A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Código de defesa do consumidor

Pré-visualização | Página 1 de 1

CÓDIGO DE DEFESA DO
CONSUMIDOR
Princípios do CDC
LÓGICA DAS RELAÇÕES
- Fornecedor acima dos consumidores
- O CDC surgiu com o intuito de fazer com que essa
relaão se tornasse mais equilibrada.
POR TER UMA FUNÇÃO SOCIAL, FORAM
CRIADAS REGRAS
As relações são sempre
vulneráveis, pois os
fornecedores são produtores e
conhecedores de tudo.
Consumidor hipossuficiente
(idosos e crianças) - é um
público ainda mais vulnerável 
PRINCÍPIO DA INFORMAÇÃO
Cabe ao fornecedor passar
todas as informações úteis e
necessárias ao consumidor
para que ele entenda as
funções do produto
Por isso que existe o SAC
para maior possibilidade
de atender esses clientes.
PRINCÍPIO DA BOA FÉ
- Sempre ser honesto e nunca tirar
vantagem;
- Se houver qualquer tipo de
vantagem em relação ao
consumidor é considerado Má Fé
TIPOS DE CULPAS 
Negligência:
Você sabe que
está errado, mas
ignora.
Imprudência:
Falta de bom
senso.
Imperícia:
Falta de
habilidade.
RESPONSABILIDADE SEM CULPA
- Amplo no CDC;
- Força Maior / Caso Fortuito (Greve)
- Se o consumidor ultrapassa do
limite.