A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
atividade 01 de agressao e defesa

Pré-visualização | Página 1 de 1

Disserte sobre a classificação básica das bactérias segundo a microscopia óptica, abordando os aspectos das estruturas das paredes celulares desses microrganismos e a coloração de Gram, assim como as principais características morfológicas presentes nas espécies dos grupos de bactérias abordados nesta unidade.
Se as bacterias são organismos unicelulares procariontes, ou seja, que possuem apenas uma célula, a qual não apresenta núcleo definido e delimitado por membrana. Esses organismos também se apresentam como característica a ausência de organelas membranosas, como aquelas encontradas nas células eucarióticas.
Existe uma grande variedade de bactérias em todo o planeta. Elas podem ser classificadas com base em vários critérios, o que considera a morfologia desses organismos, dessa forma de classificação, é possível diferenciar as bactérias em gram-positivas e gram-negativas.
Classificação das bactérias com base na morfologia
As bactérias podem ser classificadas em relação à morfologia em:
em métodos de locomoção. Os ameboides (amebas) são aqueles que se deslocam no meio por meio da emissão de “falsos pés” (pseudópodes) que são na verdade prolongamentos do citoplasma (Entamoeba.
Em suma, o procedimento de coloração de Gram permite que as bactérias retenham a cor com base nas diferenças nas propriedades químicas e físicas da parede celular. De fato, o uso dos corantes permite de fato a metodologia irá ajudar na identificação de uma infecção bacteriana, determinando qual é o tipo de bactéria. Em outras palavras, a diferenciação das bactérias Gram-negativas e Gram-positivas permite ao médico determinar um tratamento eficaz ao paciente, dessa forma aplicando a terapia adequada para cada paciente.
Vendo dessa maneira geral, podem falar que a parede celular das bactérias é formada por peptidoglicano e garante a proteção desses organismos, a divisão celular e a manutenção da forma das células. Algumas propriedades da parede celular, no entanto, permitem que as classifiquemos em dois grupos: gram-positivas e gram-negativas.
Para identificar se uma bactéria é gram-positiva ou gram-negativa, utiliza-se a Coloração de Gram, uma técnica criada por Hans Christian Gram que submete as bactérias a corante e permite a coloração de sua parede. 
 Gram-positivas: Na parede celular das bactérias gram-positivas, observa-se uma maior quantidade de peptidoglicano, além da presença de ácidos teicoicos. Essas bactérias, em coloração de Gram, coram-se de azul ou violeta.
Gram-negativas: A parede celular das bactérias gram-negativas apresenta uma maior complexidade. Ainda existe uma camada com menor quantidade de peptidoglicano e outra membrana externa formada por lipopolissacarídeo, essas bactérias, em coloração de Gram, coram-se de vermelho.
Existe ainda um grupo de bactérias chamado de micoplasma, o qual não possui parede celular. Assim sendo, elas não se coram com a coloração de Gram.