
Em relação ao AVE, avalie as afirmações a seguir. 
 
I. No AVE hemorrágico ocorre o rompimento de um vaso sanguíneo, o que leva a uma 
diminuição da permeabilidade vascular e disfunções neurológicas. 
II. A falta de oxigênio e nutrientes na região afetada pelo AVE isquêmico pode levar à morte 
neuronal em poucas horas, caracterizando uma morte celular irreversível e necrose liquefativa. 
 
III. Os sinais de AVE são combinados de adormecimento em um lado do corpo, dificuldade para 
falar ou entender coisas simples, tontura, perda da força da musculatura do rosto (boca torta), 
entre outros. 
IV. As principais causas de AVE hemorrágico são hipertensão arterial e meningite, pois ambas 
contribuem para o aumento da pressão intracraniana (PIC), que por sua vez, diminui a perfusão 
cerebral. 
 
É correto o que se afirma em: 
Resposta Selecionada: D. 
II e III, apenas. 
Respostas: A. 
I, apenas. 
 B. 
II e IV, apenas. 
 C. 
III e IV, apenas. 
 D. 
II e III, apenas. 
 
E. 
I, II, III e IV. 
 
 
 
 
• Pergunta 4 
0 em 0,7 pontos 
 
O acidente vascular encefálico é uma lesão dos neurônios motores superiores que pode 
resultar em perda do controle voluntário sobre os movimentos motores. A disfunção motora 
mais comum é caracterizada pela paralisia de um lado do corpo, a qual denomina-se: 
Fonte: Autoria Própria. 
 
 
Resposta Selecionada: B. 
Hemiplegia. 
Respostas: A. 
Hemiparesia. 
 B. 
Hemiplegia. 
 C. 
Epilepsia. 
 D. 
Ataxia. 
 
E. 
Disartria. 
 
 
 
 
 
 
 
• Pergunta 5 
0,7 em 0,7 pontos 
 
Sempre que há lesão na célula, o organismo tenta repará-la, de forma a reestabelecer a sua 
fubção. Caso não consiga, a célula morre, podendo morrer de duas maneiras: necrose, 
mecanismo que está associado sempre a uma etiologia patológica e apoptose, também 
conhecida como “morte celular programada”, a qual pode ser de causa patológica ou 
fisiológica. 
Fonte: Autoria Própria. 
 
Sobre essas duas vias de morte celular, avalie as afirmações a seguir. 
E. Várias agressões físicas podem causar necrose, como traumatismos, frio, calor, 
eletricidade e radiações, os quais podem atuar direta ou indiretamente sobre as 
células. 
II. Agentes biológicos como vírus, bactérias e protozoários podem causar necrose pelas 
enzimas proteolíticas liberadas. 
III. Em uma situação de necrose por isquemia observa-se aumento da glicólise anaeróbica, 
seguida da diminuição do pH intracelular devido a síntese de ácido pirúvico. 
IV. A via intrínseca ou mitocondrial é caracterizada pela formação do apoptossomo, que por 
sua vez, ativa a caspase-8. 
V. A vida das perforinas é iniciada pelos linfócitos T CD8+, o qual através da granzima B 
promove a ativação da caspase-10. 
 
 
É correto o que se afirma em: 
 
 
 
Resposta Selecionada: B. 
 I, II e V apenas. 
 
Respostas: A. 
I, II, III apenas. 
 
 
B. 
I, II e V apenas. 
 
 C. 
II, III e IV apenas. 
 D. 
III e IV apenas. 
 E. 
IV e V apenas.